30
abril

“Pinga Fogo” – Vereadores relatam bastidores da aprovação do Projeto de Lei que cria o Auxílio Emergencial Municipal

O programa Independente desta sexta-feira (30), veiculado pelo Santa Cruz Online, abordou a informações que o estado de Pernambuco recebeu mais 212.450 doses de vacinas contra a Covid-19. A nova remessa, será iniciada a imunização do grupo de pessoas com comorbidades, além de grávidas e puérperas.

Outro assunto citado foi em relação ao recebimento de novo lote de vacinas por parte da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, um total de mil doses da Astrazeneca para aplicação da primeira dose contra a Covid-19 em pessoas acima de 60 anos do município.

O gerente geral do Moda Center Santa Cruz, George Pinto, deu detalhes sobre o início da requalificação dos estacionamentos laterais do centro de compras, com o objetivo de solucionar alguns dos problemas já conhecidos pelos comerciantes e clientes, como o abuso cometido por motoristas que estacionam em fila dupla, por exemplo.

O programa veiculou também uma campanha em prol do professor Airton Braz, que há quatro anos começou a sentir dores no corpo e os médicos identificaram a morte das artérias que alimentam o fêmur, causando Osteonecrose Bilateral no fêmur.

O programa também veiculou o quadro “Pinga Fogo”, com as participações dos vereadores Carlinhos da Cohab (PP), Capilé da Palestina (PSD) e Jessyca Cavalcanti (PSDB), que debateram a questão da aprovação do auxílio emergencial municipal.

Confira o programa na íntegra:

20
abril

Nêga critica Governo Fábio Aragão, possíveis saídas de “insatisfeitos” do grupo e defende nome de Alan César para estadual

Durante participação no programa Marcondes Moreno na noite desta segunda-feira (19), através da Vale FM, a vereadora Nêga da ONG (PSD), teceu duras criticas contra vários temas que ocorreram nos últimos dias em relação a política no município de Santa Cruz do Capibaribe.

Ela foi questionada sobre as possiveis saidas de alguns “insatisfeitos” do grupo liderado pelo ex-candidato a prefeito Allan carneiro (PSD), que estaria migrando para o grupo Taboquinha, entre os nomes estariam Cilas Tenório, Helton Ojuara e Cristóvão Bomba, que foram candidatos a vereador na última eleição.

“São amigos do poder. Esse pessoal estava no nosso grupo, Helton Ojuara saiu do grupo um dia após a eleição. Cilas Tenório aquela máquina de votos é de quem der mais, e Cristóvão Bomba foi uma perca imensa, pois a gente não tinha nada para oferecer a ele, e não temos o poder” – disse.

Nêga criticou o prefeito Fábio Aragão em relação ao parcelamento do Santa Cruz Prev, citando incompetência pelo não pagamento.

“Votei contra o parcelamento do Santa Cruz Prev porque fui pela categoria. Fábio deveria ter bom senso e ter pago, apesar que ele não é um bom pagador, né gente? isso é fato! Nesse caso da dívida ele não pagou porque não teve competência” – frisou.

Sobre as eleições do próximo ano, a vereadora defendeu o nome do empresário Alan César para uma possível disputa estadual, e concluiu que não apoiaria Allan carneiro em 2022.

“Quero muito que Alan César saia candidato a estadual. Ele é um ser humano incrível. Fomos uma reunião com André de Paula e eu deixei bem claro que não irei atrás de votos para Allan Carneiro estadual, de jeito nenhum. Acredito que Alan César neste momento é a opção”.

12
abril

Fábio Aragão anuncia Auxílio Municipal Emergencial em Santa Cruz do Capibaribe

Anúncio foi feito durante prestação de contas dos 100 dias de gestão, nesta segunda-feira (12)

 

Durante apresentação dos 100 dias de governo à imprensa de Santa Cruz do Capibaribe, o prefeito Fábio Aragão (PP), anunciou nesta segunda-feira (12), o Auxílio Emergencial Municipal. Segundo o gestor, o projeto irá beneficiar 1.000 famílias que estão na fila de espera do Bolsa Família. Para Fábio Aragão, essa ação é uma forma de amenizar os impactos sociais causados pela pandemia.

“Decidimos criar esse auxílio para amenizar os impactos sociais causados pela pandemia nas família que vivem em vulnerabilidade social. Este público está extremamente necessitado nesse momento que estamos passando” – pontuou.

Segundo a Prefeitura, serão 1.000 famílias que estão na “fila” de espera do Bolsa Família, que vivem na extrema pobreza, pessoas que estão escritas no Cadastro Único, mas não são assistidas pelo Governo Federal. Serão pagas duas parcelas de 100 reais, a partir do mês de maio.

“Durante dois meses, serão injetados 200 mil reais na economia do nosso município. Nesse momento crítico que estamos vivendo, será uma ajuda e tanto para essas pessoas e para a economia de Santa Cruz”, disse.

As pessoas que atendem aos critérios para receber o Auxílio Municipal Emergencial serão procuradas pelas equipes da Assistência Social da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe. Os critérios são: ser residente do município de Santa Cruz, ter filhos de 0 a 3 anos e estarem na fila de espera do Bolsa Família e em situação de extrema pobreza. Fábio Aragão também pontuou que o projeto está sendo encaminhado para apreciação na Câmara de Vereadores.

Ainda durante o encontro, o prefeito assinou a autorização do processo licitatório para compra de automóveis, sendo quatro motos para a secretaria de Defesa Social; quatro motos para a secretaria executiva de Mobilidade Urbana; além de uma moto e quatro carros para a secretaria de Administração e uma ambulância para secretaria de Saúde; além de reformas de prédios públicos e a implantação da Patrulha Ambiental no município.

As escolas contempladas pelas reformas serão:

1- Creche Amaro Severino (Bairro do Oscarzão)
2 Escola Municipal Maria Lucina Gonçalves (Bairro Oscarzão)
3 Escola Municipal Professora Lucinalva Santos Aragão de Souza (Bairro Palestina)
4 Escola Municipal Especial Virgilina Pereira (São Jorge)
5 Escola Municipal Lindolfo Pereira de Lisboa (Bairro Pedra Branca)
6 Creche Escola Júlia Oliveira da Silva (Santo Agostinho)
7 Escola Municipal João Maia Neto (Bairro Nova Morada)
8 Escola Municipal Senador José Ronaldo Aragão (Dona Lica)

06
abril

Demir da Saúde apresenta Projeto de Lei que visa a criação de uma casa de parto, em Santa Cruz do Capibaribe

Na manhã desta terça-feira (06) o vereador Demir da Saúde (PSDB) apresentou o Projeto de Lei (PL) nº 027/2021, que estabelece a criação de uma casa de parto, para o atendimento à mulher no período de pré-parto, parto e puerpério, no município de Santa Cruz do Capibaribe.

A vereadora Jessyca Cavalcanti (PSDB) parabenizou o autor do projeto, e falou sobre a importância de uma casa de parto para as mulheres.

“Sabemos que na gravidez a mulher fica muito sensível, e com essa casa de parto em Santa Cruz, será onde as mães terão um grande suporte para se ter esses primeiros momentos e o contato de ser mãe” – disse.

O autor Demir da Saúde, justificou o motivo da apresentação do Projeto de Lei.

“É muito importante ter essa casa de apoio aqui no município, para se fazer um parto humanizado, e as mães terem um começo da gestação e ser acompanhada em seu parto” – reforçou.

Durante a discussão do PL, o presidente da Câmara e vereador Capilé da Palestina (PSD) cobrou que o projeto seja colocado em prática pela Prefeitura.

“Espero que esse projeto venha ser colocado em prática, porque vemos bons projetos sendo apresentados nesta casa (…), mas que infelizmente não foram colocados em prática pelo poder executivo, e espero que o atual gestor coloque em prática, pois será em benefício da nossa população” – pontuou.

O Projeto de Lei foi discutido em 1ª discussão e votação, e deverá retornar para uma segunda votação na próxima reunião da Câmara, que ocorrerá na tarde da próxima quinta-feira (08).

01
abril

Pinga Fogo: Vereadores debatem flexibilização de decreto, vacinação em Santa Cruz, além da não entrega dos kits alimentação

Aconteceu na noite desta sexta-feira (01), mais uma edição do quadro Pinga Fogo, durante o Programa Independente veiculado pela fanpage do Santa Cruz Online. O quadro contou com as participações dos vereadores Carlinhos da Cohab (PP), Jessyca Cavalcante (PSDB) e Capilé da Palestina (PSD).

O primeiro tema debatido foi em relação a avaliação dos vereadores sobre a grave situação do estado de Pernambuco em torno dos aumentos de novos casos e mortes devido a pandemia da Covid-19. Os edis responderam se o Estado errou ou acertou em flexibilizar o horário do comércio no interior.

Outro tema debatido foi sobre a questão dos últimos dias de vacinação de Santa Cruz do Capibaribe. Ausência das entregas de cestas básicas para famílias carentes do município e kits alimentação para estudantes da rede pública municipal.

Os vereadores comentaram sobre a denúncia feita pelo ex-candidato a prefeito, Allan Carneiro (PSD), que apresentou ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE) a denúncia de supostas irregularidades na folha de pagamento da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe.

Na primeira parte do programa, antes do quadro “Pinga Fogo”, foi noticiado o calendário oficial do pagamento do auxílio emergencial 2021; anúncio do retorno das aulas presenciais de forma gradual em todo o estado de Pernambuco; e a informação da Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz) que vai entregar ao Ministério da Saúde, mais 1,3 milhão de doses de vacinas contra covid-19.

Confira o Programa Independente na íntegra clicando no player abaixo:

Notícias Anteriores


 

error: Copiando nosso texto?