23
agosto

Por falta de quórum, reunião que discutiria ampliação do perímetro urbano de Santa Cruz é cancelada

Vereadores ausentes enviaram suas justificativas

.

Na manhã desta segunda-feira (23) estava programada para ser realizada a reunião extraordinária da Câmara de Santa Cruz do Capibaribe, onde seriam discutidos e votados requerimentos e projetos de lei do legislativo e executivo, entre eles, o da ampliação do perímetro urbano do município, onde está localizada a Serra do Exu, e onde deverá ser construído um novo atacadão.

A reunião da Câmara foi cancelada pelo presidente da Casa, Capilé da Palestina (PSD), por falta de quórum (quando não é atingido o número mínimo de pessoas necessárias para realizar a reunião), seguindo o regimento interno da Casa.

Faltaram a reunião, todos os vereadores da bancada denominada “Boca Preta”, são eles: Zé Boi (DEM), Nailson Ramos (MDB), Nego Zé (DEM), Jéssyca Cavalcanti (PSDB), Gilson Julião (MDB), Caetano (PSDB), Zezin Buxin (MDB) e Demir da Saúde (PSDB). A reunião também teve a ausência da vereadora Nêga da ONG (PSD) que faz parte da bancada “Verde”.

No Facebook da Câmara, Capilé abriu uma Live com os vereadores presentes para registrar a questão dos ausentes e falou sobre a não realização da sessão da Câmara, além de criticar alguns dos que não compareceram.

“A vereadora Jessyca (Cavalcanti) está no Moda Center e poderia tá aqui, e Zezin se encontra na cidade. Veja bem população da Palestina e das imediações, infelizmente está havendo um movimento para que nossa cidade perca esse empreendimento, porque nem sequer hoje temos nove vereadores para ser aberta essa sessão” – completou Capilé”.

Durante a Live, o vereador Carlinhos da Cohab (PP) também teceu críticas e argumentou que estaria sendo feita uma espécie de manobra para atrapalhar a gestão de Fábio Aragão, e cobrou de Capilé a criação da comissão de ética e decoro parlamentar.

“O que está acontecendo já mostra a manobra que estão tentando fazer, isso é um esquema que tá sendo montado aqui para atrapalhar a gestão Fábio, e comandado pela vereadora Jessyca Cavalcanti, já tô dizendo aqui em público. Isso é um nojo que está acontecendo aqui nessa casa, e que seja aberta logo a comissão de ética para fiscalizarmos isso” – disse.

Diante da situação, o presidente Capilé convocou uma reunião ordinária para a manhã da próxima segunda-feira (30).

Justificativas

Nêga da ONG

Nossa reportagem entrou em contato com a vereadora Nega da ONG, e justificou que o motivo de sua ausência seria por “compromissos previamente agendados no Recife, devido a uma consulta médica”, e completou que teria comunicado pessoalmente ao presidente da Casa a sua ausência e também através de um oficio desde a última quinta-feira (19).

“Eu não fiz nada que possa me envergonhar, pois o presidente já estava ciente. Agora eu não tenho culpa dos outros pessoais que não iriam para Brasília, não compareceram a reunião, mas a minha falta não foi porque eu quis, mas sim, por motivos pessoais” – disse.

Bancada Boca Preta – Nota

A bancada de atuação parlamentar, formada pelo PSDB, MDB e DEM, vem a público esclarecer que em momento algum, nenhum dos vereadores, atua para atrasar qualquer pauta que seja em benefício de Santa Cruz do Capibaribe. Ressaltamos que já na quinta-feira (19), momento da realização da a 3ª Sessão Ordinária do segundo período, foi informado que vários vereadores já estariam com compromissos previamente agendados, alguns inclusive já a caminho da Capital Federal onde acontecerá congresso e agendas oficiais em gabinetes e ministérios, o que dificultaria a presença de todos parlamentares na 23ª Sessão Extraordinária marcada para esta segunda-feira (23).

Reforçamos que em nenhum momento o projeto de lei 018/2021 do Poder Executivo que versa sobre a alteração da lei municipal 1.635/2007, que visa ampliar o perímetro urbano, está sendo tratado de forma diferente de qualquer outro projeto. Estamos discutindo de forma aprofundada, solicitando todas as documentações necessárias para que possa tramitar corretamente na Casa José Vieira de Araújo. Não houve por parte dos vereadores da bancada nenhum tipo de impedimento na matéria, os pedidos de vistas realizados estão previstos no Regimento Interno da Casa e foram realizados para aprofundar as discussões necessárias e solicitar a entrega de documentos.

Os atrasos que aconteceram devem ser creditados ao Poder Executivo, que enviou o projeto de forma intempestiva cheio de equívocos resultando em sua retirada da pauta, e após a resolução parcial de algumas falhas, ocorreu o envio para nova tramitação.

Ressaltamos que o trabalho legislativo é fundamental na construção da sociedade, e que deve ser feito respeitando todos os prazos legais e regimentais.

Bancada de Atuação Parlamentar (PSDB, MDB e DEM)

18
agosto

EXCLUSIVO – Galego de Mourinha obtém decisão favorável no Tribunal de Justiça e defesa acredita que mandato de vereador estará garantido

 

 

A composição na Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe poderá mudar, caso se reverta a situação eleitoral de Galego de Mourinha (PP). Ele obteve 675 votos na última eleição, mas foi impedido de ser diplomado por ter condenação em segunda instância em um processo de natureza cível.

Na tarde desta quarta-feira (18) um julgamento na 5ª Região do Tribunal de Justiça, em Caruaru, decidiu por unanimidade aceitar as provas da defesa de Galego de que durante o processo ele não foi citado a se defender. Com a decisão de hoje, a condenação que até então impediu que Galego de Mourinha fosse diplomando vereador perde o efeito.

O Blog do Ney Lima ouviu Galego de Mourinha que afirmou que assim que o acórdão da decisão do Tribunal foi publicada, levará a decisão a conhecimento da Justiça Eleitoral.

Caso a diplomação de Galego de Mourinha venha a ser confirmada a configuração na Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe vai mudar, com a inclusão dos votos de Galego na distribuição das vagas e um atual vereador de mandato deverá deixar o cargo e ficar na suplência.

13
agosto

Após votações secretas, vereadores da Câmara de Santa Cruz derrubam dois vetos do prefeito Fábio Aragão

Nesta semana durante sessão extraordinária na Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, foram apresentados para serem votados, dois projetos de lei que foram vetados pelo prefeito, Fábio Aragão (PP). O primeiro se trata de um processo seletivo para cargos na comissão de coordenador pedagógico do ensino municipal, de autoria da vereadora Jessyca Cavalcanti (PSDB).

A justificativa da prefeitura Municipal em relação ao veto, é que o projeto de lei “se trataria da criação de um novo cargo”. A autora do projeto afirmou que “o cargo já existe e que simplesmente haja a seleção, e que não seja por indicação” – disse.

O outro veto derrubado foi em relação ao projeto que institui o programa de apoio aos bares, restaurantes e demais estabelecimentos similares, para que haja a suspensão de impostos municipais em consequências dos efeitos causados pela medida de isolamento relacionado ao estado de emergência em decorrência da covid-19, de autoria do vereador Gilson Julião.

Na justificativa, a prefeitura alegou que o projeto se trataria de uma “renúncia de receita”, porém o autor do projeto destacou que seria apenas uma “suspensão”.

Após votações secretas, o primeiro veto teve seis votos favoráveis e nove contrários, já a votação do segundo projeto foi dois votos a favor e treze contra. Com isso, os projetos seguem da mesma forma que foram aprovados na Câmara.

10
agosto

Helinho Aragão revela que Prefeitura Municipal anunciará reduções em alugueis e mudança de local da AME adulta

O vice-prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Helinho Aragão (PSB), foi o convidado desta terça-feira (10) do quadro “Olho no Olho”, que é veiculado durante o Programa Independente através da fanpage do Santa Cruz Online.

Helinho foi questionado sobre tudo que passou no ano de 2020, tanto na vida pessoal quanto política, em meio as indecisões no grupo Taboquinha para se chegar ao candidato a prefeito. Ele afirmou que muitos fatores ocorridos em sua vida pública antes, teria lhe deixado mais amadurecido e completou que na época pensou em desistir da política.

“Foi o momento em que tive de tomar decisões, demorei bastante (…) Aquela derrota na eleição da Câmara serviu para eu amadurecer na política e tomar certas decisões, mas, em 2020, eu não poderia errar de maneira nenhuma. Eu tive que ver cenários, analisar e para mim foi um momento que sentei, conversei com a família e tomei a decisão de seguir na vida pública, pois pensei até em desistir” – completou.

Helinho Aragão detalhou que no momento da vitória na eleição do ano passado, estaria na residência de Fábio Aragão (PP), frisou que teria desmaiado em meio a emoção e revelou que dois dias após teria sido diagnosticado com a covid-19.

“Eu já estava com alguns sintomas da covid, mas não sabia, acabei desmaiando na hora de toda aquela emoção, mas era covid, me “tornei” depois e estava fraco. No caminho em que estava indo para casa, vi o trio elétrico, a multidão e eu disse: “eu vou tomar banho e vou vir comemorar”. Quando foi na terça-feira, fiz o teste, deu positivo e me isolei” – afirmou.

O vice-prefeito comentou sobre futuras festividades juninas, e acredita que atrações de renomes nacionais possam retornar ao município com uma parceria pública-privada através de uma concessão. Helinho analisou os primeiros meses do Governo Fábio Aragão e revelou que o município deverá anunciar em breve, uma redução de alugueis e citou que haverá mudança no setor da saúde.

“A Ame Mulher (bairro São Cristóvão) receberá a AME adulta, o prefeito vai transferir para aquele local e equipar toda ela. Lá vai ser um atendimento geral e vamos colocar outras especificações. Já adianto aqui que o prefeito tem um plano de reduzir os alugueis, ele vai anunciar em breve” – citou.

Para presidência em 2022, o vice-prefeito falou que apoiará Lula, caso ele seja candidato. Helinho também citou que correligionários do grupo liderado pelo ex-candidato a prefeito, Allan Carneiro (PSD), estariam “insatisfeitos com a má condução do líder”.

Confira a entrevista na íntegra:

03
agosto

Olho no Olho – Diogo Moraes fala sobre mágoa com Edson Vieira e revela aprendizado após o falecimento de Fernando Aragão

Fotos: Jefferson Lulu.

O deputado estadual Diogo Moraes (PSB) participou na noite desta terça-feira (03) do quadro “Olho no Olho”, veiculado pelo portal Santa Cruz Online durante o Programa Independente. O deputado falou sobre a sua trajetória política, inclusive os seus três mandatos consecutivos como parlamentar na cadeira da ALEPE (Assembleia Legislativa de Pernambuco).

“Para muitos é um desgaste, mas para mim na verdade é fruto de um crescimento de trabalho que a gente não parou desde o primeiro mandato (…), a gente tem o respaldo popular e das lideranças políticas para que possamos renovar novamente o cargo de deputado estadual para continuar a trazer ações que causem impactos na vida do povo” – disse.

Diogo Moraes foi questionado sobre o abastecimento de água, o qual tem sido um tema que se repete a cada eleição, sendo que muitos moradores do município santa-cruzense não possuem água em suas torneiras, e ás vezes por um longo período no mês.

“Chove, mas não junta água para termos os mananciais cheios, queríamos ter água suficiente para o abastecimento, e estamos trazendo e encurtando da Barra de São Miguel pra cá. Se eu disser que daqui a quatro anos o tema hídrico não vai tá na pauta, isso é uma inverdade, vai tá sempre porque Santa Cruz cresce” – completou.

O deputado comentou sobre a participação do Governo do Estado em relação ao município de Santa Cruz do Capibaribe, principalmente voltado para a área da saúde. Ele foi questionado como estaria atualmente o seu relacionamento com o ex-deputado federal, José Augusto Maia.

“Zé Augusto está nos ajudando e colaborando onde pode com o Governo Fábio. Com Zé a gente vem conversando outros fatores e pontos em comuns entre eu, ele e Fábio, com as ideias de Zé e juntando com a nossa para trazer benefícios com a população (..) quanto a 2022, não há nenhum impedimento de escolher outro deputado estadual, mas a gente vai querer sim que o máximo de apoio vindo do nosso grupo esteja com a gente” – falou.

Ao ser questionado qual o seu maior adversário político, Diogo Moraes revelou que seria o ex-prefeito de Santa Cruz, Edson Vieira (PSDB), citando que ele teria lhe causado ingratidão ao colocar a candidatura de Alessandra Vieira (PSDB) para candidata a deputada estadual sem ter conversado com o grupo político.

“Pelo lado ingrato, por não ter sido um pouco mais leal e de consideração e ter feito aquilo comigo, é Edson Vieira, e que não foi nada republicano e que nem combinou com todos do grupo, porque você ser parceiro e de uma hora para a outra em prol de um projeto familiar, você escantear governo, amigos, eleitores e candidatos, mas ele tem qualquer tipo de direito, agora ele colocou a esposa sem combinar com as pessoas” – frisou.

Diogo Moraes falou sobre que tipo de aprendizado que ele tirou após o falecimento do ex-vereador Fernando Aragão, que morreu vítima da Covid-19 em agosto do ano passado, em meio a uma pré-candidatura a prefeito.

“Aprendi que de fato às vezes a gente mistura a política com coisas que a gente não deve e nunca deveria misturar. No primeiro momento, eu queria me culpar, passei momentos muito ruim, meio confuso, (…) e a gente queria chegar no mesmo lugar e não era eu, era o grupo, tinha a disputa, mas ela tem que ser salutar, e da forma que Fernando partiu repentinamente sem a gente puder trocar uma palavra e nem se despedir, e depois de tudo que está consumado foi muito duro para mim, e isso deixa uma grande lição para que a gente tenha que pensar mais, até porque estávamos buscando por um espaço, e do jeito que acabou, isso me dói muito” – concluiu.

Confira abaixo o programa na íntegra:

28
julho

Exclusivo – Verba de representação do presidente da Câmara de Vereadores de Caruaru é derrubada na Justiça

 

Uma ação popular culminou com a suspensão dos pagamentos de verba de representação feitos ao presidente da Câmara de Vereadores de Caruaru, Bruno Lambreta (PSDB). A decisão foi proferida pela unanimidade dos juízes integrantes da segunda turma, na Câmara Regional de Justiça, em Caruaru, na tarde desta quarta-feira (27).

Os magistrados seguiram o entendimento do relator, desembargador Evio Marques da Silva, de que a verba de representação possuiu “inquestionável natureza remuneratória, fugindo da real função das verbas indenizatórias – destinadas, a bem da verdade, ao reembolso / compensação de determinadas despesas extraordinárias que o cargo exige”, diz um trecho da decisão.

Atualmente a verba de representação paga mensalmente ao presidente da Câmara é de R$ 9.000,00, que corresponde a 60% do salário de um vereador, que é de R$ 15.000,00.

A decisão é resultado de uma ação popular defendida pelo advogado André Tadeu que ficou conhecido em Pernambuco por ter conseguido reduzir salários de prefeitos, vereadores e secretários em vários municípios. O processo em questão transitava nos tribunais desde 2017, numa tentativa de anular os efeitos da lei caruaruense 5.629/2016, que fixou os salários dos vereadores. Após quatro anos de tramitação e diversos recursos, o Tribunal de Justiça decidiu acatar parcialmente o pedido, suspendendo os efeitos do parágrafo único, do artigo 1º, da Lei em questão. Com o efeito, a Câmara Municipal não poderá pagar a verba de representação.

27
julho

MPPE instaura inquérito para investigar Edson Vieira por contrato de compra de máscaras a empresa de parente

A denúncia foi apresentada por Ernesto Maia, em 2020

 

 

O Ministério Público de Pernambuco anunciou, nesta semana, a instauração de inquérito para apurar a compra de 7 mil máscaras personalizadas feitas pela prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe para uso dos servidores, durante a gestão de Edson Vieira (PSDB). A denúncia foi apresentada pelo, na época, vereador Ernesto Maia (PCdoB).

O questionamento apontado por Ernesto Maia foi que a compra das máscaras foi feita sem licitação diretamente a empresa Ind. e Com. de Confecções Xavier LTDA, de propriedade de Arnaldo Xavier, que é cunhado de Edson Vieira.

O que disse Arnaldo Xavier

Na época dos fatos o empresário Arnaldo Xavier publicou, em redes sociais, notas de vendas de máscaras do mesmo tipo, sendo feitas a várias empresas da região, com preço maior do que as que foram fornecidas a Prefeitura de Santa Cruz.

O que diz a defesa de Edson Vieira

Em nota, a defesa de Edson Vieira disse que “a modalidade de dispensa de licitação usada pelo município teve amparo na lei de licitações e contratos e especialmente na Lei Federal nº 13.979/2020, que dispõe sobre as medidas de emergência da saúde pública”.

A defesa explicou também que a escolha da empresa Rota do Mar para a compra das máscaras ocorreu por critérios técnicos e preços compatíveis com o mercado, frisando que os fatos foram comprovados nos autos do inquérito aberto pelo MPPE.

Quanto ao parentesco de Edson Vieira com o empresário Arnaldo Xavier, objeto principal da denúncia, a defesa afirma que “conseguiu mostrar que a legislação em vigor não prevê esse tipo de proibição, tendo inclusive juntado decisões dos nossos tribunais superiores corroborando esse entendimento”, sustenta.

21
julho

“Vou brigar para que o nosso grupo tenha candidato”, afirma Capilé defendendo que Grupo Verde tenha candidato da cidade para deputado estadual

 

 

O Grupo Verde deverá ter candidato próprio disputando a eleição estadual no próximo ano, pelo menos é o que defende o presidente da Câmara de Vereadores em Santa Cruz do Capibaribe, Capilé da Palestina (PSD). A afirmação foi feita durante o quadro Olho no Olho, veiculado ontem (20), no Programa Independente.

“Vou brigar para que nosso grupo tenha candidato (…). esse nome precisa ser decidido. O grupo precisa decidir se vai mesmo para o embate ou se vai apoiar alguém de fora. Eu já disse que o meu pensamento, a minha vontade, eu defendo a ideia da gente ter um candidato”, afirmou Capilé.

 

Possibilidade de candidatura de Alan César ou do próprio Capilé

 

Na mesma entrevista Capilé da Palestina reafirmou que seu nome está à disposição para uma candidatura a deputado estadual, mas disse também que o nome do empresário Alan César tem sido citado internamente.

“Se for Alan César, a gente vai com Alan César. Se for Capilé, aí eu preciso, também, que o grupo diga: a gente vai com Capilé também. Agora é aquela questão, entendendo que um grupo ele não pode se omitir em disputar eleição alguma”, defendeu.

 

20
julho

Agricultura: Atuação de Zome do Pará é um dos acertos do Governo Fábio

 

 

 

Uma das características demonstradas pelo Governo Fábio Aragão neste primeiro ano tem sido a condução de pastas importantes por pessoas com pouca experiência em gestão pública. Tal prática instaurou insegurança, principalmente nos primeiros meses. No entanto, vale destacar a bom êxito em algumas áreas, com destaque para a diretoria de agricultura que tem a frente o popular Zome do Pará.

Nos últimos dias o Blog ouviu pessoas ligadas a iniciativas organizadas da zona rural, bem como os próprios agricultores e o reconhecimento foi quase que generalizado quanto ao bom desempenho de Zome.

De estilo simples, Zome costuma pegar no trabalho cedo. É comum encontra-lo nas estradas vicinais, acompanhado os trabalhos de recuperação. De acordo com dados levantados pelo Blog, mais de 80% das estradas foram restauradas.

Destacam-se também a recuperação da barragem do Sítio Quixabeira, ações de vacinação contra a brucelose, distribuição de mais de 1,5 quilos de sementes, perfuração de poços artesianos, entre outras ações que tem resultado e boa aprovação.

14
julho

Edson admite possibilidade de candidatura a estadual em 2022; Alessandra poderá ser candidata a prefeita de Santa Cruz em 2024

 

 

O futuro político dos Vieiras foi uma das principais abordagens durante a entrevista do ex-prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), no quadro Olho no Olho, veiculado no Programa Independente, na última terça-feira (13).

Edson admitiu a possibilidade tentar um retorno a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), em 2022. Anteriormente, o ex-prefeito articulava a candidatura a deputado federal, mas reconhece que saiu enfraquecido das urnas em 2020, especialmente por não ter feito o sucessor em Santa Cruz do Capibaribe. Ele agora fala que só entraria em uma disputa federal se fosse por uma necessidade de fortalecimento da sigla partidária, e reforçou o seu compromisso em renovar o apoio ao deputado federal Fernando Filho (Democratas).

Quanto a Alessandra Vieira (PSDB) disputar a Prefeitura de Santa Cruz em 2024, Edson adiantou: “É uma possibilidade. Hoje as pessoas comentam muito da dinâmica, do nome de Alessandra. Mas não tem nada definido”.

O ex-prefeito frisou que a definição quanto a candidatura e os apoios para a eleição de 2022 se dará até o final deste ano.

12
julho

A cara da nova mídia

 

 

 

 

Igor Araújo (20 anos), Alena Bezerra (21 anos) e Jota Lima (27 anos). Jovens, eles acumulam números estrondosos de audiência e alcance digital

 

 

 

O perfil da nova audiência no Agreste de Pernambuco tem mudado consideravelmente e a comunicação já não é mais a mesma. Assim como ocorre em todo o mundo, as constantes transformações impõem que o sucesso dos profissionais de mídia decorra de uma soma entre talento, boa comunicação, imagem e engajamento digital.

Em Santa Cruz do Capibaribe três jovens estão em absoluta ascensão profissional. Apesar da pouca idade, eles acumulam números incríveis.

 

Igor Araújo, 20 anos

 

Igor Araújo é um dos apresentadores do Programa Independente, produzido pelo portal Santa Cruz Online e veiculado ao vivo pelas Rádios Vale e Farol FM.

Dono de uma voz de impacto e de boa característica para vídeo, neste ano de 2021, Igor emplacou uma reportagem que ultrapassou 10 milhões de visualizações nas páginas do Santa Cruz Online. Uma das maiores convergências de audiência dentre as plataformas de notícias do estado.

 

 

Alena Bezerra, 21 anos

 

Alena Bezerra vem despontando como uma das maiores revelações da mídia pernambucana. A comunicação envolvente de Alena, ajuda a potencializar a programação musical da Rádio Vale FM todas as tardes com o programa Moda Mix, produzido pelo Santa Cruz Online.

No último mês de junho, Alena apresentou as principais lives juninas de Caruaru com grandes artistas, superando uma audiência de mais de 100 mil acessos simultâneos e mais de 2 milhões de visualizações acumuladas.

 

 

 

Jota Lima, 27 anos

 

Mesmo com a pouca idade, Jota Lima já detém ampla experiência na comunicação popular, tendo sido um dos primeiros santacruzences a ingressar na TV aberta, com passagens pelo Programa Sem Meias Palavras, da TV Jornal, entre 2018 e 2019. Atualmente ele é apresentador titular do Programa Rota da Notícia, do Santa Cruz Online, acumulando 12 mil visualizações diárias, somando-se a audiência da transmissão ao vivo pela Rádio Vale FM.

Nos últimos meses Jota passou a apresentar os sorteios do Santa Cruz Cap, ao lado do comunicador caruaruense Wellington Lacerda, com transmissão ao vivo pela TV Jornal Caruaru, para 104 cidades.

 

O impacto comprovado e os números incontestáveis, especialmente com o alcance da mídia digital farão com que os nomes de Igor, Alena e Jota reverberem fortemente nos próximos anos em todo o estado de Pernambuco.

12
julho

Ministério Público apura se Câmara de Vereadores atuou com manobra para favorecer condição eleitoral de Toinho do Pará em 2020

 

 

 

O Ministério Público eleitoral está apurando se os vereadores que compunham a Câmara de Santa Cruz do Capibaribe em 2020, agiram com manobra para favorecer a condição eleitoral do ex-prefeito Toinho do Pará.

 

Toinho estava com as suas prestações de contas, exercício 2010, rejeitadas desde 2015 pela Câmara, o que o tornou inelegível. Ocorre que a resolução 025/2020 anulou a resolução de 2015, favorecendo a elegibilidade do ex-prefeito, o que despertou a suspeita do MPPE.

 

A apuração está sendo feita pelo promotor de justiça Ariano Aguiar, que concedeu prazo de 20 dias para que a Câmara, através do presidente Capilé da Palestina, envie explicações, bem como vereadores de diversos partidos, que também foram notificados.

 

O Blog do Ney Lima verificou que no site da Câmara a resolução 025/2020 não aparece disponível.

 

 

 

Resolução 025/2020 não aparece no site da Câmara

 

 

 

Nos últimos dias, o Blog entrou em contato com o vereador Augusto Maia (PSB) que presidia a Câmara em 2020. Augusto disse que a votação ocorreu mediante uma mudança de entendimento do Tribunal de Contas do Estado, que anteriormente havia recomendado a rejeição das contas do ex-prefeito, mas após recursos passou a recomendar aprovação. Ele acrescentou ter lembranças que a votação ocorreu mediante um requerimento do próprio Toinho do Pará.

 

Questionado se a votação ocorreu com base no envio dos autos do Tribunal de Contas, Augusto Maia disse não lembrar, e afirmou que estará apurando junto com sua assessoria para se posicionar melhor nos próximos dias. Ele não soube explicar por que a resolução 025/2020 não aparece disponível no site da Câmara.

 

O atual presidente da Câmara, Capilé (PSD), disse ao Blog que acusou o recebimento da solicitação de informações do Ministério Público, mas que ainda não analisou o teor, estando dentro do prazo.

 

O ex-vereador Ernesto Maia (PCdoB) também foi ouvido pelo Blog e afirmou ter lembrança que a votação ocorreu com base em mudança de entendimento do Tribunal de Contas do Estado.

O Blog tentou, mas não conseguiu contato com o ex-prefeito Toinho do Pará, nesta segunda-feira (12). Mesmo com a mudança de posicionamento da Câmara, ele optou por não lançar candidatura em 2020.

 

29
junho

Hilário Paulo fala sobre dificuldades enfrentadas após contrair covid, derrota na última eleição e seu futuro político

O ex-prefeito da cidade de Brejo da Madre de Deus, Hilário Paulo, foi o entrevistado desta terça-feira (29) do quadro “Olho no Olho”, durante o Programa Independente. Ele falou sobre as dificuldades enfrentadas quando estava lutando pela vida após contrair a Covid-19.

“Hoje tenho duas datas de aniversário, que é o meu nascimento e o meu renascimento dia 1º de julho, que foi a data que tive alta e que Deus me restaurou da Covid-1. (…) O coronavirus me trouxe uma experiência espiritual na minha vida e trouxe o conhecimento da quantidade de amigos que eu tinha” – falou.

Hilário Paulo ainda deu detalhes em relação ao momento em que foi entubado, e citou a sua reação quando acabou sendo extubado. “Eu vi a morte no dia 20 de junho” – disse o ex-gestor. Ele revelou o que sentiu no momento em que recebeu de sua esposa, a informação da posse do vice Josivaldo.

“Quando ela me disse, naquele dia conseguir andar mais ou menos três metros, e não andava mais do que isso, mas depois ela me disse, Deus me deu uma força que eu passei quase a noite toda andando dentro da enfermaria. Recebi alta e assumir o meu compromisso a frente da Prefeitura” – completou.

Hilário Paulo revelou em que momento percebeu que não seria vitorioso na última eleição municipal, quando foi derrotado pelo atual prefeito Roberto Asfora.

“Nos últimos cinco dias eu já comecei a entender que a gente iria perder as eleições” – frisou.

Durante o programa, ele falou sobre o seu mandato a frente do município de Brejo, além da análise dos primeiros meses do governo Asfora.

Confira abaixo a entrevista completa:

28
junho

Valor destinado pela prefeitura aos artistas do São João através de auxílio, gera debate em Comissão da Câmara de Vereadores

Foram aprovados manhã desta segunda-feira (28) durante reunião remota de Legislação e Justiça da Câmara de vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, os pareceres pela legalidade, referente ao projeto de lei do executivo, que institui o “Auxilio Emergencial São João”, que será destinado um benefício financeiro aos grupos artísticos que atuam no São João do município.

Em um vídeo publicado em sua rede social na semana passada, o prefeito Fábio Aragão (PP) revelou que o auxílio beneficiará cerca de 100 artistas, entre eles: músicos, bacamarteiros, artesãos, quadrilhas e trios pé de serra. Ainda de acordo com o gestor, o investimento será em torno de 80 mil reais, totalizando cerca de R$ 800 para cada artista.

Foto: Elivaldo Araújo (Arquivo).

Durante a discussão do projeto nesta manhã, o vereador Gilson Julião comentou em relação ao valor que cada artista será contemplado e citou que seria algo “irrisório”.

“Queria fazer um apelo ao executivo em relação ao valor de R$ 80 mil que será destinado para cerca de 100 artistas, mas aí vai ficar um valor meio irrisório que será de R$ 800 para cada artista do ramo do São João. Se pudesse como por exemplo aumentar esse valor, depois se pudéssemos ver na comissão e orçamento colocar uma emenda para aumentá-lo (…) Até porque esse valor de R$ 80 mil representa eu acho menos de 1% do total orçado na legislação orçamentária de 2021 com relação aos artistas anual” – disse Gilson.

O vereador Augusto Maia afirmou que deverá colocar uma emenda para tentar aumentar o valor total que será destinado, e justificou o atual valor.

“Posso até ver na comissão de finanças, e entendo que o valor poderia ser bem maior, mas até porque não é apenas esse auxílio (…), mas de qualquer forma eu vou botar a emenda para ver se o município pode aumentar esse valor. Mas esse valor de R$ 800 não é fixo, pois tudo vai depender desse cadastramento que será feito, e de repente dependendo de quantos se cadastrem, pode até ser mais do que esse valor” – completou Augusto.

O projeto de lei deverá ser discutido e votado na próxima sessão ordinária da Câmara de vereadores.

28
junho

“Tenho o plano de construir um novo hospital, mas neste momento não existe esse negócio de dinheiro sendo guardado pra isso”, afirma Fábio Aragão

 

 

O prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Fábio Aragão (PP), negou que esteja acumulando os recursos do município com a pretensão de construir uma nova unidade hospitalar. Os rumores surgiram ao longo dos últimos dias e gerou críticas, especialmente de adversários em programas de emissoras de rádio.

Questionado sobre o tema pelo Blog do Ney Lima, Fábio Aragão disse que tem dedicado os primeiros meses de gestão para garantir que as ofertas e demandas pelos serviços públicos sejam atendidas. O prefeito citou como exemplos, os possíveis avanços em obras de tapa buraco, ações no combate as muriçocas que, segundo ele, diminuiriam em cerca de 70%. Fábio também citou o programa de reposição de lâmpadas na iluminação púbica e ações no combate a Covid-19.

“Recebi o município durante uma pandemia e precisei garantir que os serviços básicos funcionassem”, afirmou o prefeito.

Fábio citou ainda investimentos na compra de remédio para que se tenha “folga” de estoque na saúde.

Os planos para implantação de novo hospital

Questionado pelo Blog se o município teria recursos para operação de mais um hospital, Fábio Aragão disse que a ideia seria subsistir o Hospital Raimundo Francelino Aragão e negou que neste momento exista um projeto de execução, frisando que esse é um desejo da administração. O prefeito disse ainda que espera poder contar também com recursos estaduais e federais para o projeto.

O gestor do município finalizou dizendo que espera que no próximo mês de julho, possíveis deficiências nos serviços básicos estejam zeradas para, então, poder utilizar recursos para “tocar projetos”.

28
junho

Toritama: Ex-prefeito Odon morre vítima de infarto fulminante

 

 

O ex-prefeito da cidade de Toritama, Odon Ferreira, morreu na madrugada desta segunda-feira (28), após sofrer um infarto fulminante.

Odon foi vereador por três mandatos. Foi vice-prefeito de Marcelo Silva, entre 2005 e 2008. Foi eleito prefeito em 2012 ao lado de Lucinha Pereira, governando a cidade entre 2013 a 2016, quando foi candidato a reeleição, sendo derrotado por Edilson Tavares.

Odon Ferreira contava com 73 anos. Ainda não há informações sobre velório e sepultamento. Ele foi o único político da cidade que passou por todos os cargos eletivos em pleitos municipais.

25
junho

Edilson Tavares fala sobre parceria firmada que visa implantar a ‘Escola do Jeans’ em Toritama

Segundo o prefeito, o espaço pretende oferecer cursos profissionalizantes sobre produção e vendas de roupas

.

No final da manhã desta sexta-feira (25) o prefeito de Toritama, Edilson Tavares (MDB), em entrevista concedida a Rádio Líder FM da Capital do Jeans, falou sobre uma parceria firmada entre o município o Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil e de Confecções em Pernambuco (NTC-PE), visando oferecer gratuitamente cursos profissionalizantes para a população.

De acordo com o gestor, a parceria pretende viabilizar a ‘Escola do Jeans’ de Toritama, que terão como objetivos treinar e repassar conhecimentos, através de palestras e cursos, sobre produção, criatividade e técnicas de vendas, relacionadas ao arranjo produtivo do Polo das Confecções do Agreste.

“Vamos implantar a ‘Escola do Jeans’ que será mais do que simplesmente ensinar a costurar. Visitamos a ‘Jeans School’ de Amsterdam (Holanda), onde existem os serviços que possamos aplicar para a cidade de Toritama como a questão de modelagem, corte e costura, projetos de designer e embalagens, produção dos seus próprios canais e comercialização na internet, tem a parte de fotografia, enfim, é um centro específico para manufaturas de peças confeccionadas em jeans e que também iremos implantar aqui na cidade” – completou.

Segundo Edilson Tavares, a previsão é que as primeiras atividades sejam iniciadas no segundo semestre deste ano. Outra parceria firmada entre a prefeitura e o NTC-PE foi a criação da ‘Lavanderia do Futuro’.

Notícias Anteriores


 


error: Copiando nosso texto?