27
julho

MPPE instaura inquérito para investigar Edson Vieira por contrato de compra de máscaras a empresa de parente

A denúncia foi apresentada por Ernesto Maia, em 2020

 

 

O Ministério Público de Pernambuco anunciou, nesta semana, a instauração de inquérito para apurar a compra de 7 mil máscaras personalizadas feitas pela prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe para uso dos servidores, durante a gestão de Edson Vieira (PSDB). A denúncia foi apresentada pelo, na época, vereador Ernesto Maia (PCdoB).

O questionamento apontado por Ernesto Maia foi que a compra das máscaras foi feita sem licitação diretamente a empresa Ind. e Com. de Confecções Xavier LTDA, de propriedade de Arnaldo Xavier, que é cunhado de Edson Vieira.

O que disse Arnaldo Xavier

Na época dos fatos o empresário Arnaldo Xavier publicou, em redes sociais, notas de vendas de máscaras do mesmo tipo, sendo feitas a várias empresas da região, com preço maior do que as que foram fornecidas a Prefeitura de Santa Cruz.

O que diz a defesa de Edson Vieira

Em nota, a defesa de Edson Vieira disse que “a modalidade de dispensa de licitação usada pelo município teve amparo na lei de licitações e contratos e especialmente na Lei Federal nº 13.979/2020, que dispõe sobre as medidas de emergência da saúde pública”.

A defesa explicou também que a escolha da empresa Rota do Mar para a compra das máscaras ocorreu por critérios técnicos e preços compatíveis com o mercado, frisando que os fatos foram comprovados nos autos do inquérito aberto pelo MPPE.

Quanto ao parentesco de Edson Vieira com o empresário Arnaldo Xavier, objeto principal da denúncia, a defesa afirma que “conseguiu mostrar que a legislação em vigor não prevê esse tipo de proibição, tendo inclusive juntado decisões dos nossos tribunais superiores corroborando esse entendimento”, sustenta.

19
julho

Serviço de cardiologia funciona 24h a partir desta segunda-feira (19) no Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru

Ampliação possibilitará a realização de 300 procedimentos de cateterismo por mês

Com a diminuição dos casos da Covid-19 no interior de Pernambuco, a partir desta segunda-feira (19), o Hospital Mestre Vitalino (HMV) irá ampliar o serviço de Cardiologia quadruplicando seu potencial atual. A ampliação possibilitará a realização de mais de 300 cateterismo por mês, no serviço de hemodinâmica. Desta forma, a unidade será a primeira do interior do Estado a realizar este procedimento, que é minimamente invasivo, 24h por dia, ofertando a angioplastia primária, além do implante de stent nos pacientes com quadro de infarto agudo do miocárdio.

O serviço pioneiro no Agreste está em funcionamento desde 13 de dezembro de 2016, de segunda a sexta, das 08h às 14h, e passará a funcionar 24h por dia, de domingo a domingo. A ampliação do horário de funcionamento era um projeto que já estava na previsão do HMV, mas que ficou impossibilitado de ser executado por conta da pandemia e dos altos números de ocupação que o Hospital enfrentou por mais de um ano. Agora com a redução das taxas será possível ampliar os procedimentos ofertados na unidade.

A hemodinâmica do HMV conta com equipamentos modernos e realiza os atendimentos cardiológicos de cateterismo, angioplastia coronariana e implante de marcapasso temporário. Já na especialidade endovascular realiza o implante de cateter de longa permanência para hemodiálise, arteriografia de membros inferiores e aortografia.

“A abertura do serviço de cardiologia do HMV propiciou o salvamento mais de 6 mil vidas desde o início do funcionamento. Com a ampliação da hemodinâmica para 24h, o HMV se torna o único hospital, seja público, seja privado, a ter uma emergência com hemodinâmica presencial, aberta 24h por dia. Até então a região não dispunha de um atendimento deste nível e deste porte. Com a abertura do serviço podemos ao invés de 6 mil vidas em 5 anos, salvar mais de 6 mil vidas em um ano.”, destacou Dr. Carlos Duarte, coordenador do serviço de cardiologia.

A ampliação possibilita ainda uma das intenções da Organização Social Hospital do Tricentenário, que é em breve trazer o serviço de transplante cardíaco para o Hospital Mestre Vitalino. Os atendimentos do Serviço de Hemodinâmica auxiliam na redução da fila de espera pelos procedimentos cardiológicos e têm evitado os encaminhamentos do interior para a capital, diminuindo o risco de morte e aumentando a qualidade de vida dos pacientes

RETORNO DAS CIRURGIAS CARDÍACAS E NOVO SERVIÇO 

Além da ampliação do serviço de hemodinâmica, em agosto, o Hospital Mestre Vitalino (HMV) irá retomar a realização de cirurgias cardíacas, além de iniciar o novo serviço de implantação de marcapasso permanente e o ambulatório de arritmia. A unidade passará a contar com uma equipe de arritmologistas que farão o acompanhamento dos pacientes. Este será mais um serviço inédito no interior de Pernambuco.

A chegada do serviço em Caruaru ajuda a desafogar a demanda da capital e representa um avanço expressivo no acompanhamento dos pacientes cardiológicos do interior, que não precisarão mais se deslocar para Recife e que poderão ter um diagnóstico e um tratamento mais rápido e acessível.

05
julho

Santa Cruz do Capibaribe receberá 810 doses da Janssen

Municípios da região como Toritama, Taquaritinga do Norte, Vertentes, Jataúba e Brejo da Madre de Deus também receberão doses do imunizante contra a Covid-19

 

Pernambuco recebeu no último sábado (3), novos lotes de vacinas contra a Covid-19. Do imunizante Janssen, que são doses únicas, fora recebidas 106.200 unidades, além de 124 mil doses da AstraZeneca/Oxford/Fiocruz.

As doses da AstraZeneca serão destinadas à aplicação das primeiras doses em trabalhadores da indústria, podendo haver expansão para outros grupos ou por faixa etária, de acordo com o andamento e realidade da campanha em cada cidade. Já os quantitativos para segundas doses, também da AstraZeneca, serão destinados às pessoas com comorbidades e deficiência.

Das vacinas da Janssen – que serão utilizadas para aplicação por faixa etária – 56.350 serão destinadas aos municípios do Recife, Caruaru, Garanhuns, Arcoverde, Serra Talhada e Afogados da Ingazeira; Ao todo, juntando à primeira remessa recebida desse fabricante em 25 de junho, ao todo são 118.600 doses da vacina da Janssen para essas cidades.

Veja quanto cada município de região receberá da Janssen, da Pfizer e da AstraZeneca:

Santa Cruz do Capibaribe 
Janssen: 810 doses – Pfizer: 1.038 doses – AstraZeneca 1.440 doses

Toritama
Janssen: 340 doses – Pfizer: 402 doses – AstraZeneca: 595 doses

Vertentes
Janssen: 160 doses – Pfizer: 288 doses – AstraZeneca: 130 doses

Taquaritinga do Norte
Janssen: 125 doses – Pfizer: 252 doses – AstraZeneca: 330 doses

Brejo da Madre de Deus
Janssen: 165 doses – Pfizer: 300 doses – AstraZeneca: 360 doses

Jataúba
Janssen: 75 doses – Pfizer: 126 doses – AstraZeneca: 115 doses

Desde o início da campanha de vacinação em Pernambuco, o Estado já recebeu 5.751.130 doses de imunizantes. Foram 2.867.420 da AstraZeneca/Oxford/Fiocruz, 2.141.960 unidades da Coronavac/Butantan, 573.300 doses da Pfizer/BioNTech e 168.450 da Janssen.

29
junho

Vacinação contra covid-19 em Santa Cruz é ampliada para pessoas a partir de 44 anos

Cidadãos podem fazer o agendamento através do site oficial.

Nesta terça-feira (29), a Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe ampliou a vacinação contra a covid-19 para pessoas a partir de 44 anos. O agendamento já pode ser realizado no site www.vacinasantacruz.com.br. No local de vacinação, os cidadãos devem apresentar Documento de Identidade, CPF, Cartão do SUS e Comprovante de Residência.

Além disso, os grupos liberados anteriormente, como os trabalhadores prioritários acima de 18 anos, pessoas com comorbidades, grávidas e puérperas, continuam com agendamentos disponíveis.

No caso dos profissionais prioritários, é necessário trabalhar no município e no dia da vacinação, apresentar comprovante de vínculo ativo (contracheque) ou declaração emitida pela instituição de serviço que atua. Toyoteiros precisam apresentar declaração de vínculo com alguma das associações atuantes em Santa Cruz, enquanto caminhoneiros devem levar carteira de trabalho ou nota fiscal da última carga transportada.

Por fim, cidadãos com comorbidades, exceto pessoas com síndrome de down, precisam apresentar cópia do Laudo Médico, enquanto grávidas podem levar o cartão de gestante ou o DNV e Puérperas o resumo da alta.

A vacinação contra Covid-19 segue acontecendo na Quadra CECAP (Casa da Criança), das 08h às 15h. O agendamento pode ser feito pelo site www.vacinasantacruz.com.br

28
junho

“Tenho o plano de construir um novo hospital, mas neste momento não existe esse negócio de dinheiro sendo guardado pra isso”, afirma Fábio Aragão

 

 

O prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Fábio Aragão (PP), negou que esteja acumulando os recursos do município com a pretensão de construir uma nova unidade hospitalar. Os rumores surgiram ao longo dos últimos dias e gerou críticas, especialmente de adversários em programas de emissoras de rádio.

Questionado sobre o tema pelo Blog do Ney Lima, Fábio Aragão disse que tem dedicado os primeiros meses de gestão para garantir que as ofertas e demandas pelos serviços públicos sejam atendidas. O prefeito citou como exemplos, os possíveis avanços em obras de tapa buraco, ações no combate as muriçocas que, segundo ele, diminuiriam em cerca de 70%. Fábio também citou o programa de reposição de lâmpadas na iluminação púbica e ações no combate a Covid-19.

“Recebi o município durante uma pandemia e precisei garantir que os serviços básicos funcionassem”, afirmou o prefeito.

Fábio citou ainda investimentos na compra de remédio para que se tenha “folga” de estoque na saúde.

Os planos para implantação de novo hospital

Questionado pelo Blog se o município teria recursos para operação de mais um hospital, Fábio Aragão disse que a ideia seria subsistir o Hospital Raimundo Francelino Aragão e negou que neste momento exista um projeto de execução, frisando que esse é um desejo da administração. O prefeito disse ainda que espera poder contar também com recursos estaduais e federais para o projeto.

O gestor do município finalizou dizendo que espera que no próximo mês de julho, possíveis deficiências nos serviços básicos estejam zeradas para, então, poder utilizar recursos para “tocar projetos”.

27
junho

Santa Cruz do Capibaribe anuncia ampliação de vacinação contra a covid-19

A Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe abriu mais uma etapa da vacinação contra a covid-19, com a liberação de agendamento para os profissionais prioritários acima dos 18 anos, como da educação, da limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos, caminhoneiros, transporte coletivo, da segurança pública, dos trabalhadores do CRAS, CREAS e Conselho Tutelar, pessoas com deficiência física permanente e com comorbidades, além de pessoas com deficiência física e intelectual permanente e transtorno do espectro autista poderão receber a primeira dose da vacina.

Ainda segue em aberto o agendamento para a vacinação de pessoas com ou sem comorbidades acima de 48 anos. O agendamento é realizado no site www.vacinasantacruz.com.br. A vacinação acontece na Quadra CECAP (Casa da Criança), das 8h às 15h.

No local de vacinação, é necessário apresentar documento de identificação com foto, CPF ou Cartão do SUS e comprovante de residência. Laudo médico e cópia com CID da comorbidade e carimbo do estabelecimento de saúde constando o número de registro do CNES, declaração de vínculo empregatício e cópia, para profissionais prioritários.

Para os trabalhadores da educação é necessário apresentar comprovante de vínculo ativo com a escola (contracheque) ou declaração emitida pela instituição de ensino com cópia. Os profissionais da força de segurança pública devem apresentar comprovante de vínculo ativo com o serviço de forças de segurança (contracheque) ou declaração emitida pelo serviço que atua.

Os caminhoneiros devem apresentar Carteira de Trabalho ou nota fiscal nominal de carga recente. Toyoteiros devem apresentar comprovante de vínculo de alguma associação atuante no município e comprovante de residência. Os profissionais do Cras, Creas e conselho tutelar devem apresentar declaração de vínculo.

02
junho

Governo de Pernambuco prorroga medidas de restrições no Agreste até 13 de junho

Em coletiva de imprensa realizada na tarde desta quarta-feira (02), o Governo do Estado através do secretário estadual de saúde, André Longo, prorrogou até o próximo dia 13 de junho as restrições no Agreste que encerraria no próximo domingo (06).

Com a prorrogação, as 53 cidades que fazem parte das regiões de Caruaru e Garanhuns (ver lista abaixo) e mais 12 cidades da região de Limoeiro, seguem apenas com as atividades atuais que estão autorizadas a funcionar.

Haverá medidas mais rígidas para as regiões de Arcoverde, Serra Talhada e Afogados da Ingazeira, no Sertão, a partir do final de semana. No pronunciamento desta quarta-feira (02), o governo não detalhou como serão as restrições nesses locais sertanejos.

Confira a lista dos municípios:

Região de Limoeiro (12 municípios) – Bom Jardim, Casinhas, Cumaru, Feira Nova, João Alfredo, Limoeiro, Machados, Orobó, Passira, Salgadinho, Surubim e Vertente do Lério.

Região de Caruaru – 32 municípios: Agrestina, Alagoinha, Altinho, Barra de Guabiraba, Belo Jardim , Bezerros, Bonito, Brejo da Madre de Deus, Cachoeirinha, Camocim de São Felix, Caruaru, Cupira, Frei Miguelinho, Gravatá, Ibirajuba, Jataúba, Jurema, Panelas, Pesqueira, Poção, Riacho das Almas, Sairé, Sanharó, Santa Cruz do Capibaribe, Santa Maria do Cambucá, São Bento do Uma, São Caetano, São Joaquim do Monte, Tacaimbó, Taquaritinga do Norte, Toritama, Vertentes.

Região de Garanhuns – 21 municípios: Águas Belas, Angelim, Bom Conselho, Brejão, Caetés, Calçados, Canhotinho, Capoeiras, Correntes, Garanhuns, Iati, Itaíba, Jucati, Jupi, Lagoa do Ouro, Lajedo, Palmerina, Paranatama, Saloá, São João, Terezinha.

31
maio

Pernambuco autoriza vacinação contra a covid-19 de pessoas a partir dos 50 anos

Segundo o Governo, cada município fará o seu cronograma

>

O Governo de Pernambuco autorizou nesta segunda-feira (31), a ampliação da vacinação contra a covid-19 de todas as pessoas com 50 anos ou mais no estado, independente de comorbidade ou categoria profissional.

A decisão foi tomada em reunião extraordinária da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) e pactuada com os secretários municipais de Saúde. Com a nova deliberação, as cidades estão autorizadas a avançar de forma progressiva, de acordo com a realidade de cada município, a imunização do público de 50 a 59 anos.

“Precisamos dar velocidade ao processo vacinal no Estado por meio do critério de faixa etária. Por isso, decidimos ampliar a imunização das pessoas a partir dos 50 anos. Cada município deve definir a estratégia de operacionalização de acordo com disponibilidade de vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde” – afirmou o governador Paulo Câmara.

A decisão também levou em conta as análises epidemiológicas, que apontam que a faixa etária entre 50 e 59 anos registra, atualmente, o maior número de pessoas internadas em leitos de UTI (unidades de terapia intensiva).

Os gestores municipais também foram orientados sobre a importância de organizar a logística para avanço da imunização em seus territórios. Para a nova faixa etária, a recomendação da Secretaria Estadual de Saúde é que sejam utilizadas apenas as vacinas recebidas para a 1ª dose. As segundas doses devem continuar sendo administradas para o término do esquema vacinal.

28
maio

Após alerta de municípios, Governo alega que não há falta de oxigênio na rede estadual de saúde, mas reconhece problemas no Agreste

O secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, disse, nesta sexta-feira (28), que não há risco de desabastecimento de oxigênio hospitalar, nem comprometimento na produção do insumo, em unidades de saúde da rede estadual de saúde, mas reconheceu problema em municípios.

André Longo disse que o relato de falta de oxigênio em cidades do Agreste, como Lajedo e João Alfredo, foi motivado por problemas na logística dos fornecedores de gases dos municípios.

“Eu gostaria de deixar bem claro que não há falta de oxigênio nas 66 unidades de saúde do Governo de Pernambuco, tampouco nas unidades de referência para atendimento dos casos de Covid na rede estadual. O abastecimento desses e de outros insumos para os hospitais estaduais está assegurado pela empresa fornecedora de gases hospitalares para o nosso sistema de saúde. Temos registrados, sim, casos de municípios que, em suas unidades próprias, estão tendo dificuldade em repor seus estoques. Muitos desses municípios possuem contratos com empresas de pequeno porte que não estão conseguindo atender o aumento da demanda”, afirmou.

Nota conjunta de prefeitos sobre dificuldade na aquisição de insumos, medicamentos e oxigênio

.

Através de uma nota conjunta na tarde desta sexta-feira (28), os prefeitos das cidades de Santa Cruz do Capibaribe, Brejo da Madre de Deus, Toritama, Taquaritinga do Norte e a prefeita de Jataúba, citaram as dificuldades na aquisição de insumos, medicamentos e oxigênio para o tratamento da Covid-19 na região.

De acordo com a nota, a escassez do oxigênio estaria preocupando os gestores, que estão com dificuldades em adquirir esse item. A nota diz ainda que, os municípios, junto com as secretarias de Saúde, estão fazendo todos os esforços para evitar um colapso no setor.

 

20
maio

Campanha de vacinação contra a febre aftosa segue até 31 de maio e Adagro disponibiliza declaração da vacina on-line

A campanha de vacinação contra a febre aftosa segue em Pernambuco até o próximo dia 31 de maio com a meta de imunizar mais de 2 milhões de animais, entre bovinos e bubalinos. Além de vacinar o rebanho, o produtor tem a obrigação de declarar a vacina nos escritórios da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro/PE) ou pela internet, acessando o Sistema de Integração Agropecuária (Siapec 3), disponível no portal da ADAGRO ou via aplicativo nas versões IOS e android.

Para facilitar o acesso e esclarecer possíveis dúvidas relacionadas ao cadastramento do produtor e ao preenchimento do formulário de declaração, a Adagro disponibiliza um tutorial com o passo a passo detalhado. Para acessar esse tutorial, basta entrar no site da ADAGRO e clicar no banner com os dizeres “Febre aftosa: Como declarar a vacinação”, ou através do link clicando  AQUI. A Adagro disponibiliza ainda sua ouvidoria no 0800  081 1020 para dúvidas ou sugestões.

Pernambuco mantém o status de área livre de febre aftosa com vacina e historicamente imuniza mais de 90% do rebanho, superando o percentual mínimo estabelecido pelo Ministério da Agricultura, Abastecimento e Pecuária (MAPA).

19
maio

Santa Cruz inicia vacinação contra covid-19 para pessoas com comorbidades acima dos 40 anos

Nesta quarta-feira (19), a Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe dá início a mais uma etapa da vacinação contra a covid-19 em pessoas com comorbidades, com o agendamento já disponível no site oficial. Nessa fase, vacinam-se pessoas acima de 40 anos e que possuam algumas das comorbidades listadas no plano de imunização.

No momento da vacinação, os interessados devem apresentar Documento de Identidade, CPF ou Cartão do SUS, Comprovante de Residência, e original e cópia de laudo médico com CID da comorbidade e carimbo do estabelecimento de saúde constando o número de registro do CNES, este último só não é necessário para pessoas com síndrome de down.

Nessa nova etapa serão vacinados pessoas com as seguintes comorbidades:

– Hipertensão Arterial Resistente: quando a Pressão permanece acima da recomendada com uso de 3 ou mais medicamentos diferentes em duas dosagens máximas;

– Hipertensos com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade;

– Pessoas com deficiência permanente cadastrados no Benefício de Prestação Continuada (BPC);

– Diabetes mellitus;

 Anemia falciforme / talassemia maior;

– Cirrose hepática;

– Doença renal crônica: Estágio 3 ou mais (taxa de infiltração glomerular <60 ml/min/1,73) e/ou síndrome nefrótica;

– Pneumopatias Crônicas Graves: Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica, Fibrose Cística, Fibroses Pulmonares, Pneumoconioses, Displasia broncopulmonar, Asma grave (uso recorrente de corticoides sistêmicos, internação prévia com crise asmática);

– Doenças Cerebrovascular: Acidente Vascular Cerebral (AVC) Isquêmica ou Hemorrágica, Ataque Isquêmico Transitório, Demência Vascular;

– Doenças Cardiovasculares: Insuficiência Cardíaca (IC), Cor-Pulmonale e Hipertensão Pulmonar, Cardiopatia Hipertensiva, Síndromes Coronarianas, Valvopatias, Miocardiopatia e Pericardiopatias, Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas Arteriovenosas, Arritmias Cardíacas, Cardiopatias Congênitas no Adulto, Próteses Valvulares e Dispositivos Cardíacos Implantados;

– Imunossuprimidos: Doenças Reumáticas Imunomediadas sistêmicas em atividade e em uso de imunossuprimidos, Pacientes oncológicos que realizaram tratamento quimioterápico ou radioterápico nos últimos 6 meses, Neoplasias hematológicas.

O agendamento pode ser realizado no site clicando AQUI

Notícias Anteriores


 

error: Copiando nosso texto?