15
março

PLANTÃO – Toritama tem caso suspeito de Coronavírus

 

 

A Secretaria de Saúde de Toritama confirmou, na noite deste domingo (15), o primeiro caso de suspeito de contração do novo coronavírus. O paciente teria tido contato com outro caso suspeito fora do estado de Pernambuco e apresentou os sintomas da doença. A pessoa encontra-se em isolamento domiciliar.

 

 

Confira a nota de Secretaria de Saúde de Toritama:

 

 

 

NOTA DA SECRETARIA DE SAÚDE DE TORITAMA

Primeiro caso suspeito de COVID-19 em Toritama.

A Prefeitura Municipal de Toritama, por intermédio da Secretaria de Saúde vem a público informar que na tarde de hoje (15) foi notificado o primeiro caso suspeito de COVID-19, de um paciente que teve contato com outro caso suspeito fora do Estado de Pernambuco.

Deixamos claro que ainda se trata de um caso suspeito. O paciente passará por exames de testagem para confirmação ou não da doença.

A Prefeitura já está com as ações em análise junto ao Comitê Municipal de Resposta Rápida ao Coronavírus para alinhamento das necessidades.

Queremos deixar claro a população toritamense que não há motivos para pânico ou alarde, já que tudo está dentro do controle e alinhado às ações dos Governos Estadual e Federal.

Por fim, o paciente notificado encontra-se em isolamento domiciliar, conforme preconiza o Ministério da Saúde e acompanhado pela Secretaria de Saúde do Município.

Toritama, 15 de março de 2020.

Andréa Melo

13
março

Dr. Nanau dá detalhes sobre a suspeita de um paciente com coronavírus em Santa Cruz

Foto: Igor Araújo

Na noite desta quinta-feira (12), o Secretário Municipal de Saúde, Dr Nanau, participou do Programa Independente e comentou sobre a suspeita de um paciente com coronavírus em Santa Cruz.

Segundo o secretário, o caso que foi divulgado amplamente em grupos de WhatsApp foi uma inverdade. Que, de fato, um paciente que viajou recentemente para São Paulo deu entrada na UPA e a equipe médica constatou que seriam os mesmos sintomas de gripe, foi solicitado que o paciente retornasse para casa, que fique de quarentena e caso após seis dias não se recuperar, essa pessoa será encaminhada para outra unidade hospitalar na capital pernambucana.

“Depois do sexto dia, esse paciente não se recuperar, ai tem que ser feito a transferência dele. Os hospitais de Recife que estão preparados para receber pacientes desse tipo são o Oswaldo Cruz, Correia Picanço e o IMIP. Se durante o sexto dia ele não melhorar, aí já tem que fazer a transferência. Por que não é gripe, uma gripe o período de incubação dela é uma semana. (…) Tem que ser feito a transferência para se fazer exames, para ver se é o coronavírus.”

De acordo com o secretário, apesar das unidades de saúde não estarem aptas a atenderem pacientes com o coronavírus, elas estão capacitadas para como se deve agir em situações desse tipo.

“As unidades de saúde de santa cruz do Capibaribe estão preparadas, nós fizemos reunião com a atenção básica e com a atenção de média e alta complexidade, que são as unidades de pronto atendimento. Qualquer pessoa que tiver os sintomas agora, ai eu como secretário de saúde preciso fazer esse alerta: uma pessoa que tiver sintoma de dor de cabeça, com dor na garganta, começar a tossir, ele procure uma unidade de saúde, ele não se automedique. Não vá para farmácia comprar medicamento. Procure a unidade de saúde pois lá nós temos um médico para fazer avaliação, para saber se é uma virose, de gripe, ou um coronavírus”, completou.

Confira um trecho da fala de Dr Nanau no vídeo abaixo. O Programa completo está disponível no Podcast Programa Independente, no Spotify

04
fevereiro

Vertentes: Juiz dá tutela para hospital voltar a funcionar

Por Hylda Cavalcanti

O juiz de Direito Solon Otávio de França, da comarca de Vertentes, no Agreste Setentrional de Pernambuco, concedeu, há pouco, uma tutela de urgência, que equivale a uma medida liminar em favor da Associação de Proteção e Assistência à Maternidade e à Infância de Vertentes (Apami), responsável pelo Hospital Memorial Jaime Justiniano de Santana, determinando à prefeitura que volte a repassar 70% dos recursos do SUS antes destinados ao referido hospital. A retomada dos recursos permitirá o retorno do funcionamento da unidade, que fechou as portas recentemente. O magistrado também estabeleceu cobrança de multa diária de R$ 10 mil ao município em caso de descumprimento da decisão.

O hospital, único do município, que há 60 anos mantinha convênio com a prefeitura, encerrou as atividades porque o prefeito de Vertentes, Romero Leal, passou a exigir certidões de regularização de débitos trabalhistas existentes e também de passivos com a Fazenda Nacional para fazer o repasses das verbas do SUS. Por ser uma entidade de assistência à saúde, prestando serviço à população há mais de 60 anos, a Apami afirmou, no pedido de tutela de urgência, que está tentando regularizar os débitos, mas não existe essa exigência por parte dos poderes municipais para que seja feito o repasse.

Na verdade, o prefeito e a Secretaria de Saúde do município informaram à justiça que o serviço de saúde tinha passado a ser prestado por outra organização social. Após avaliar o caso, o juiz considerou que o local onde estava sendo prestado o novo atendimento da prefeitura, conhecido como antiga Policlínica, não é adequado para o atendimento público de saúde da mesma forma que um hospital.

Conforme a decisão, “não se está aqui a imiscuir o mérito do administrador público mas em se tratando de direitos fundamentais, deve o Judiciário ser proativo”.

O juiz disse que um mínimo de razoabilidade demonstra que a estrutura de um hospital, com raio-x, sala vermelha, bloco cirúrgico, necrotério e outros espaços “jamais pode ser substituída por atendimentos paliativos em um local não estruturado com ao menos esses utensílios básicos”.

Ele destacou também que uma entidade com décadas de atuação como o Hospital Jaime Santana (como é mais conhecido) não perde sua necessidade e sua importância para os munícipes e demais pessoas que o procuram de uma hora para outra. E alertou que “o perigo de dano e resultado útil ao processo é latente”.

Pagamento de propinas

Como se trata de uma tutela de urgência, o magistrado deixa claro que as medidas estão sendo tomadas, mas que a administração do hospital e a Apami devem comprovar toda a aplicação do volume de recursos recebido e remeteu cópia do caso ao Ministério da Saúde, Ministério Público Federal , Procurador-Geral de Justiça e ao delegado de polícia da cidade para averiguação. Também será realizada audiência de conciliação dentro de pouco tempo entre representantes do hospital e a prefeitura, até decisão mais detalhada a ser proferida.

Solon França citou ainda, em sua decisão, as denúncias que têm sido feitas desde o último sábado (1) pela médica Niedja Santana, que há 25 anos era diretora do hospital. Niedja denunciou em redes sociais e em entrevistas concedidas a diversos veículos de imprensa, com apresentação de áudios e vídeos, que o hospital foi fechado e a prefeitura utilizou estes argumentos porque ela deixou de pagar a propina que há três anos era obrigada a dar para o prefeito Romero Leal e o vice-prefeito, Helder Corrêa, como condição para conseguir o repasse das verbas do SUS para o hospital.

Segundo a médica, era pago num mês o valor de R$ 17,5mil para o prefeito e no outro, o valor de R$ 12,5 mil para o vice-prefeito. O caso é citado na peça jurídica, onde o advogado do caso em defesa do hospital, Paulo Lima, afirma que já está sendo conhecido como “o mensalão da saúde”.

Enquanto as apurações estão em curso, outras ações estão sendo envidadas por parlamentares e moradores do município. Amanhã, por exemplo, será votada, na sessão da Câmara de Vereadores, pedido para protocolamento e instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), com o objetivo de apurar tudo.

;

Fonte: Vertentes Notícias.

24
janeiro

Saúde mental do trabalhador é tema de palestra com colaboradores no Moda Center

A perfeita saúde mental é algo de extrema importância não só para quem anseia por uma vida pessoal saudável, mas também para quem busca ter um melhor desempenho no dia a dia de trabalho. Atento à importância desses aspectos, o Moda Center Santa Cruz realizou, por meio da sua gerência de Recursos Humanos, uma palestra alusiva ao “Janeiro Branco”, mês que traz uma reflexão sobre a promoção da saúde mental e o combate ao adoecimento emocional.

A palestra com tema “A saúde mental do trabalhador” foi ministrada no auditório do Centro Administrativo pelo psicólogo Leandro Aleixo. Em pouco mais de uma hora, ele abordou o significado do trabalho sob a ótica de suas características emocionais, dicas para uma melhor saúde mental e a importância do bom convívio social dentro e fora do ambiente de trabalho.

“São pontos em que o colaborador precisa estar atento e levantar essa discussão é fundamental. Estar em dia com a saúde mental faz com que eles encarem a vida de forma mais leve, com muito mais satisfação no seu dia a dia”, pontuou Leandro.

A palestra contou com a participação das enfermeiras do Posto Ambulatorial do Moda Center e dos Jovens Aprendizes que trabalham no parque.

“Fico muito feliz com a realização de mais essa iniciativa, onde tivemos uma participação superior a 100 colaboradores. Quero agradecer não só a todos eles pela disponibilidade, mas a minha equipe, aos jovens aprendizes e aos demais profissionais que tornaram a discussão desse tema algo tão importante e prazeroso”, concluiu Cíntia Carvalho, gerente de Recursos Humanos do Moda Center.Ao final da palestra, os colaboradores participaram de um sorteio e 23 deles receberam uma pequena planta ornamental simbolizando a importância do cuidado como um dos caminhos para se conquistar uma melhor saúde mental.

;

Conteúdo da Assessoria

11
dezembro

MPPE recomenda que Prefeitura de Santa Cruz deixe de descontar contribuições previdenciárias de verbas indenizatórias dos enfermeiros

Foto: Arquivo.

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomenda ao prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), e ao secretário municipal de Saúde, Dr. Nanau, que atuem para que a gratificação de função e o adicional de insalubridade pagos aos enfermeiros da rede municipal de saúde deixem de ser contabilizados no cálculo da remuneração-base dos servidores.

Com a recomendação, o MPPE almeja que o município siga a legislação e faça os descontos previdenciários nos contracheques dos profissionais com base apenas no vencimento dos profissionais, já que é proibido o desconto sobre indenizações. Hoje, o salário-base dos enfermeiros, de R$ 1.200,00, é complementado pela gratificação de função (que corresponde à diferença entre o salário-base e o valor de R$ 2.400,00 estabelecido pela Lei Municipal nº1.729/2008). Já o adicional de insalubridade paga um percentual definido também pela legislação municipal.

“O MPPE recebeu informações sobre diversas irregularidades promovidas pela gestão de Santa Cruz do Capibaribe referentes aos vencimentos mensais de profissionais de enfermagem da atenção básica em saúde. Além disso, chegou ao nosso conhecimento que a Prefeitura vem promovendo o desconto previdenciário sobre todo o vencimento mensal (salário-base, gratificações, insalubridade) dos profissionais em questão, quando deveria incidir somente no salário-base desses profissionais”, detalhou o promotor de Justiça Lúcio Carlos Malta Cabral.

O MPPE orienta ainda que os gestores em questão cumpram, no prazo de 30 dias, a Lei Municipal nº 923/1990 e a Portaria nº 2.436/2017, possibilitando, assim, que os enfermeiros tenham no mínimo oito horas semanais de capacitação permanente. Para cumprir essa exigência, a gestão municipal deve disponibilizar cursos ou permitir que os profissionais de Enfermagem cumpram a carga em instituições conveniadas.

O não acatamento da recomendação pode culminar em ação civil ou outras ações de cunho administrativo e judicial. A recomendação foi publicada no Diário Oficial Eletrônico desta quarta-feira (11).

04
dezembro

Na tribuna da Alepe, Diogo Moraes discursa sobre combate à automutilação e suicídio por meio de Frente Parlamentar

Nesta terça-feira (03), o deputado estadual Diogo Moraes, subiu à tribuna da Assembleia Legislativa de Pernambuco para falar dos esforços da Casa para a promoção da saúde e bem-estar população, por meio da Frente Parlamentar de Combate à Automutilação e Suicídio, a qual o parlamentar coordena. Esse tema está em debate nacional, na Câmara dos Deputados e também na União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais.

Segundo Diogo Moraes, a consumação do suicídio é a face trágica, visível e irremediável da ponta de um iceberg que envolve as violências autoprovocadas, compreendidas pela ideação suicida, pelas automutilações, pelas tentativas de suicídio e pelos suicídios em si.

“As notificações desses comportamentos autoagressivos, inclusive, aumentaram de modo significativo no Brasil entre 2011 e 2018. Muito provavelmente isso se deve, por um lado, à elevação, tanto proporcional quanto absoluta, do número de eventos como esses, mas também, por outro lado, devido à relevância que o poder público tem dado ao tema nesses últimos anos, instituindo políticas públicas com o objetivo de mapear, prevenir e tratar os casos de autoviolência”, afirmou.

Em seu pronunciamento, Moraes comentou que o Brasil aderiu ao “Plano de Ação em Saúde Mental da OMS para 2013-2020”, no qual os países signatários se comprometeram a adotar uma série de medidas com a intenção de reduzir, em 10%, a taxa global de suicídio, até o final desta década. São exemplos de programas e projetos realizados com esse intuito, a nível federal e com implicações na esfera estadual: a publicação da portaria do ministério da saúde nº 1.876, de 2006, que institui as diretrizes nacionais para prevenção do suicídio; bem como a portaria nº 3.088, de 2011, também do ministério da saúde, estabelecendo a Rede de Atenção Psicossocial (RAPS), para tratar pessoas com sofrimento ou transtorno mental, incluindo aquelas com necessidades decorrentes do uso de crack, álcool e outras drogas, no âmbito do sistema único de saúde (SUS).

Durante sua fala, Moraes citou ainda dados de um boletim epidemiológico da Secretaria de Vigilância em Saúde, lançado durante o “setembro amarelo” deste ano, onde no período de 2011 a 2018 foram notificados cerca de 340 mil casos de violência autoprovocada aqui no Brasil. “Segundo esse estudo, quase 40% dessas agressões podem ser caracterizadas como tentativa de suicídio. E 155 mil, praticamente a metade de todos aqueles eventos, ocorreram justamente na faixa etária dos 15 aos 29 anos, na qual o suicídio responde como a quarta maior causa de mortes no País. Em Pernambuco, os casos notificados de violência autoprovocada entre jovens passaram de 235, em 2011, para 1.693, em 2018. No total, o estado registrou 5.187 episódios dessa natureza durante esse espaço de tempo”, destacou.

“Nós acreditamos que não só é extremamente necessário, como está na hora de Pernambuco construir e colocar em prática um Plano Estadual de Prevenção à Automutilação e ao Suicídio. E foi principalmente com esse propósito que nós criamos aqui, na Assembleia Legislativa de Pernambuco, a Frente Parlamentar de Combate à Automutilação e ao Suicídio, que eu tenho a imensa responsabilidade de coordenar. Pretendemos, em conjunto com os nossos nobres pares que compõem o colegiado realizar um amplo mapeamento sobre o problema no estado e, com o apoio de órgãos e instituições de toda natureza, criar políticas públicas eficazes, que tenham por objetivo promover a saúde mental, prevenir a violência autoprovocada e garantir assistência psicossocial às pessoas em sofrimento psíquico, bem como qualificar gestores e profissionais de saúde para identificação e tratamento desses casos”, defendeu Moraes. Apartearam seu discurso os deputados Tony Gel, Pastor Cleiton Collins, José Queiroz e João Paulo, elogiando os trabalhos da Frente, além do presidente Eriberto Medeiros.

.

Informações da assessoria.

02
dezembro

Augusto Maia libera recursos da Câmara para a compra de ambulância de grande porte em parceria com a Secretaria de Saúde

Presidente da Câmara repassou R$ 130 mil para serem usados pela Secretaria de Saúde na aquisição do novo equipamento.

Na manhã desta segunda-feira (02), a Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, através do presidente Augusto Maia, firmou parceria com a Secretaria Municipal de Saúde no intuito de garantir a compra de uma ambulância de grande porte, modelo Ducato, para servir aos pacientes da Unidade de Pronto Atendimento – UPA 24h do município.

Foram repassados para a prefeitura o valor de R$ 130 mil e ficarão à disposição do secretário de Saúde, Dr. Nanau que se comprometeu em realizar o processo licitatório para aquisição da ambulância.

“Com esse aporte repassado pela Câmara, acredito que até o Natal, entregaremos essa ambulância para o povo. Vale destacar que é um veículo com os equipamentos necessários para atendimentos de urgência”, disse Nanau.

O presidente Augusto Maia, destacou a importância da Câmara atuar em sintonia com as necessidades da população.

“Hoje demos mais esse passo importante no caminho de tornar a Câmara cada vez mais atenta ao povo. Temos esse compromisso com o dinheiro público e estamos promovendo iniciativas que melhoram a vida da população e principalmente na saúde que é um ponto crucial para qualquer município. Esse também é um ato de cooperação entre os poderes Legislativo e Executivo”, frisou Augusto.

/

Informações da assessoria.

01
novembro

Prefeitura de Santa Cruz entrega meio milhão de reais em equipamentos para saúde

Na manhã desta quinta-feira (31), a Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe realizou a entrega de equipamentos no Hospital Raymundo Francelino Aragão, no Laboratório Municipal Dr. Walter Aragão de Souza, no Ambulatório Médico Especializado (AME) e na Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24 horas).

Dentre os dispositivos que chegaram ao município, foram entregues quatro novos aspiradores mexicate MD600, 3 eletrocardiógrafos, dois microscópios binocular, 01 aparelho de hematologia, um monitor de sinal vital cardíaco, 01 bioplus, 01 colposcópio binocular (Exames de Ginecologia), além de 200 lençóis para o Hospital e a UPA.

“A chegada desses equipamentos que são de última geração mostra o nosso compromisso com a saúde pública do município. A saúde continua sendo prioridade em nosso governo, são mais de meio milhão de reais investidos em aparelhos para as unidades de saúde. Uma conquista nossa, um ganho enorme para nosso povo”, contou o prefeito Edson Vieira.

O secretário de Saúde, Dr. Nanau, também comentou sobre os investimentos. “É um momento de muita alegria e de orgulho para nossa gestão entregarmos esses equipamentos para otimizar a prestação de serviços ao povo. Os aparelhos são voltados para atenção especializada e serão utilizados na UPA 24 horas, Hospital Municipal, AME Especialidades e Laboratório Municipal”, disse Nanau Marques.

Estiveram presentes na entrega o prefeito Edson Vieira, o vice-prefeito Dida de Nan, o secretário de Saúde Dr. Nanau e os vereadores da base governista na Câmara. A aquisição destes equipamentos só foi conquistada devido às emendas parlamentares do deputado federal Fernando Filho (DEM) e o senador Fernando Bezerra Coelho (DEM), que totalizam R$ 500 mil.

Com a entrega desses equipamentos, os exames realizados terão mais agilidade e precisão nos resultados. O Laboratório Municipal realiza cerca de 100 mil procedimentos mensalmente.

Aparelhos e suas especialidades:

Bioplus: Analisador bioquímico, usado em mais de 10 tipos de exames;

Aspirador Mexicate MD 600: Utilizado em cirúrgicas, aspira sangue e saliva.

Eletrocardiógrafos: Detecta os sinais elétricos cardíacos. São usados para diagnosticar e auxiliar no tratamento de alguns tipos de doenças cardíacas e arritmias;

Microscópios Binocular: Ampliam ou regulam a visualização de estruturas que não são possíveis serem enxergadas a olho nu;

Aparelho de Hematologia: Usado para diagnósticos e prevenção de doenças que afetam a produção de sangue e seus componentes;

Monitor de Sinal Vital Cardíaco: É um equipamento que mostra, simultaneamente, a frequência cardíaca com o traçado de eletrocardiograma, a saturação, capnografia, pressão arterial, temperatura e a frequência respiratória do paciente.

Colposcópio Binocular: Utilizado em exames ginecológicos.

,

Informações da assessoria.

28
outubro

Carreta Amigo do Peito e Prefeitura de Santa Cruz realizam ação voltada ao Outubro Rosa

Durante este sábado (26) e domingo (27) a Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe através da Secretaria de Saúde e do projeto Amigo do Peito, estiveram realizando exames de mamografia com as mulheres do município. A campanha faz parte do ‘Outubro Rosa’, mês alusivo à prevenção e combate ao câncer de mama.

O evento aconteceu nas imediações da Igreja de São Cristóvão, na Avenida 29 de Dezembro, e contou com uma equipe de profissionais da saúde que foram designados para atender a população. Houve ainda oferta de testes rápidos como HIV e Sífilis, aferição de pressão e corte de cabelo.

Podiam realizar as mamografias, mulheres de 50 a 69 anos de idade que tinham a disposição uma carreta do projeto Amigo do Peito, que traz o que tem de mais moderno em equipamentos que permitem a precisão e rapidez nos procedimentos.

O prefeito do município, Edson Vieira, ratificou a importância da campanha que vem sendo promovida neste mês. “Tenho ficado satisfeito com a participação da população, principalmente as mulheres que são público-alvo deste projeto. Sabemos que existe uma grande dificuldade em conseguir os exames pelo SUS, e a gente proporciona isso para que as mulheres possam se cuidar cada vez mais”, ressaltou.

O secretário de Saúde, Dr. Nanau visitou o local e conversou com as participantes da ação. “É gratificante participar como secretário e poder proporcionar essa grande ação para as mulheres, mostrando que estamos empenhados em cuidar da saúde de cada uma delas. Já tivemos palestras e ações educativas conscientizando-as sobre o câncer de mama, e estamos fechando mais um ciclo nessa campanha”, pontuou.

Ao todo foram ofertados cerca de 200 exames as mulheres encaminhadas pela secretaria através do setor de marcação, e no local ainda foi oferecido serviços do Odontomóvel.

,

Informações da assessoria.

10
outubro

UPA de Santa Cruz do Capibaribe oferta café da manhã em programação do Outubro Rosa

Dedicado a alertar mulheres para a importância dos exames preventivos na luta contra o câncer de mama, a campanha do Outubro Rosa foi iniciada, na manhã da última terça-feira (08), na Unidade de Pronto Atendimento 24 horas (José Vieira Filho) em Santa Cruz do Capibaribe.

Colaboradores e pacientes participaram de um café da manhã, onde foram repassadas informações, principalmente as mulheres que estavam na Unidade, sobre a prevenção do câncer de mama.

O secretário de Saúde, Dr. Nanau, falou que todas as unidades de saúde do município estarão se esforçando para conscientizar toda população. “Nós, da Secretaria de Saúde, convocamos todos os membros que fazem parte da rede municipal para dedicarmos este mês de outubro no incentivo e no repasse das informações referentes ao Outubro Rosa, mês dedicado a prevenção do câncer de mama. Todas as unidades de saúde do município estarão nesta luta”, pontuou.

O gestor da Unidade, José Ademir, ressaltou a importância de incluir os serviços públicos na campanha. “Recebemos cerca de mil pessoas por dia na nossa      UPA 24 Horas, e estamos fazendo uma força-tarefa para levar informações de interesse das pessoas que precisam conhecer formas de prevenção e de identificar possíveis casos”, disse.

Dados – De acordo com o Instituto Nacional de Câncer, o câncer de mama é o segundo tipo que mais acomete brasileiras, representando em torno 25% de todos os canceres que afetam o sexo feminino. Para o Brasil, foram estimados 59.700 casos novos de câncer de mama em 2019, com risco estimado de 56 casos a cada 100 mil mulheres.

Os principais sinais e sintomas da doença são: caroço (nódulo), geralmente endurecido, fixo e indolor; pele da mama avermelhada ou parecida com casca de laranja, alterações no bico do peito (mamilo) e saída espontânea de líquido de um dos mamilos. Também podem aparecer pequenos nódulos no pescoço ou na região embaixo dos braços (axilas).

/

Informações da assessoria.

02
outubro

Colaboradores do Moda Center recebem vacinação contra o sarampo

Nesta quarta-feira (2), colaboradores do Moda Center Santa Cruz começaram a ser vacinados contra o sarampo. A medida tem como objetivo a proteção destes contra a doença, já que milhares de clientes vêm de todo o país para as feiras realizadas no centro de compras toda semana, fator este que eleva as chances de contaminação no atual quadro de surto vivenciado em quase todo o país.

A vacinação está sendo realizada pela equipe de enfermagem do posto ambulatorial, onde a meta é vacinar, pelo menos, 80% do quadro funcional até o final da campanha. Colaboradores com idade até 49 anos, de todos os setores e gerências, estão sendo imunizados.

“Nesta semana, realizamos a primeira etapa de vacinação com foco nos condôminos e, graças a Deus, tivemos uma grande adesão. Então, passada essa primeira semana de feiras, o foco agora está nos nossos colaboradores, para que possamos minimizar as chances de algum deles ser contaminado. Estamos vivenciando um quadro de surto e essa prevenção é mais do que essencial”, pontuou o síndico José Gomes Filho.

A campanha de vacinação realizada no Moda Center Santa Cruz ocorre em parceria com a Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Capibaribe (através da Secretaria de Saúde) e o Governo do Estado. Serão quatro semanas, onde em cada uma delas, 2.500 doses serão destinadas, com foco nos condôminos e nos colaboradores do centro comercial.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, 19 estados do país estão vivenciando um surto de sarampo. A doença é extremamente contagiosa e pode causar a morte em diversos casos. Até o momento, 22 casos já foram confirmados em Pernambuco.

01
outubro

FarmaClin comemora 3 anos e realiza Ação de Saúde

A FarmaClin completou 3 anos de atuação no mercado, e em parceria com a EMS, realizou uma Ação de Saúde ofertando à população santa-cruzense vários serviços. A ação teve início às 8h da última sexta-feira (27), na rua São Paulo, 563, bairro São Cristóvão.

A população pôde realizar teste de glicemia, aferição de pressão arterial, consultas farmacêuticas, aplicação de brincos, designer de sobrancelhas e corte de cabelo. Na ocasião também foram sorteados brindes.

30
setembro

Condôminos do Moda Center recebem vacinação contra o sarampo

Nesta segunda-feira (30) foi realizado, no Moda Center Santa Cruz, o primeiro dia da ação de vacinação contra o sarampo. A iniciativa aconteceu em parceria com a prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, juntamente com o Governo de Pernambuco, tendo como foco a imunização de condôminos do maior centro atacadista de confecções do país.O ponto de vacinação foi instalado entre os setores Amarelo e Branco do parque.

Durante todo o dia, equipes do Moda Center, da Secretaria Municipal de Saúde e técnicos de enfermagem do Centro de Ensino Superior Santa Cruz (CESAC) realizaram a imunização. Após a triagem para conferência da idade, já que a vacina pode ser administrada em pessoas até 49 anos, a vacinação acontecia em menos de um minuto.

Os condôminos destacaram a importância dessa campanha ocorrida no Moda Center. “É muito importante, pois ajuda a prevenir essa doença, que é muito perigosa. É muito bom e só temos a agradecer ao Moda Center e a todos que estão participando desse trabalho”, destacou Jobson Inácio de Araújo.

“A campanha é muito válida. Muitas vezes, não temos tempo durante a semana e aqui podemos deixar uma pessoa no box, nos deslocar rapidinho, tomar essa vacina e nos prevenirmos dessa doença. Por termos muitos visitantes aqui, alguém pode acabar transmitindo sem querer o sarampo e temos que eliminar qualquer risco”, comentou Joseílson Ferreira da Silva.

Para esta primeira etapa da campanha foram destinadas 2.500 doses ao Moda Center. A ação segue pelas próximas quatro semanas, até o fim de outubro, todas as segundas e terças-feiras, dias de feira no centro atacadista de confecções. A meta é que até 10 mil pessoas sejam imunizadas. Amanhã (1°/10), a vacinação tem início às 8h e segue até às 13h, no mesmo local.

QUEM PODE SE VACINAR – De acordo com o Ministério da Saúde, a vacinação estará disponível para as faixas etárias recomendadas:

– Até 29 anos: duas doses, sendo a primeira na campanha e outra, de reforço, trinta dias depois, podendo esta ser aplicada em qualquer posto de saúde.

– De 30 a 49 anos: a dose única.

No ato da vacinação, deve ser levado algum documento de identificação, de modo a que a idade de quem deseja se vacinar seja confirmada. A vacina não será aplicada em quem não estiver com algum documento.

27
setembro

Moda Center recebe ação de vacinação a partir de segunda (30)

Iniciativa tem como foco a imunização dos condôminos do maior centro atacadista de confecções do país.

O Moda Center Santa Cruz recebe a partir de segunda-feira (30) uma ação de vacinação contra o sarampo. A iniciativa está sendo realizada em parceria com a Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe e com o Governo de Pernambuco. A doença, que pode levar à morte, já teve 4.507 casos confirmados em 19 estados brasileiros, sendo 22 deles em Pernambuco, de acordo com dados do Ministério da Saúde.

Visando minimizar os riscos de que a doença possa fazer novas vítimas no Polo de Confecções, a campanha contará, inicialmente, com 5 mil doses, contemplando condôminos do Moda Center e do Calçadão Miguel Arraes de Alencar. Cada um dos empreendimentos poderá imunizar até 2.500 pessoas.

“No dia 10 deste mês, soubemos que o município de Taquaritinga havia sido contemplado com 28 mil vacinas e aqui, em Santa Cruz, foram destinadas apenas 3 mil, mesmo com uma dimensão de população muito maior e um fluxo gigantesco de pessoas toda semana nas feiras do Moda Center. Nossa vulnerabilidade é muito maior e fizemos essa reivindicação na quarta Gerência Regional de Saúde (GERES), onde conseguimos essas vacinas”, pontuou Inácio Marques Vieira, secretário municipal de saúde.

Serão destinados cinco lotes ao município, cada um deles com 10 mil vacinas, de modo a promover uma maior cobertura. A campanha no Moda Center acontecerá as segundas e terças, durante quatro semanas.

QUEM PODE SE VACINAR – De acordo com Natália Gardênia, coordenadora municipal do Programa Nacional de Imunização (PNI), a vacinação estará disponível para as faixas etárias recomendadas pelo Ministério da Saúde.

“A vacina pode ser aplicada em algumas faixas etárias. Até 29 anos, a pessoa tomará duas doses, sendo uma no dia da campanha e outra 30 dias depois, em postos de saúde. Já as pessoas de 30 a 49 anos, a dose é única”, frisou.

Ainda segundo Natália, quem for se vacinar, deve apresentar apenas um documento de identificação com foto, de modo a confirmar a idade.

“Na segunda-feira, a vacinação terá como foco os condôminos, porém na quarta-feira (2/10), ela será estendida aos nossos colaboradores”, destacou George Pinto, gerente geral do Moda Center.

LOCAIS – No Moda Center, o ponto de vacinação fica entre os setores Amarelo e Branco, onde haverá agentes de saúde e profissionais do parque para auxiliar nos trabalhos. O local já conta com sua estrutura montada e estará sinalizado com um grande banner para melhor visualização.

“Quero agradecer aos órgãos envolvidos por firmarmos essa parceria e que as pessoas possam estar se vacinando no Moda Center, local que recebe pessoas de várias partes do país. Toda semana, a campanha estará em locais diferentes do parque, de modo a imunizar a maior quantidade possível de pessoas”, concluiu José Gomes Filho, síndico do Moda Center.

/

Informações da assessoria.

13
setembro

‘Setembro Amarelo’ – IABV realiza palestras nesse sábado

A Igreja Apostólica Batista Viva (IABV) de Santa Cruz do Capibaribe realizará, nesse sábado (14), palestras sobre a conscientização de prevenção ao suicídio. Na ocasião, estarão presentes Jeysiel Marcos (Psicólogo clínico) e Dr. Carlos Henrique (Terapeuta da família).

Iniciada em 2015, o ‘Setembro Amarelo’ é uma campanha nacional de prevenção ao suicídio, sendo uma iniciativa do Centro de Valorização da Vida (CVV), do Conselho Federal de Medicina e da Associação Brasileira de Psiquiatria.

A IABV fica localizada na Rua Capitão Pedrosa, 306, no bairro São Cristóvão.

Notícias Anteriores


 

error: Copiando nosso texto?