24
novembro

Unopar Santa Cruz realiza colações de grau, no Clube Ypiranga

 

A Unopar Santa Cruz apresentou à sociedade santa-cruzense mais de 90 profissionais formados pela instituição, no último sábado (21). Aconteceram duas cerimônias, no Clube Ypiranga, nos horários tarde e noite. Colaram grau os alunos dos cursos de Administração, Ciências Contábeis, Educação Física, Gestão Financeira, Gestão Hospitalar, História, Marketing, Matemática, Serviços Jurídicos, Cartorários e Notariais, Pedagogia e Serviço Social, 2019.2 e 2020.1.

As colações foram marcadas por muita emoção e alegria dos formandos e seus familiares.

“É sempre uma felicidade para nós quando realizamos o ato final que coroa tantos anos de esforço, renúncia e dedicação dos nossos alunos para a conquista da tão sonhada formação superior”, ressaltou a Diretora Acadêmica, Emanuella Aleixo.

Nos dois eventos, foram homenageados os tutores(as) Amanda Cristina Lourenço da Silva, Carla Aragão de Mello, Diego Marans de Figueirêdo, George Batista da Silva, José Almir Menezes Amâncio, Júlia Renata da Silva Balbino e Maria Silvânia Bezerra Gomes, que receberam placas em homenagem pelo trabalho desempenhado na formação dos alunos.

O Presbítero da Igreja Beth Shalom, Jeysiel Marcos de Azevedo Santos e o seu pai, Pastor Marcos Antônio dos Santos, proferiram uma mensagem de fé aos novos profissionais. Os juramentos ficaram por conta das formandas Amanda Maria Duda da Silva e Raquel de Souza Campos.

“Mesmo com a pandemia, a Unopar não parou seus serviços e mostra mais uma vez o seu compromisso ao fazer a entrega dos diplomas aos formandos onde, em outras instituições, essa entrega pode levar anos”, destacou a Diretora Administrativa, Mirelly Tavares.

A Unopar Santa Cruz parabeniza os novos profissionais e deseja sucesso na carreira de todos.

Conteúdo da Assessoria

17
novembro

Escola Técnica de Santa Cruz do Capibaribe prorroga inscrições para o ensino médio em 2021

Foram prorrogadas, até a próxima segunda-feira (23 de novembro), as inscrições para o ensino médio técnico na Escola Técnica Estadual José Nivaldo Pereira Ramos em Santa Cruz do Capibaribe. São disponibilizadas 180 vagas, sendo 90 vagas disponíveis para o curso de administração e 90 vagas para redes de computadores.

Para participar da seleção o aluno precisa ter concluído o Ensino Fundamental II ou concluir até janeiro de 2021, e ter CPF. As inscrições podem ser realizadas através do site do Sistema de Seleção Estadual pelo link: https://sisacad.educacao.pe.gov.br/sissel/ . Assim como as inscrições, as provas serão online, e no ato da inscrição o aluno pode escolher uma data para realizar a prova, tendo até o dia 27 de novembro.

A prova é constituída de 20 questões de múltipla escolha e o aluno terá 60 minutos para realizar. Caso o aluno não tenha conexão, pode procurar a Escola Técnica Estadual, localizada na Avenida Miguel Arraes de Alencar, nº 192, Cruz Alta, para fazer a inscrição e a prova.

Os resultados serão disponibilizados através do site do sistema de Educação Estadual no dia 04 de dezembro, e as matrículas serão realizadas entre 09 e 15 de dezembro. Para dúvidas, entrar em contato com a escola através do número 3759-8400.

Conteúdo da Assessoria/Thaís Suênia

05
novembro

Coronavírus: cinco tendências pós pandemia

Está visivelmente comprovado de que o mundo não é e nem continuará o mesmo após a pandemia do coronavírus. Novos modelos de trabalho, estudo, vivência e comportamento, foram inseridos às sociedades e adaptações foram necessárias em diversas áreas. No entanto, com eles, surgiram também tendências pós-pandemia que devem perdurar e ser aprimoradas para aumentar a qualidade de vida da população mundial.

Muitas dessas tendências, inclusive, incidem diretamente em novos cursos, modelos de aprendizagem e formas de retenção de conhecimento. Além disso, a tecnologia tem um papel importante, uma vez que, sob condições de isolamento social, tornou-se item de primeira necessidade para trabalhadores e estudantes.

Sob esse novo aspecto de vivência, o Portal Pós selecionou cinco processos que devem continuar a impactar o mercado de trabalho e a vida pessoal de cada indivíduo. Confira!

Home office em continuidade 

Devido à necessidade de isolamento social, muitas empresas deixaram seus colaboradores sob regime de home office. Anteriormente, por causa de certa desconfiança, o modelo nem sempre era bem visto. Entretanto, para o momento atual, tornou-se prática comum. Com a expectativa da criação de vacinas eficazes contra o COVID-19, a tendência é que as empresas ― mesmo sob a possibilidade de volta aos escritórios ―, mantenham, em forma de revezamento, parte de seus colaboradores alguns dias em home office.

Evolução tecnológica do mercado

Empresas que não estavam acostumadas ou não vislumbravam o crescimento e investimento em sua área de Tecnologia da Informação, tiveram problemas para adaptar-se ao modelo novo de negócios. Desta maneira, muitas correram atrás do prejuízo e contrataram plataformas de e-commerce e profissionais especializados em tecnologias web.

Empresas de todos os portes que não valorizavam o mercado digital passaram a preocupar-se com especializações, suporte e atendimento online. Outra área que absorveu as mudanças necessárias foi a de planejamento estratégico, com novas bases de conhecimento em inteligência de negócios, de mercado e de dados.

Preocupação com a saúde mental

Além de manter a mente sã durante a pandemia, o movimento deverá ser continuado com o término do processo de isolamento e práticas adquiridas. Tudo porque, de certa forma, a pandemia do Coronavírus nos deu oportunidades reais de pensar em transformações, conhecer novos processos internos e também a capacidade de reinvenção.

O cuidado com a saúde mental, para muitos, virou prioridade diante do novo cenário mundial. Assim, ter flexibilidade cognitiva para trabalhar com mudanças e novidades será necessário em muitas áreas do mercado.

Contratação, recrutamento e estudos

Os profissionais de Recursos Humanos também passaram por novos modelos de contratação e entrevistas com colaboradores. De agora em diante, seguindo as novas práticas, será habitual que uma entrevista de emprego possa ser feita de forma totalmente online.

Além disso, o ensino em EaD, bem como workshops, webinars e cursos online serão comuns, uma vez que as pessoas já estarão habituadas às novas modalidades de aprendizado. Tudo porque, com a necessidade do isolamento social, o ensino EaD tornou-se prática comum e segura entre aqueles que deram continuidade ao aprendizado, além do reconhecimento do MEC e item indispensável para promover sua carreira profissional a outros patamares.

Tendências pessoais 

Realizado no início do ano de 2020, o Fórum Econômico Mundial, apresentou 10 competências que serão primordiais entre as tendências pós-pandemia, em relação aos novos profissionais e suas habilidades. São elas:

Resolução de problemas complexos;

Pensamento crítico;

Criatividade;

Gerenciamento de pessoas;

Coordenação com os outros (atuar de forma compartilhada);

Inteligência emocional;

Discernimento e tomada de decisão;

Orientação de serviço (reconhecer as necessidades do cliente ou usuário antes que elas ocorram);

Negociação e

Flexibilidade cognitiva (disposição para aprender).

;

Fonte: Blog/PortalPós

 

04
novembro

Governo prorroga prazo para renovação de contratos do Fies

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) prorrogou para 30 de novembro, o prazo para a renovação semestral dos contratos de financiamento concedidos pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do segundo semestre de 2020. Os aditamentos dos contratos deverão ser feitos pelo sistema SisFies.

A Portaria que prorroga o prazo foi publicada no Diário Oficial da União. A medida vale para contratos simplificados e não simplificados. No caso de aditamento não simplificado, quando há alteração nas cláusulas do contrato, como mudança de fiador, por exemplo, o aluno precisa levar a documentação comprobatória ao banco para finalizar a renovação. Já nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

Os contratos do Fies devem ser renovados semestralmente. O pedido de aditamento é feito inicialmente pelas instituições de ensino e, em seguida, os estudantes devem validar as informações inseridas pelas faculdades no SisFies. Inicialmente, o prazo seria até 31 de outubro, para contratos assinados até dezembro de 2017. Os contratos do Novo Fies, firmados a partir de 2018, têm prazos definidos pela Caixa Econômica Federal.

Prazo

O dia 30 de novembro também é a data limite para a realização de transferência integral de curso ou de instituição de ensino e de solicitação de aumento do prazo de utilização do financiamento, referente ao segundo semestre deste ano.

Os Documentos de Regularidade de Matrícula, emitidos pelas instituições de ensino, que tiveram os seus prazos de validade expirados, deverão ser acatados pelos bancos, para renovação do financiamento até 30 de novembro.

O Fies é o programa do governo federal que tem como meta facilitar o acesso ao crédito para financiamento de cursos de ensino superior oferecidos por instituições privadas.

;

Fonte: Agência Brail/EBC

04
novembro

MPPE realiza campanha sobre medidas sanitárias de prevenção da Covid-19 e a fiscalização no retorno às aulas presenciais

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) lançou uma campanha para dar amplo conhecimento do Plano de Convivência Setorial da Educação elaborado pelo Governo do Estado de Pernambuco, para que toda a comunidade escolar (alunos, professores, gestores, pais de alunos) adote as medidas sanitárias e fiscalize junto com o MPPE o fiel cumprimento.

A campanha do MPPE, segue a divisão feita no Plano de Convivência setorial de Educação em quatro eixos temáticos: Distanciamento Social; Proteção e Prevenção; Monitoramento e Comunicação; Vigilância Epidemiológica em âmbito escolar.

A ideia da campanha, além do compartilhamento das medidas sanitárias a serem seguidas por todos nós na convivência social em um contexto de pandemia, é estimular a sociedade a ser a cumpridora das normas sanitárias e também fiscalizar o cumprimento pela comunidade escolar.

Todos os municípios devem, no mínimo, seguir o protocolo do Governo do Estado, podendo adotar medidas mais protetivas, mas não flexibilizar o que estiver sob vigência estadual. Em casos de irregularidades e não cumprimento das regras registre a demanda nos canais da Ouvidoria do MPPE ou procure a Promotoria de Justiça do seu município.

No dia 29 de outubro, o Governo anunciou a autorização do retorno às aulas presenciais dos ensinos fundamental e infantil das escolas privadas. A rede estadual segue com as aulas presenciais suspensas.

A volta às aulas no ensino da rede privada será realizada em etapas e poderá ser iniciada a partir do dia 10 de novembro com as turmas dos Anos Finais (6º ao 9º. ano). No dia 17 de novembro, as escolas retornam com os estudantes dos Anos Iniciais (1º ao 5º ano) e, concluindo este processo, no dia 24 de novembro, a Educação Infantil pode retornar à sala de aula.

Ouvidoria do MPPE – Os canais são: (81) 9.8816.1901 (das 8h às 14h) e Disque 127 (12h às 18h). Além deles, temos o App Audivia, o assistente virtual via WhatsApp (81) 99679.0221, e, você ainda pode cadastrar no formulário online. Os contatos do MPPE estão disponibilizados no site do MPPE, aba “Cidadão”, “endereços e telefones”.

28
outubro

Avaliação terá menos participantes por sala como medida protetiva ao novo coronavírus

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 contará com 700 mil inscritos a mais, comparado à edição de 2019. Diante do aumento no número de participantes em meio à pandemia do novo coronavírus, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) anunciou que aumentará a quantidade de locais de provas do exame, como medida para comportar todos os participantes respeitando as regras sanitárias contra o vírus.

Um dos métodos de organização utilizado pelo Inep será a redução do número de participantes por sala, a fim de garantir o distanciamento exigido pelas autoridades de saúde. Para isso, o Órgão vai contar com o auxílio das prefeituras para que as equipes de segurança possam dar suporte nos procedimentos de acesso aos locais de prova, para evitar aglomerações.

Além disso, foi solicitado aos estados e municípios que evitem a realização de outros eventos de grande porte nos dias de aplicação do Enem e garantam a infraestrutura necessária para que os participantes cheguem aos locais de provas.

As medidas foram comunicadas pelo Inep no Encontro para Capacitação de Logística e Segurança do Enem 2020, realizado por videoconferência nesta terça-feira, 27 de outubro, com a participação de representantes das instituições envolvidas na operação para aplicação das provas na região Sudeste.

As provas impressas da edição 2020 do Enem estão marcadas para os dias 17 e 24 de janeiro de 2021. Já as provas digitais serão aplicadas em 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021. Ao todo, são 5,6 milhões de inscritos.

.

Foto e fonte: Agência Educa Mais Brasil

16
outubro

O que o mercado espera de um especialista?

Crescimento na carreira nem sempre está associado a assumir algum cargo de liderança. Por mais que a crença prevaleça, tornar-se uma pessoa especializada, que aplique técnicas exclusivas a determinadas funções, pode ter seu ponto de reconhecimento, tanto quanto a funções de coordenadoria ou supervisão, por exemplo. Mas afinal, o que o mercado espera de um especialista?

O Portal Pós elencou uma lista de possibilidades para quem deseja investir em se especializar em sua função ou ter perspectivas diferenciadas de crescimento. Confira!

Pense de forma estratégica

Exercitar o raciocínio lógico em conjunto com pensamento crítico são dois pontos fundamentais para quem deseja pensar de forma estratégica. Para os negócios, para a comunicação, as vendas e diversos outros setores de atuação, o especialista necessita estudar e prever cenários.

Além disso, é essencial que ele tenha a função de resolver problemas críticos, saiba tomar decisões com segurança e agilidade para auxiliar os demais colaboradores ou, ainda, fornecedores, empresários e até mesmo coordenadores e gestores.

Cultive o bom relacionamento interpessoal

Conviver de forma amigável com os colegas de equipe, respeitar as diferenças, entender a diversidade e adaptar-se bem a ambientes multiculturais fazem do especialista um profissional engajado e participativo. Bem visto por todos da empresa, ele geralmente é capaz de interagir e de auxiliar os demais colaboradores, mesmo que o pedido de ajuda venha de alguma função que ele não domine perfeitamente.

Sempre disposto a conhecer novos ramos de atividade dentro do negócio em que atua, pensa em possibilidades diversas e, às vezes, até divertidas para aumentar vendas, promoções, gerar leads, pensar em campanhas e cuidar da comunicação de ações.

Tenha visão empreendedora

Ter visão empreendedora não necessariamente é útil para lidar com seu próprio negócio. Estar de acordo com essa visão abre oportunidades para a implementação de novas frentes e ações em diversas áreas, possibilitando ampliação do conhecimento e da capacidade de colaborar com os outros.

Além disso, especializar-se com um MBA em Inovação e Empreendedorismo, por exemplo, faz que o profissional lide com múltiplas realidades e analise oportunidades e melhorias possíveis, com a ação correta para cada um dos casos.

Exercite a criatividade e a voluntariedade

O mercado cobra decisões rápidas. Por isso, exercitar a criatividade ou mesmo entender de Economia Criativa, por exemplo, fazem que habilidades profissionais de diferentes fases encontrem as competências necessárias para unir o pensamento estratégico à capacidade de empreender, além de construir e desenvolver negócios de sucesso.

A flexibilidade é outro ponto favorável a quem é criativo. Porque, geralmente, os profissionais mais criativos conseguem entender mudanças, aplicá-las com maestria ou, ainda, se necessário, rejeitá-las com argumentos infalíveis.

Ser voluntário em projetos também favorece o especialista. Dessa forma, além de aprender a se solidarizar e ter empatia com os outros, as ações falam mais do que mil palavras. Funciona também para alguém que seja especializado em terceiro setor.

Seja organizado, sustentável e proativo

Trabalhar com prazos, pensar em um conjunto de itens e ações que favoreçam os demais colegas, além de ter suas tarefas e responsabilidades totalmente sob controle, mostra quão organizado o especialista deve ser. Afinal, é ele quem, muitas vezes, é capaz de responder aos mais diversos questionamentos em reuniões com clientes, por exemplo.

Além disso, o especialista não tem medo de dizer que não sabe. Ele simplesmente pode assumir isso com segurança e mostrar-se apto a aprender novos conhecimentos. Demonstrar preocupações com ações que gerem menos gastos e que atuem sob a batuta da sustentabilidade também faz com que o especialista se afirme como grande profissional.

Continue a estudar

Não é que o especialista saiba de tudo. Muito pelo contrário, como dissemos no passo anterior, ele sabe, inclusive, assumir com responsabilidade o que não sabe. Em contrapartida, especializar-se pode exigir formação superior ou ainda cursos de pós-graduação ou MBA específicos à determinadas funções.

A continuidade dos estudos é fundamental para que esse profissional consiga galgar posições e conquistar a confiança de gestores, superiores, clientes, fornecedores e dos colaboradores a sua volta.

.

Fonte: Portal da Pós

 

06
outubro

Justiça determina suspensão da volta das aulas presenciais nas escolas públicas de Pernambuco

Foto: Wellington Lima/JC Imagem

Em decisão proferida na manhã desta terça-feira (6), o juiz da 5ª Vara da Fazenda Pública da Capital, Augusto Napoleão Sampaio Angelim, determinou a imediata suspensão do retorno das aulas presenciais das escolas estaduais de Pernambuco.

O magistrado acatou os argumentos do Sintepe (Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco), expostos na Ação Civil Pública.

Suspensão na rede pública

A decisão vale “até que se adotem as medidas necessárias para garantir o direito à saúde dos profissionais de educação, inclusive com a criação de uma Comissão Setorial”.

O colegiado seria composto por representantes do Governo de Pernambuco, Fiocruz, Universidade de Pernambuco (UPE), Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), Rede Solidária pela Vida em
Pernambuco e Ministério Público de Pernambuco (MPPE).

O juiz Augusto Napoleão Sampaio Angelim também determinou que a suspensão ocorra “até que se demonstre que foram adotados protocolos apropriados para a retomada dessas atividades e realizada fiscalização efetiva dos estabelecimentos estaduais de educação”.

Em trecho da decisão que suspendeu a retomada nas escolas públicas de Pernambuco, o juiz cita Amazonas e França e afirma que a volta das aulas presenciais tem perigo de levar “dano irreparável” à vida dos trabalhadores do setor da educação.

“Dado o ocorrido no Estado do Amazonas e o que se noticia a respeito do aumento de casos na França, após o retorno das aulas presenciais, consoante publicado na imprensa, é inegável o perigo de dano irreparável à vida dos trabalhadores em educação e de seus familiares. Assim, urge, o deferimento da liminar, mesmo em questão complexa como a dos autos, inclusive por considerar que não há perigo de irreversibilidade e o contrário, ou seja, o retorno às aulas na data de hoje, poderá causar danos irreversíveis”, diz o juiz na decisão.

O Sintepe informou que “permanece e permanecerá incansável em defesa da saúde e da vida dos/as Trabalhadores/as em Educação, da comunidade escolar e de seus familiares”.

Em assembleia realizada na tarde desta segunda-feira (05), professores da rede estadual decidiram deflagrar a greve que havia sido decretada no dia 30 de setembro, mas optaram por manter as atividades para o ensino remoto. Com isso, ignoraram a determinação do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) para que não paralisassem as atividades. Uma nova assembleia foi marcada para quinta-feira (08), às 14h30. Nesta terça-feira, o Sintepe terá uma audiência com o Ministério Público do Trabalho para tratar sobre a greve.

Veja a íntegra da decisão

.

Fonte: Blog do Jamildo/JC Online

02
outubro

Como recuperar o tempo perdido na pandemia

A pandemia do coronavírus trouxe, além de incertezas quanto à disseminação do vírus, momentos de instabilidade financeira, perda de empregos e um cenário bastante cauteloso para a economia mundial. Desta maneira, muita gente teve que adiar perspectivas e planos, inclusive nos estudos.

Entretanto, pensar em um futuro melhor e aprimorar seu currículo também se faz urgente em tempos em que o cenário é cada vez mais desafiador. É hora de reavaliar os prós e contras e fomentar expectativas de recuperação e estabilidade.

Por isso, o Portal Pós selecionou algumas dicas que podem ser valiosas para organizar, estruturar e aproveitar o tempo que foi perdido nesta pandemia. Confira!

Concentre-se no futuo

É fato que não há como vislumbrar o futuro, sem ter estabilidade no presente. No entanto, somente o exercício de planejar algo e ampliar suas expectativas, dentro da avaliação do que aconteceu no passado, pode elevar seu potencial criativo e reacender a vontade de crescer. Se retomar seus estudos está entre seus planos, procure se estruturar e motivar-se a continuá-los.

Um dos pontos é apostar em alguns cursos rápidos de especialização, que se encaixem em sua área de atuação. Construa uma perspectiva positiva, dentro do que você é capaz de investir tanto financeiramente, quanto de tempo em novas possibilidades.

Organização é a palavra-chave

Criar um plano e organizar-se para executá-lo é fundamental para que o resultado de suas ações seja promissor. Se não há tempo tampouco dinheiro para investir agora, pense e projete quando isso poderá ser realizado. O otimismo e a motivação são necessários, mesmo quando os tempos são mais difíceis.

Por isso, considerar pontos pessoais para chegar às conquistas almejadas é de suma importância, uma vez que cada um tem habilidades, sonhos e desejos particulares. Além disso, tem que ser considerada uma estrutura de tempo em que as coisas se encaixem da melhor maneira. Afinal, lidar com expectativas frustradas é tão ruim quanto não ter anseios a se realizar.

Cuide de sua saúde financeira

Mesmo com os tempos mais difíceis e menos promissores, quem fizer planos para retomar os estudos ou mesmo investir mais no próprio conhecimento, terá mais chances de levar o sonho adiante. É claro que todos os processos devem ser avaliados de perto e com atenção: quanto impactaria diretamente em suas finanças voltar a estudar?

A pergunta deve ser respondida de forma clara e objetiva. Por isso, faça o planejamento de acordo com o que você poderia gastar e imagine isso como investimento em uma carreira melhor. O investimento pessoal, além de elevar a autoestima, proporciona ganhos imensuráveis em relação ao conhecimento e aumento de oportunidades.

Entenda seu próprio tempo

Para realizar um curso de pós-graduação ou MBA, lembre-se de que a administração de seu tempo é fundamental. Uma vez que o investimento será visto como garantia de melhoria de vida, procure avaliar as condições reais de dedicação para a conclusão do curso iniciado.

Além da dedicação necessária, leve em consideração as vantagens da modalidade EAD (Ensino a distância), o tempo de duração do curso e quanto de seu dia será programado para somente estudar. Evite sobrecarregar-se com trabalho e estudos. Se a organização for bem feita, com prazos e horários bem definidos, tudo sairá como o esperado.

Você já selecionou seus planos de estudo para o período pós-pandemia? Acesse o Portal Pós e descubra boas oportunidades!

 

 

Fonte: Blog da Pós

04
setembro

MPPE recomenda melhoria em sete escolas estaduais de Santa Cruz do Capibaribe

A escola de Referência em Ensino Médio Luiz Alves, é uma delas.

Após realizar inspeções em sete escolas estaduais de Santa Cruz do Capibaribe, e identificar inúmeras irregularidades estruturais, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por meio da 1º Promotoria de Justiça Cível de Santa Cruz do Capibaribe, recomendou ao gerente regional de Educação Agreste Centro Norte e ao secretário estadual de Educação de Pernambuco, que promovam reformas estruturais nas escolas.

Nas visitas, foram encontradas salas de aula inapropriadas, com ausência de ventiladores, carteiras inadequadas, depredação dos recintos e banheiros, cozinhas mal ventiladas, mobiliário antigo, ausência de vigias e porteiros, entre outras irregularidades.

De acordo com a recomendação, o poder público deverá promover melhorias, em até 120 dias, nas seguintes escolas: Escola Padre Zuzinha, Escola Dr. Adilson Bezerra, Escola José Francelino Aragão, Escola Técnica José Nivaldo Ramos, Escola Malaquias Cardoso, Escola Maria Lúcia Alves e Escola de Referência em Ensino Médio Luiz Alves.

O gerente regional de Educação e o secretário estadual de Educação devem informar ao MPPE sobre o acatamento da recomendação no prazo de 20 dias. O não atendimento poderá importar na adoção das medidas judiciais cabíveis. O documento na íntegra encontra-se disponível no Diário Oficial Eletrônico do MPPE desta quinta-feira (03).

17
agosto

Unopar Santa Cruz abre matrículas para curso de Pedagogia com nota máxima segundo o MEC

Alunos podem ter bolsa de até 40% de desconto

As matrículas para o curso de Pedagogia, da Unopar Santa Cruz, estão abertas. O polo está oferecendo inúmeras facilidades para quem deseja ingressar na universidade. O curso tem nota máxima segundo avaliação do MEC.

O curso tem duração de apenas 3 anos e está disponível nas modalidades semi-presencial e 100% on-line. A matrícula é totalmente grátis. Durante este mês de agosto, na modalidade semi-presencial o curso de Pedagogia está por apenas R$ 199,00 (para matrículas feitas a partir de 14/08/2020). Outra facilidade, é que o aluno pode receber bolsa de até 40% de desconto para o curso.

Nota máxima segundo o MEC

Na Unopar, o curso de Licenciatura em Pedagogia, teve a nota Máxima no Conceito de Curso (5), que é a nota final de qualidade dada pelo MEC aos cursos de graduação das instituições de ensino superior no Brasil, conforme pode ser consultado através do link do Ministério da Educação (MEC), que é um órgão do governo federal do Brasil.

Para mais informações, entre em contato com o Polo Unopar Santa Cruz clicando aqui.

12
agosto

Informe do Instituto Dom Pedro I

03
agosto

Conheça algumas dicas de marketing para ampliar seus negócios na quarentena

Com o cenário econômico mundialmente afetado pela pandemia do COVID-19, alguns profissionais têm buscado algum tipo de reinvenção. Afinal, o empreendedorismo individual tornou-se alternativa ao crescimento do desemprego e quem vende algum produto ou serviço teve que correr atrás do prejuízo.

Entretanto, é exatamente dentro desse cenário caótico, que práticas podem ajudar o pequeno empresário. Por isso, o Portal Pós trouxe dicas de marketing, elaboradas por Wilson Mingote, professor de Marketing e coordenador da Pós-graduação da Faculdade Pitágoras Antônio Carlos.

Mingote explica que, com o avanço da tecnologia, as mídias digitais são uma ótima opção para alavancar o negócio. “Mídia digital é todo e qualquer conteúdo ou veículo de comunicação que se baseia na internet e utiliza esse meio para divulgar informações. Um exemplo clássico são os banners que encontramos nos portais”, afirma Mingote. Confira abaixo as dicas do professor.

Dica 1: Organize e olhe o seu negócio

Neste item, é preciso pensar o seu negócio. Seguem algumas perguntas que auxiliam na identificação: Qual é o seu produto ou serviço? Quem são seus clientes? Você tem o contato deles? Já possui perfis nas redes sociais?

Dica 2: Trabalhe o seu material para a venda

Muitas pessoas acreditam que apenas uma postagem nas redes sociais ajudará a alavancar o negócio. É preciso ter em mente que uma boa publicação precisa de texto e imagens. Assim, você possui fotos do seu produto? Tem depoimento de clientes? Caso não tenha, esse é o momento de tirar fotos dos seus produtos ou fazer vídeos explicando seu serviço.

Um ponto importante é realizar imagens com fundo claro, sem outros elementos. Lembre-se que o foco é o seu produto! Se for fazer um vídeo, pense em todos os detalhes e explique o seu serviço, citando todas as qualidades e diferenciais.

Dica 3: Reative os contatos dos seus clientes

Pode parecer simples, mas retomar o relacionamento com clientes ou pessoas que já entraram em contato com você é uma ótima iniciativa. O melhor é que esse relacionamento pode ser feito via WhatsApp, Instagram e Facebook. Faça um texto simples e direto falando que nesse momento o cliente não vai ficar sem seu produto ou serviço e que você continua trabalhando para atendê-lo. Se for fazer entrega, avise os dias, se há custo, quantidade mínima, entre outras informações que achar relevante. Coloque uma foto em que seu produto esteja valorizado e não esqueça de acrescentar todos seus contatos e suas redes sociais.

Dica 4: Use as redes sociais neste momento

Aproveite as plataformas digitais e evidencie o seu trabalho ou algo que o destaque. Por exemplo, se o seu negócio vende comida fitness, pode colocar um conteúdo mencionando a importância da alimentação saudável. Faça postagem diária, com um texto simples, mas com todas informações (preço, forma de entrega, promoções, cartão fidelidade, entre outros).

Dica 5: Promoções

Por que não criar promoções e sorteios neste período? Tente fazer com que o cliente os veja como vantagem. Uma boa dica são os cartões fidelidade, promoção da semana de algum produto, marcar amigos que aumentam suas chances no sorteio, entre outras ações. O foco nesse item é levar o seu produto para mais pessoas.

Dica 6: Interaja

Aproveite esse momento e interaja com o seu cliente. Uma opção são as transmissões ao vivo nas redes sociais. Não se esqueça de responder às perguntas dos participantes.

 

Clique aqui e fale com a pós graduação da Unopar.

Fonte: Blog da Pós

09
julho

Informativo – Instituto Dom Pedro I

As aulas remotas chegaram inesperadamente e todos tivemos que nos adaptar a elas. Um dos pilares que sustentam o Instituto Dom Pedro I é o compromisso com a educação e em um momento como esse, este pilar fortalece ainda mais os princípios de nossa instituição.

Sendo assim, tivemos que nos adaptar e buscar estratégias para que o processo de ensino e aprendizagem pudesse ocorrer da melhor forma possível, nos reinventamos e estamos oferecendo aos nossos alunos as aulas remotas, através das plataformas digitais. Afim de oferecer melhores condições de aprendizagem, no dia 03/07 a Educação Infantil e o Ensino Fundamental I fizeram a entrega  aos pais de materiais e atividades produzidas por nossos professores,bem como o recolhimento dos livros didáticos para a correção das atividades.

A entrega foi realizada com todos os protocolos exigidos para a Covid-19, tomando todos os cuidados necessários para o momento em que estamos vivendo. Os pais tiveram todo o horário da manhã e também da tarde para irem buscar os materiais, para que o fluxo de pessoas dentro da escola fosse o permitido. Os funcionários usavam EPIs (máscaras e luvas) e todos os que entravam na instituição tinham sua temperatura aferida e para higienização das mãos, passavam álcool em gel 70%.

Assim, o Instituto Dom Pedro I, fortalece os laços com as famílias e cumpre com o seu papel na sociedade em oferecer um ensino de qualidade.

Instituto Dom Pedro I, uma escola forte, uma escola acolhedora.

Juntos somos mais fortes!

.

Informações da assessoria.

Notícias Anteriores


 

error: Copiando nosso texto?