12
abril

Fábio Aragão anuncia Auxílio Municipal Emergencial em Santa Cruz do Capibaribe

Anúncio foi feito durante prestação de contas dos 100 dias de gestão, nesta segunda-feira (12)

 

Durante apresentação dos 100 dias de governo à imprensa de Santa Cruz do Capibaribe, o prefeito Fábio Aragão (PP), anunciou nesta segunda-feira (12), o Auxílio Emergencial Municipal. Segundo o gestor, o projeto irá beneficiar 1.000 famílias que estão na fila de espera do Bolsa Família. Para Fábio Aragão, essa ação é uma forma de amenizar os impactos sociais causados pela pandemia.

“Decidimos criar esse auxílio para amenizar os impactos sociais causados pela pandemia nas família que vivem em vulnerabilidade social. Este público está extremamente necessitado nesse momento que estamos passando” – pontuou.

Segundo a Prefeitura, serão 1.000 famílias que estão na “fila” de espera do Bolsa Família, que vivem na extrema pobreza, pessoas que estão escritas no Cadastro Único, mas não são assistidas pelo Governo Federal. Serão pagas duas parcelas de 100 reais, a partir do mês de maio.

“Durante dois meses, serão injetados 200 mil reais na economia do nosso município. Nesse momento crítico que estamos vivendo, será uma ajuda e tanto para essas pessoas e para a economia de Santa Cruz”, disse.

As pessoas que atendem aos critérios para receber o Auxílio Municipal Emergencial serão procuradas pelas equipes da Assistência Social da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe. Os critérios são: ser residente do município de Santa Cruz, ter filhos de 0 a 3 anos e estarem na fila de espera do Bolsa Família e em situação de extrema pobreza. Fábio Aragão também pontuou que o projeto está sendo encaminhado para apreciação na Câmara de Vereadores.

Ainda durante o encontro, o prefeito assinou a autorização do processo licitatório para compra de automóveis, sendo quatro motos para a secretaria de Defesa Social; quatro motos para a secretaria executiva de Mobilidade Urbana; além de uma moto e quatro carros para a secretaria de Administração e uma ambulância para secretaria de Saúde; além de reformas de prédios públicos e a implantação da Patrulha Ambiental no município.

As escolas contempladas pelas reformas serão:

1- Creche Amaro Severino (Bairro do Oscarzão)
2 Escola Municipal Maria Lucina Gonçalves (Bairro Oscarzão)
3 Escola Municipal Professora Lucinalva Santos Aragão de Souza (Bairro Palestina)
4 Escola Municipal Especial Virgilina Pereira (São Jorge)
5 Escola Municipal Lindolfo Pereira de Lisboa (Bairro Pedra Branca)
6 Creche Escola Júlia Oliveira da Silva (Santo Agostinho)
7 Escola Municipal João Maia Neto (Bairro Nova Morada)
8 Escola Municipal Senador José Ronaldo Aragão (Dona Lica)

06
abril

Demir da Saúde apresenta Projeto de Lei que visa a criação de uma casa de parto, em Santa Cruz do Capibaribe

Na manhã desta terça-feira (06) o vereador Demir da Saúde (PSDB) apresentou o Projeto de Lei (PL) nº 027/2021, que estabelece a criação de uma casa de parto, para o atendimento à mulher no período de pré-parto, parto e puerpério, no município de Santa Cruz do Capibaribe.

A vereadora Jessyca Cavalcanti (PSDB) parabenizou o autor do projeto, e falou sobre a importância de uma casa de parto para as mulheres.

“Sabemos que na gravidez a mulher fica muito sensível, e com essa casa de parto em Santa Cruz, será onde as mães terão um grande suporte para se ter esses primeiros momentos e o contato de ser mãe” – disse.

O autor Demir da Saúde, justificou o motivo da apresentação do Projeto de Lei.

“É muito importante ter essa casa de apoio aqui no município, para se fazer um parto humanizado, e as mães terem um começo da gestação e ser acompanhada em seu parto” – reforçou.

Durante a discussão do PL, o presidente da Câmara e vereador Capilé da Palestina (PSD) cobrou que o projeto seja colocado em prática pela Prefeitura.

“Espero que esse projeto venha ser colocado em prática, porque vemos bons projetos sendo apresentados nesta casa (…), mas que infelizmente não foram colocados em prática pelo poder executivo, e espero que o atual gestor coloque em prática, pois será em benefício da nossa população” – pontuou.

O Projeto de Lei foi discutido em 1ª discussão e votação, e deverá retornar para uma segunda votação na próxima reunião da Câmara, que ocorrerá na tarde da próxima quinta-feira (08).

22
março

“Vai ser caça a prefeito, a vereadores (…). Nós vamos pegar todos vocês de cipó”, disse comerciante paulista em vídeo que causou repúdio da sociedade santa-cruzense

 

A SOCIEDADE SE UNIU PARA REPUDIAR AMEAÇAS

 

 

 

Representante da sociedade civil organizada e o do poder público se uniram em Santa Cruz do Capibaribe para repudiar as ameaças de um comerciante paulista expostas em um vídeo que circulou no último final de semana nas redes sociais.

No vídeo um comerciante do ramo de turismo, acompanhado de Jackson Vilar da Silva, que é comerciante do ramo de móveis, conclamam a população de Santa Cruz, Toritama e Caruaru a se rebelarem violentamente contra o prefeito Fábio Aragão (PP), vereadores e contra o governador Paulo Câmara (PSB), em manifesto contra o fechamento temporário do comércio previsto no decreto de restrições de enfrentamento a covid-19.

 

 

 

“Vai ser caça a prefeito, a vereadores (…). Nós vamos pegar todos vocês de cipó”, disse Jackson durante o vídeo onde promete vir a Santa Cruz do Capibaribe.

Instituições e políticos das três tendências políticas da cidade usaram suas redes sociais para repudiar com veemência as ameaças expostas pelos comerciantes de São Paulo.

 

 

 

Jackson, que é natural de Catolé do Rocha, na Paraíba, tem se tornado conhecido em São Paulo por promover manifestos na frente da residência do governador João Dória (PSDB). O Comerciante já responde a processos por calúnia, injúria e difamação. Ele registrou candidatura a deputado federal pelo PROS, em 2018, mas não obteve votos.

 

 

 

02
março

Cirurgia em Dimas Dantas durou mais de oito horas e foi bem sucedida, confirmam familiares

 

O ex-vice-prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Dimas Dantas (PP), está se recuperando de uma cirurgia para retirada de um tumor na cabeça. O procedimento teve início por volta das sete horas da manhã desta terça-feira (02), em hospital da Capital Paulista. A cirurgia durou mais de oito horas.

De acordo com familiares, os médicos relataram que tudo transcorreu bem. Dimas deverá permanecer na UTI por pelo menos 24 horas, procedimento previsto para o pós-operatório em cirurgias dessa complexidade.

Dimas Dantas tem 60 anos e descobriu recentemente que estava acometido de um câncer na cabeça. Ele tem históricos da doença na família.

26
fevereiro

Estão proibidas a realização das cirurgias eletivas em Pernambuco, a partir de segunda-feira (01)

Secretário Estadual de Saúde, André Longo / Foto: Heudes Regis

 

Devido ao agravamento do número de casos de Covid-19, o governo de Pernambuco anunciou ontem (25), a suspensão de cirurgias eletivas em 63 municípios do interior do estado, que fazem parte das novas medidas restritivas.

O cancelamento das cirurgias eletivas em unidades públicas e privadas nas Regências Regionais de Saúde (Geres) Limoeiro e Caruaru, no Agreste, e Ouricuri, no Sertão se deu pela necessidade de desafogar os hospitais nas três regiões, em decorrência dos altos números de casos de coronavírus. A decisão passar a valer a partir desta segunda-feira (1°) e vai até o dia 12 de março.

De acordo com o Secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, as três regiões tiverem uma maior saturação no número de solicitações de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Na região de Limoeiro, as 20 vagas de UTI ficaram lotadas em determinados momentos. Em Caruaru, tem 108 leitos de UTI, com 98% de ocupações, mesma porcentagem de Ouricuri, no Sertão.

Ainda segundo André Longo, a estado vai abrir um edital para contratar novos leitos de UTI’s, junto com a rede privada de saúde, além dos mais de 200 novos leitos que foram contratados nesta quinta-feira (25). Em sequência, o secretário informou o lançamento da plataforma Meu Exame, com site https://meuexame.saude.pe.gov.br/, para que a população tenha acesso aos resultados, sem ter a necessidade de ir ao um dos cinco centros de testagens, sob domínio do estado.

 

 

23
fevereiro

Governo de Pernambuco proíbe atividades econômicas entre 20h e 5h em 63 cidades

Santa Cruz, Brejo, Taquaritinga, Jataúba e Toritama, estão entre os municípios

;

Foto: Pedro Menezes.

Na tarde desta terça-feira (23), o Governo de Pernambuco determinou que, a partir da próxima sexta-feira (26), até o dia 10 de março, todas as atividades econômicas e sociais estarão proibidas, entre 20h e 5h.

Nos próximos dois finais de semana, as atividades estarão proibidas com um tempo maior, entre 17h e 5h, quando apenas serviços essenciais poderão continuar funcionando. A medida vale para os 63 municípios das II, IV e IX Gerências Regionais de Saúde, com sedes em Limoeiro, Caruaru e Ouricuri, respectivamente.

Segundo o Governo, o objetivo é conter o avanço da Covid-19 no Estado. A cidade de Caruaru, uma das sedes de Geres que foram colocadas dentro das restrições, registrou, em um dos principais hospitais da cidade em atendimento para a Covid-19, 100% de ocupação em leitos de UTI nesta semana.

O Governo também prorrogou a proibição de eventos em todo o estado por mais 15 dias, e suspendeu o retorno das aulas presenciais nas escolas publicas municipais até 12 de março.

Confira a lista dos municípios que estão dentro das restrições:

II Geres – Limoeiro, no Agreste

Municípios (20): Bom Jardim, Buenos Aires, Carpina, Casinhas, Cumaru, Feira Nova, João Alfredo, Lagoa de Itaenga, Lagoa do Carro, Limoeiro, Machados, Nazaré da Mata, Orobó, Passira, Paudalho, Salgadinho, Surubim, Tracunhaém, Vertente do Lério, Vicência.

IV Geres – Caruaru, no Agreste

Municípios (32): Agrestina, Alagoinha, Altinho, Barra de Guabiraba, Belo Jardim, Bezerros, Bonito, Brejo da Madre de Deus, Cachoeirinha, Camocim de São Felix, Caruaru, Cupira, Frei Miguelinho, Gravatá, Ibirajuba, Jataúba, Jurema, Panelas, Pesqueira, Poção, Riacho das Almas, Sairé, Sanharó, Santa Cruz do Capibaribe, Santa Maria do Cambucá, São Bento do Uma, São Caetano, São Joaquim do Monte, Tacaimbó, Taquaritinga do Norte, Toritama, Vertentes.

IX Geres – Ouricuri, no Sertão

Municípios (11): Araripina, Bodocó, Exu, Granito, Ipubi, Moreilândia, Ouricuri, Parnamirim, Santa Cruz, Santa Filomena, Trindade.

 

22
fevereiro

Vacinação contra a Covid-19 completa um mês em Santa Cruz do Capibaribe com mais de 1.321 doses aplicadas

 

Imagem retirada da internet

 

Sexta-feira (19), completou um mês do início da vacinação contra a Covid-19 em Santa Cruz do Capibaribe. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, até esta segunda-feira (22), 1.321 doses foram aplicadas.
Dentre os vacinados estão profissionais de saúde, do setor público e privado, maiores de 60 anos, além de idosos institucionalizados, idosos acima de 85 anos e profissionais do Lar do Idoso Santa Cruz.

A Prefeitura reforçou que a desde a última sexta-feira (19), as funerárias do município podem enviar a listagem dos profissionais, que realizam o serviço de manuseio de cadáver confirmado ou suspeito da Sindrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), para a secretaria de Saúde realizar o cadastro e posteriormente a convocação para a vacinação.
Os documentos necessários para o cadastro são a carteira de identidade, CPF e comprovante de vínculo profissional com a funerária responsável pelo envio das informações. Dúvidas podem ser tiradas através do (81) 9.8932-2182.

De acordo com os último dados, divulgado no dia 17 de fevereiro, o município contabiliza 10.957 casos notificados, 4.152 confirmados da doença, 84 óbitos, além de 6.808 casos descartados. Ainda de acordo com a Secretaria de Saúde, 3.820 pessoas estão recuperadas da Covid-19. Os novos dados devem ser divulgados no decorrer da semana.

02
fevereiro

MPPE recomenda busca ativa de idosos acamados ou com dificuldade de locomoção para garantir direito à vacinação, em Santa Cruz

A recomendação foi direcionada à Secretaria Municipal de Saúde

;

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por meio da 1ª Promotoria de Justiça Cível de Santa Cruz do Capibaribe, recomendou à secretária de Saúde do município que mantenha os planos estaduais e municipais de vacinação contra à Covid-19, realize a busca ativa (através dos distritos sanitários) para localizar idosos acamados ou com dificuldade de locomoção e promova a inclusão digital de pessoas idosas sem acesso a aparelhos tecnológicos como computadores ou smartphones, evitando assim a exclusão da imunização de tais indivíduos.

Para que essa inclusão de fato ocorra, o município deverá divulgar amplamente nas mídias disponíveis, a existência de centros de atendimento, 0800, telefones fixos, ou outros mecanismos, no qual os idosos possam receber auxílio para efetivar o agendamento da vacinação contra o novo coronavírus.

Além disso, o MPPE recomendou à secretária de Saúde de Santa Cruz do Capibaribe que observe a devida preferência no cronograma de vacinação (conforme estabelecido nos planos estaduais e municipais) dos idosos que residem nas Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs), bem como dos funcionários e demais profissionais de saúde que trabalham em tais locais.

A recomendação foi firmada pelo promotor de Justiça Lúcio Carlos Malta Cabral e publicada no Diário Oficial Eletrônico do MPPE desta terça-feira (02).

Notícias Anteriores


 

error: Copiando nosso texto?