07
agosto

Suposta campanha de vacinação contra Poliomelite e Sarampo é Fake News

Ministério da Saúde informa que tal campanha não existe

Circula nas redes sociais um cartaz anunciando uma suposta campanha de vacinação contra a Poliomielite e Sarampo. O Ministério da Saúde informou na tarde desta segunda-feira (06), por meio de redes sociais, que essa notícia é falsa e que a imagem se refere a uma campanha realizada no ano passado.

“O Ministério da Saúde informa que NÃO EXISTE, no momento, uma campanha nacional de reforço da vacinação contra o Sarampo no Brasil. A imagem que circula nas redes sociais diz respeito a uma campanha realizada em 2018.” – detalha o Ministério por meio de nota divulgada nas redes sociais

O Ministério da Saúde ainda informou que a vacinação contra o Sarampo deve seguir o Calendário Nacional de Vacinação. Vale ressaltar que quem já foi vacinado, de acordo com sua faixa etária, não precisa receber a vacina novamente.

Diante do boato a Secretaria de Saúde de Santa Cruz do Capibaribe, divulgou uma nota esclarecendo a situação à população.

 

 

25
julho

AME Especialidades recebe novo aparelho de ultrassonografia em Santa Cruz

O prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira, entregou na manhã desta quarta-feira (24) um novo aparelho de ultrassonografia digital no Ambulatório Médico Especializado (AME), que está localizado na Rua Rogaciano Assis Aragão, Nº 200, no bairro São Cristovão.

O novo equipamento, que custa mais de 200 mil reais, vai realizar nove procedimentos ofertados através do Dr. Hamilton Monteiro e a Dr. Rafaella Caldas. A população irá contar, além das consultas de rotina, de serviços de ultrassonografia endovaginal e obstétricas, abdômen total, vias urinárias, pélvica, próstata, tireoide, bolsa escrotal e mama.

Os atendimentos são feitos mediante marcação na Secretaria de Saúde, e para as gestantes que utilizarem este equipamento, as mesmas deverão levar o cartão de gestante e todas as outras ultrassonografias que foram feitas anteriormente para que o médico mostre a evolução nos exames.

“Entregamos este novo aparelho de ultrassom conquistado através de recursos próprios, com ele, poderemos ofertar a população cerca de 200 atendimentos mensais, demostrando a nossa humanização da saúde pública de Santa Cruz do Capibaribe”, afirmou o prefeito Edson Vieira.

O secretário de Saúde Dr. Nanau, ressaltou a importância deste aparelho e agradeceu ao prefeito pelo empenho na aquisição. “Um serviço como esse é de utilidade para toda sociedade santa-cruzense. Sabemos que uma consulta particular custa caro e muitas pessoas não podem pagar por este atendimento. Por isso, possibilitamos a oferta deste e de outros serviços de forma gratuita”, pontuou.

A diretora da unidade, Juliana Feitosa, relatou que com a chegada deste moderno aparelho de ultrassom, várias demandas serão atendidas. “Com a instalação do aparelho no AME vamos facilitar tanto o trabalho das pessoas responsáveis pelo equipamento quanto dos pacientes, correspondendo ativamente as demandas do nosso povo”, disse.

Edson Vieira fez a entrega deste equipamento acompanhado da deputada estadual Alessandra Vieira, do secretário de Saúde Dr. Nanau, dos vereadores Irmão Val, Jéssyca Cavalcanti e Klemerson Pipoca e de toda população presente na unidade.

;

Informações da assessoria.

14
julho

Serviços da saúde podem parar em Santa Cruz caso a Câmara de Vereadores não aprove suplementação orçamentária, alerta secretário

Vereador Júnior Gomes vem sendo acusado de atuar para “travar” o governo

 

 

 

O secretário de saúde de Santa Cruz do Capibaribe, Dr. Nanau, alertou durante o programa político A Hora do Povo, neste sábado (14), que os serviços da pasta poderão ser paralisados a partir desta segunda-feira (15), caso a Câmara de Vereadores não aprove um projeto de suplementação orçamentária apresentado pelo poder executivo desde o dia 12 de junho, que deveria tramitar em regime de urgência.

O secretário afirma que aponta que existem recursos disponíveis no governo para suprir gastos com a compra de insumos e medicamentos, peças e oficinas para o concerto de ambulâncias, entre outras despesas que seriam essenciais para o funcionamento de toda a rede municipal de saúde, mas os recursos precisam ser realocados de outras áreas. A suplementação só pode ser feita pela Prefeitura com autorização da Câmara. O projeto passou por duas comissões e será analisado pelo Plenário na próxima segunda-feira (15).

Nanau alertou que poderá ingressar na justiça, caso o projeto sofra pedido de vistas ou venha a ser reprovado pelos vereadores, considerando “o risco de percas de vidas”, segundo o secretário.

Vereadora Jéssyca pedirá na justiça destituição de Júnior Gomes de comissão da Câmara

 

Foto: ASCOM CÂMARA

 

Em meio a conturbada tramitação do projeto de suplementação, a vereadora governista Jéssyca Cavalcanti vem acusando o vereador Júnior Gomes de tentar “travar” o governo.

O motivo seria movimentos como os que houveram na última quinta-feira (11), quando servidores da saúde foram convidados para participar da reunião da comissão de finanças e orçamento, presidida por Júnior.

A participação dos servidores estava relacionada a assuntos que não estavam na pauta, o que fez com que o secretário Dr. Nanau e a vereadora Jéssyca se retiraram da reunião.

Outro ponto exemplificado pela vereadora foi que Júnior Gomes conduziu uma reunião da mesma comissão na sexta-feira (12) sem a sua convocação por escrito, o que segundo Jéssyca, estaria previsto no regimento da Câmara.

O Blog tentou contato com o vereador Júnior Gomes para comentar o assunto na manhã deste domingo (14), mas não conseguiu.

11
julho

Dr. Nanau e Jessyca Cavalcanti decidem se retirar durante reunião que tratava de projeto de suplementação

Eles alegaram desvio do foco nas discussões

,

Na manhã desta quinta-feira (11) aconteceu na Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, a reunião da Comissão de Finanças e Orçamento para discussão do pedido de abertura de crédito suplementar pelo Poder Executivo em regime de urgência, através do Projeto de Lei 010/2019.

A Comissão que é presidida pelo vereador Júnior Gomes (PSB) recebeu o secretário de Saúde do município, Dr. Nanau, representantes dos agentes de endemias, agentes de saúde e técnicos de enfermagens. Participaram também vários vereadores e o contador do município, Ivaldeci Hipólito.

De acordo com o Projeto de Lei, o pedido de suplementação na área da saúde é equivalente a R$ 7 milhões e 885 mil.

Próximo ao final da reunião, houve um desentendimento que resultou nas saídas do secretário de saúde, Dr. Nanau e a vereadora Jessyca Cavalcanti, alegando que tudo foi discutido, menos a suplementação. Ele revelou que caso o projeto não seja aprovado, a saúde do município ficará prejudicada já a partir desta semana

“Fui a Câmara para debater o projeto da suplementação, mas o presidente Júnior Gomes mais uma vez quis fazer da Casa um circo de picadeiro, então fiz minha parte respondi tudo sobre a Secretaria, agora questão administrativa resolverei na Secretaria, quero alertar a todos santa-cruzense que a partir dessa semana se não for aprovado esse projeto de suplementação, vai faltar medicação, vai parar o SAMU, ambulâncias, enfim vai parar a saúde do nosso município” – alertou.

Em nota, o vereador Júnior Gomes afirmou que as saídas de Dr. Nanau e Jessyca Cavalcanti da reunião, teriam sido uma forma desrespeitosa.

“O secretário de Saúde, Nanau Marques, a vereadora e secretária da Comissão, Jessyca Cavalcanti mais uma vez abandonaram a reunião de forma desrespeitosa, não ouvindo as demandas dos servidores”.

O presidente da comissão, Júnior Gomes afirmou que o parecer ao projeto da suplementação será apresentado e votado pelos membros da comissão na manhã desta sexta-feira (12) às 10h. Após a votação, o pedido de suplementação seguirá para apreciação em Plenário por todos os parlamentares.

Jessyca Cavalcanti revelou que o projeto de suplementação estaria na Câmara para ser votado desde o último dia 13 de junho.

Confira o momento da saída:

03
julho

Monsenhor Heleno se encontra na UTI e passará por cirurgia na próxima sexta-feira (05)

Se encontra internado na Unidade de Tratamento Intenso (UTI) da Unimed em Caruaru, o pároco José Heleno dos Santos, mais conhecido como “Monsenhor Heleno”, que fez parte da paróquia do Senhor Bom Jesus dos Aflitos e São Miguel, de Santa Cruz do Capibaribe.

Segundo informações de amigos do pároco, há alguns meses ele teria realizado exames de rotina e foi detectado um problema em seu coração, porém durante a semana passada, ele começou a ter dificuldades na respiração e foi encaminhado ao Hospital da Unimed na Capital do Agreste, onde ficou internado em caráter de urgência.

De acordo com o Boletim Médico divulgado pela Unimed na manhã desta quarta-feira (03), ‘Monsenhor Heleno se encontra cansado e mais pálido que os outros dias, falou pouco, porém está muito consciente e tranquilo, mas que está um pouco ansioso com a aproximação do dia da cirurgia’.

A família informou que nesta próxima sexta-feira (05), Monsenhor Heleno passará por uma cirurgia, quando trocará uma válvula do coração, e por isso as visitas serão permitidas apenas para familiares e ao Clero da igreja.

“Tendo em vista a preocupação dos médicos com o cansaço e as emoções que ele está sentido ao receber tantas visitas, esta decisão se dá pela necessidade de um melhor repouso e recuperação para o pré-operatório, e consequentemente a cirurgia que se aproxima. Agora é só aguardar a sexta-feira para resolvermos tudo, se Deus quiser” – disse em nota a família.

Apesar de estar falando pouco, Monsenhor Heleno deixou a seguinte mensagem para os fiéis e toda a população, que estão em oração.

“Estou com saudades do meu povo”.

25
junho

Senac oferece cursos de gestão e saúde para Santa Cruz

O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) é o principal agente de educação profissional voltado para o Comércio de Bens, Serviços e Turismo do País.

Seu portfólio contempla cursos presenciais e a distância, em diversas áreas do conhecimento, que vão da Formação Inicial e Continuada à Pós-graduação e permitem ao aluno planejar sua carreira profissional em uma perspectiva de educação continuada.

Pensando em capacitação, o município de Santa Cruz do Capibaribe está recebendo a carreta-escola do Senac, que traz para a cidade cinco cursos na área de gestão e saúde, como Excelência no Atendimento ao Cliente de Farmácia e Drogarias e Técnico em Enfermagem, entre outros.

O curso de Excelência no Atendimento ao Cliente de Farmácia e Drogarias será de 8 a 15 de julho das 19h às 22h, com uma carga horária de 15 horas e o investimento é R$ 150 (ou até 3 vezes de R$ 50 no cartão).

O curso de Primeiros Socorros será de 13 de julho a 24 de agosto, sempre aos sábados das 8h às 12h, com carga horária de 40 horas e o investimento é R$ 200 (ou até 3 vezes de R$ 66,67).

O curso de Cuidados Especiais com Idosos será de 22 de julho a 02 de agosto das 8h às 12h, com carga horária de 30 horas e investimento de R$ 150 (ou até 3 vezes de R$ 50).

O curso de Procedimentos de Enfermagem no Cuidado com Feridas será de 05 de agosto a 13 do mesmo mês, das 19h às 22h com carga horária de 20 horas e investimento de R$ 150 (ou até 3 vezes de R$ 50).

Já o curso de Técnico de Enfermagem será a partir do dia 18 de agosto, sempre de segunda a sexta das 18h às 21h com carga horária de 1.800 horas, investimento de R$ 8.400 (ou até 30 vezes de R$ 280).

Todos os cursos acontecerão na carreta-escola do Senac, que está situada na Rua João Hermano Silva, ao lado da Secretaria de Saúde, Bairro Dona Dom, para mais informações é só se dirigir até o local ou entrar em contato através do (81) 3727-8259/3727-8260.

15
junho

Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe entrega UBS do bairro Dona Lica

Na manhã desta sexta-feira (14), a Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Capibaribe, através da Secretaria de Saúde, inaugurou a mais nova Unidade Básica de Saúde (UBS) no bairro Dona Lica. A nova UBS, recebeu o nome de Josefa Brígida de Jesus Melo, “Zefinha Catanha”.

A solenidade de entrega foi iniciada às 11h, e contou com a presença do prefeito Edson Vieira, do vice-prefeito Dida de Nan, da deputada estadual Alessandra Vieira, dos vereadores, secretários e moradores do local. Na oportunidade, o prefeito Edson Vieira discursou e destacou alguns investimentos feitos naquele bairro.

“Há seis anos atrás, esse bairro não tinha nenhuma infraestrutura, e desde quando assumi como prefeito, já investimos mais de R$ 1 milhão, entre pavimentações, construção da quadra da Escola Senador José Ronaldo Aragão, e estamos prestes a concluir uma creche neste bairro, e agora, estamos entregando esta unidade de saúde”, pontuou.

A deputada estadual Alessandra Vieira parabenizou o prefeito pela ação, e convocou a população a cuidar da UBS. “Parabenizo Edson pela construção de mais uma UBS, para atender a população, e peço a todos que cuidem deste equipamento, que é de vocês”, disse.

“Nós sabemos que a saúde de todo Brasil passa por dificuldades e, nossa cidade não é diferente. Temos deficiências, porém, estamos fazendo o possível. Os adversários criticam nossa saúde e não buscam recursos através do governador, que já acumula mais de R$ 4 milhões em débitos conosco”, afirmou o secretário de Saúde, Dr. Nanau.

“É uma alegria tremenda que nossa família recebeu do prefeito, ele conversou com a gente e disse que queria dedicar o nome desta UBS a nossa mãe, que sempre ajudou as pessoas que lhe procuravam para curar várias doenças”, disse Adalberon Catanha, filho da homenageada.

A nova Unidade Básica de Saúde conta com salas para vacina, curativos, reuniões, almoxarifado e procedimentos, copa e consultórios odontológico, médico e de enfermagem. A obra custou cerca de R$ 500 mil, aos cofres públicos.

Informações da assessoria.

12
junho

Prefeitura de Santa Cruz entregará novo PSF no bairro Dona Lica

Nesta sexta-feira (14), a Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Capibaribe através da Secretaria de Saúde, vai entregar um Posto de Saúde da Família (PSF), aos moradores do bairro Dona Lica. A solenidade acontecerá às 10h.

No espaço, será ofertado aplicação de vacinas, acompanhamento de gestantes (pré-natal), consultas de ambulatório e curativos. O novo local terá como principal função a promoção da saúde da população do bairro e adjacências, e deverá atender mais de 4 mil moradores da localidade.

O prefeito Edson Vieira destacou os investimentos realizados na Saúde durante seus dois mandatos a frente do Executivo.

“A nossa gestão foi a que mais dedicou melhorias e investimentos para a saúde pública. Reabrimos e equipamos Postos de Saúde da Família (PSF) e Unidades Básicas de Saúde (UBS), entregamos AME´s com várias especialidades e, temos mantido a UPA com recursos próprios, sem deixar de atender aos munícipes e pessoas de outras cidades quem buscam os nossos serviços”.

O secretário de Saúde, Dr. Nanau, comemorou a implantação de mais uma unidade de saúde. “Este posto irá atender uma grande parcela da sociedade e com a presença deste serviço próximo de suas residências, acaba influenciando na redução do fluxo de pessoas que procuram a UPA”, pontuou.

O novo PSF conta com consultórios médico e odontológico, sala de vacinas, curativos e banheiros.

/

Informações da assessoria.

03
junho

Auxiliares e Técnicos de Enfermagem de Santa Cruz anunciam paralisação de 72h

Os profissionais decidiram durante assembleia, que irão paralisar suas atividades laborais entre os dias 9 e 11 de junho

.

Os Auxiliares e Técnicos de Enfermagem da Rede Pública de Santa Cruz do Capibaribe decidiram durante Assembleia Extraordinária, realizada na sexta-feira (31/05), a paralisação das atividades laborais por 72h, entre 9 e 11 de junho.

O Sindicato Profissional dos Auxiliares e Técnicos de Pernambuco (Satenpe) protocolou o anuncio ao Governo Municipal e aos órgãos representativos da Enfermagem. De acordo com o sindicato, o principal motivo da mobilização foi a falta de diálogo por parte da prefeitura em não apresentar propostas de negociação.

As reivindicações são: reajuste do salário base no percentual de 15%, implantação da gratificação por remoção de paciente para translado entre município, criação de mesa setorial de negociação salarial e 30h aos profissionais de Enfermagem do nível médio, em conformidade ao Estatuto do Servidor Público Estadual e a Lei Municipal 1707/2008.

Outras pautas são os reajustes nas gratificações do SUS para R$300, de insalubridade do SAMU para o percentual de 40% do salário mínimo, dos profissionais do PSF para R$ 700 e da gratificação de plantão para R$150.

“Estamos há mais de dois anos tentando manter um diálogo com a prefeitura em busca de melhores condições de trabalho e salariais aos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem. Em virtude disso, apoiamos a paralisação das atividades laborais, durante três dias, em Santa Cruz do Capibaribe”, afirmou o presidente do Satenpe, Francis Herbert.

.

Fonte: Satenpe

30
maio

Pernambuco apresenta crescimento em notificações de arboviroses

O estado de Pernambuco apresenta altos índices de notificações de arboviroses. Em alguns casos, no entanto, houve queda nas confirmações.

De acordo com a Secretaria Estadual  de Saúde, até o dia 25 de maio, cresceu em 158,1% os casos suspeitos de zika, 73,2% os de chikungunya e 68,4% os de dengue, comparado ao mesmo período do ano passado. Os dados fazem parte do boletim epidemiológico divulgado nessa quarta-feira (29).

Os percentuais equivalem, respectivamente, a 1.381 notificações de zika, sendo 35 confirmadas; 2.914 de chikungunya, com 137 confirmações; e 20.402 casos suspeitos de dengue, sendo 3.667 confirmados.

Levando em consideração apenas os casos confirmados, os de Zika tiveram um aumento de 45%. Em relação a chikungunya, houve uma queda de 62%, baixando de 364 para 137. As confirmações dos casos de dengue também apresentaram uma baixa, caindo de 3.989, em 2018, para 3.667, em 2019 – uma diminuição de 8% nas confirmações.

29
maio

“Só vou para uma candidatura se o partido tiver unido” – diz Dr. Nanau após confirmar que é pré-candidato a prefeito em 2020

Situação da saúde de Santa Cruz foi o tema principal da entrevista

;

O programa Rádio Debate desta quarta-feira (29) recebeu o secretário de saúde de Santa Cruz do Capibaribe, Dr. Nanau. Ele falou sobre vários pontos relacionados à saúde do município e declarou que devido aos poucos recursos a saúde não evoluiu nos últimos meses na cidade.

“Até o mês de novembro vínhamos com uma saúde não de boa qualidade, pois ela não existe nesse no Brasil, mas dava para levar aos munícipes de Santa Cruz as medicações e os médicos, porém de janeiro para cá eu confesso que a coisa na saúde desandou um pouco, e isso esbarra nos recursos que são poucos”

Durante a entrevista, ele deu detalhes sobre os atrasos oriundos do Governo do Estado, o que tem afetado principalmente o Samu e a Farmácia Básica. Já em relação à UPA, Dr. Nanau declarou que a unidade é habilitada no Ministério da Saúde para receber dinheiro da União, porém até o momento nada foi recebido do Governo Federal.

“Desde que a UPA foi inaugurada em agosto de 2016, nunca chegou 1 centavo da União” – declarou.

O secretário foi questionado sobre folha de pagamento na área da saúde, além das situações dos profissionais contratados, efetivos e aprovados no último concurso público de Santa Cruz.

Dr. Nanau falou sobre a abertura de um inquérito administrativo para a apurar a questão de uma criança que faleceu na UPA de Santa Cruz no final do mês de março deste ano. O secretário afirmou que o inquérito estaria próximo de ser concluído.

“Essa questão já está em fase final e a coisa está próxima de ser fechada” – disse.

Ele foi interrogado sobre as eleições do próximo ano, e aproveitou o momento para confirmar a sua pré-candidatura a prefeito.

“Eu já disse á Edson, Dida e Joselito que eu quero também concorrer, e sou pré-candidato a prefeito, mas só vou para uma candidatura se o partido tiver unido. O candidato tem que ser escolhido da rua com uma pesquisa e aquele que tiver em uma boa posição será o candidato, pelo o menos é o que eu também escuto do prefeito” – completou.

Confira o programa na íntegra: 

20
maio

Quase metade das crianças em Santa Cruz ainda não se vacinaram contra gripe

A Secretaria de Saúde de Santa Cruz do Capibaribe tem reforçado a recomendação para que pais levem os filhos aos PSF’s,  para imunização contra a gripe H1N1.

Os números de idosos e, sobretudo crianças, que ainda precisam da vacina, preocupam a pasta.

Ao lao do Secretário Dr. Nanau, Natália Gardênia,  coordenadora do Programa Nacional de Imunização, explicou a situação em participação na manhã desta segunda-feira (20), no programa Cidade Notícia (Polo FM).

Os PSF’s  em Santa Cruz do Capibaribe estão abertos das 7h ao meio dia e de 13h às 16h.

17
maio

Secretaria de Saúde promove ações da luta antimanicomial em Santa Cruz

O Dia Nacional pela luta antimanicomial, comemorado no dia 18 de maio, trata sobre a importância do fim dos manicômios e do tratamento humanizado de pessoas que sofrem de doenças mentais ou dependências químicas.

Com o lema “por uma sociedade sem manicômios” e em prol dessa luta, a Secretaria de Saúde de Santa Cruz do Capibaribe preparou uma semana repleta de atividades internas e externas com o objetivo de conscientizar os usuários, familiares e a população sobre o tratamento adequado e a reinserção social das pessoas com sofrimento mental e com necessidades recorrentes de drogas.

As atividades iniciaram segunda-feira (13), no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), com uma palestra sobre os determinantes sociais da saúde mental, que envolve questões econômicas, familiares, educacionais, habitacionais, culturais, entre outras.

Já na terça-feira (14), foi trabalhado a importância do CAPS que desenvolve um trabalho social e também com saúde, através de psicólogos, enfermeiros, psicopedagogo e psiquiatra. Durante a tarde, houve uma palestra com os usuários do serviço e seus familiares. Na quarta (15), com o tema “Por uma sociedade sem manicômios: dia 18 de maio dia da luta antimanicomial” houve uma mesa redonda aberta ao público na Câmara de Vereadores.

São debates e reflexões que visam discutir o serviço e melhorá-lo, assim como lutar contra uma sociedade sem manicômios. De acordo com Laécio Campos, psicólogo, o movimento visa a abertura de mais serviços como o CAPS, uma vez que, diferentemente dos manicômios, tratam os pacientes humanamente e procuram inseri-los na sociedade. “Aprisionar nos manicômios não é solução para quem está em sofrimento mental” acrescenta Laécio.

12
abril

Dados do MP apontam que faltam 60% dos medicamentos na Farmácia de Pernambuco

Governo deve disponibilizar gratuitamente remédios de uso contínuo e de alto custo

Dos 231 medicamentos que devem fazer parte da lista da Farmácia de Pernambuco, 139 estão em falta. A conta espelha uma taxa de desabastecimento de 60% e retrata as queixas frequentes dos pacientes que precisam da medicação para manter sob controle doenças crônicas, transtornos mentais, patologias autoimunes, deficiência do hormônio de crescimento e até dores super intensas só aliviadas com morfina.

O dado é do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), que há cerca de três anos abriu inquérito civil público para apurar o desabastecimento.

Desde janeiro, assim que assumiu o cargo de secretário de Saúde, André Longo sinaliza reconhecer o problema do desabastecimento.

“Por mês, são desembolsados R$ 5 milhões para a compra dos medicamentos. Admitimos que é insuficiente. Estamos criando logística que otimize o processo de compra. Queremos criar um consórcio para que os Estados do Nordeste façam compra compartilhada, em grande escala, para alcançarmos economicidade perante os fornecedores”, informa Longo.

O secretário acrescenta que estão em pauta outros projetos para a farmácia, como a criação de um aplicativo para o cidadão verificar a disponibilidade dos medicamentos sem ter que ir ao estabelecimento.

“Também estudamos a possibilidade de melhorar a distribuição dos insumos, com entrega em domicílio”.

Fonte: Jornal do Commercio. 

09
abril

Evento de conscientização sobre depressão será realizado em Santa Cruz

Acontece na próxima quinta-feira (11), no Teatro municipal de Santa Cruz do Capibaribe, evento destinado à conscientização sobre depressão. O evento é gratuito.

De acordo com o psicanalista Jorge Fontes, um dos organizadores do evento, o objetivo é dar visibilidade ao tema, debater de forma profissional e respeitosa, entendendo melhor a doença para ajudar mais pessoas.

Haverá palestras de psicólogos, psicanalistas, psicopedagoga, entre outros profissionais. O evento tem início agendado para às 18h30.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a doença cresce a cada ano no mundo. O Brasil tem maior prevalência da América Latina.

08
abril

Campanha de vacinação contra gripe começa nesta próxima quarta-feira (10), em Santa Cruz

A prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, por meio da Secretaria de Saúde, informa à população que a campanha de vacinação contra a gripe (Influenza) vai iniciar na próxima quarta-feira, 10 de abril.

A imunização segue até o dia 31 de maio e será realizada nas Unidades Básicas de Saúde (postos de saúde), das 08 às 12 horas e das 13 às 16 horas.

Natália Gardênia, coordenadora do programa de imunização do município, lembra da importância da vacinação. “É muito importante que todos se vacinem, especialmente as pessoas do grupo prioritário. Quem não se vacina coloca em risco sua própria vida, a de seus familiares e das pessoas com quem tem contato”, destaca.

A campanha de vacinação visa reduzir complicações, internações e mortalidades decorrentes de infecções pelo vírus da gripe. A meta do município é vacinar 90% das pessoas inclusas nos grupos prioritários.

Grupos prioritários para vacinação:

Crianças de seis meses a menores de cinco anos (5 anos, onze meses e 29 dias);

Gestantes em qualquer idade gestacional;

Mulheres com até 45 dias após o parto (puérperas);

Trabalhadores da Saúde;

Pessoas com 60 anos de idade ou mais;

Professores das escolas públicas e privadas, mediante apresentação de documento que identifique ser professor;

Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, com prescrição médica especificando o motivo da indicação da vacina.

No primeiro momento da campanha, que vai de 10 a 19 de abril, a prioridade será para as crianças e gestantes. A partir de 22 de abril até 31 de maio, a vacinação ocorrerá com todos os públicos do grupo prioritário. O dia de mobilização nacional, “Dia D”, será 04 de maio.

Contraindicações:

A vacina é contraindicada para pessoas com história de reação anafilática prévia em doses anteriores bem como a qualquer componente da vacina ou alergia comprovada grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados.

06
abril

MPPE recomenda que Prefeitura de Santa Cruz encerre atividades dos estudantes estrangeiros na UPA

“A permanência de estudantes não credenciados pode ocasionar risco aos pacientes da UPA” – disse o promotor

A criança foi socorrida para a UPA de Santa Cruz.

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou ao prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson de Sousa Vieira; ao secretário municipal de Saúde, Inácio Marques Vieira; e ao médico Tiago Costa de Almeida, que fossem encerradas imediatamente as atividades dos estudantes de medicina estrangeiros na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município, dada a ausência de convênio.

Segundo o promotor de Justiça Lucio Carlos Malta Cabral, os estudantes estrangeiros não possuem autorização para exercer seus ofícios na UPA, visto que os convênios foram firmados entre a Universidade de Aquino Bolívia (UDABOL) e o Hospital Raimundo Francelino Aragão, através do dr. Tiago Costa de Almeida, e não com a administração municipal, não podendo os alunos exercerem o internato em outra unidade.

“A permanência de estudantes não credenciados pode ocasionar risco aos pacientes da UPA, sobretudo porque estão atuando sem preceptor”, afirmou o promotor Lúcio Carlos malta Cabral.

O MPPE ainda recomendou à administração municipal e ao dr. Tiago Costa revisarem, em até dez dias, os convênios firmados, a fim de que os estudantes atuem apenas onde estão autorizados. Além disso, os estudantes devem ser supervisionados por médicos preceptores, tendo o prefeito, o secretário de saúde e o doutor que remeter à Promotoria de Justiça, no mesmo prazo, informações sobre relação dos estudantes e de seus supervisores.

O não cumprimento da recomendação poderá acarretar a proposição de ação civil pública ou outras ações de cunho administrativo e judicial.

05
abril

Exclusivo – Os detalhes sobre o processo que culminou com o fechamento do matadouro de Santa Cruz

Promotor responsável pelo caso fala ao Blog do Ney Lima: “O risco à saúde da população era grande”

 

 

 

 

REPORTAGEM ESPECIAL

 

O promotor Carlos Eugênio, responsável pela ação do Ministério Público que culminou com a decisão judicial ordenando a interdição do matadouro público de Santa Cruz do Capibaribe, falou com exclusividade ao Blog do Ney Lima. O promotor revelou que os relatórios emitidos pela Adagro e pela CPRH pedem a interdição do matadouro há mais de 10 anos. A omissão e a falta de providências ocorrem desde o governo de Toinho do Pará (PSB) e seguiram no primeiro e no segundo governo de Edson Vieira (PSDB). Confira:

 

Relatórios da Adagro e CPRH pedem fechamento do matadouro há mais de 10 anos

 

 

Relatórios incluídos no processo do Ministério Público apontam que os problemas no Matadouro Público de Santa Cruz do Capibaribe ocorrem há mais de 10 anos. Em julho de 2009, um laudo emitido pela CPRH (Agência Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos) já apontava a presença de retraços de animais em estado de decomposição nas áreas externas do matadouro. A agressão ao meio ambiente também ocorria porque os afluentes líquidos do processo de abate eram lançados diretamente no Rio Capibaribe.

O laudo da CPRH levava em consideração inspeções que foram feitas também pela Adagro, à época, e finalizava sugerindo ao Ministério Público a interdição do Matadouro.

 

Ex-prefeito Toinho do Pará assinou ajustamento de conduta se comprometendo a resolver problemas do Matadouro, mas não cumpriu

 

Em dezembro de 2009, o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe a época, Toinho do Pará, assinou um TAC (termo de ajuste de conduta) se comprometendo a resolver as exigências feitas pela Adagro e pela CPRH.

 

 

Foi assumido um compromisso para a instalação de uma estação de tratamento de afluentes, o que não ocorreu.

 

Más condições do Matadouro Público se agravaram e as providências não foram adotadas

 

 

 

 

As condições de higiene e os danos ao meio ambiente foram agravados durante os governos do atual prefeito de Santa Cruz, Edson Vieira. Nos últimos anos inúmeros pedidos e alertas foram feitos pelo Ministério Público, sempre com base nos relatórios apontados pelos órgãos de controle.

 

“Se percebe que ao longo desses anos que, apesar de ter sido oficializado por parte do Ministério Público e de ter sido notificada a Prefeitura acerca da situação do Matadouro Público nenhuma obra realmente de restruturação foi feita. Apenas obras de caráter paliativo foram feitas, mas nenhuma dessas para atender aos órgãos de fiscalização”, afirmou o promotor Carlos Eugênio.

 

O promotor relatou também que no final de 2018 uma nova vistoria foi solicitada a Adagro para que se tivesse um panorama atual das condições do Matadouro. O levantamento apontou que a precária situação continuava.

 

 

O Blog do Ney Lima teve acesso ao laudo de vistoria que aponta que o Matadouro de Santa Cruz do Capibaribe “não reúne as condições necessárias de higiene”. O relatório identifica ainda que a estrutura física do Matadouro está comprometida e que o local também não possui equipamentos necessários para a operação de abate.

 

O laudo finaliza recomendando “o fechamento do Matadouro, pois, o mesmo coloca em risco a saúde de funcionários e da população. ”

 

 

 

 

“Já existia desde 2009 uma recomendação no sentido da interdição, foram feitas diversas tentativas de solucionar o problema sem que fosse tomada essa medida mais drástica de interdição, mas nenhuma dela foi exitosa” afirmou o promotor de justiça ao Blog.

 

Carlos Eugênio salientou ainda que a medida de interdição é preventiva e que o objetivo principal é que a prefeitura cumpra com os ajustes necessários para que o matadouro público volte a funcionar atendendo as condições sanitárias e ambientais apontadas.

 

A entrevista completa será veiculada na próxima segunda-feira (08) nos programas Cidade Notícia e Rádio Debate.

 

Notícias Anteriores