Mesmo com prédio quase pronto, Escola Técnica Estadual enfrenta dificuldades para formar turma

 

Na contramão da rede municipal que passa por superlotação das salas de aula e falta de vagas nas escolas, a Escola Técnica Estadual Professor José Nivaldo Pereira vem enfrentando dificuldades para atingir o número de alunos nas vagas ofertadas no curso de Administração.

 

O prédio que está praticamente pronto abriu cerca de 90 vagas para o curso técnico em administração, porém conseguiu preencher apenas a metade das vagas.

 

A falta de interesse da população de Santa Cruz do Capibaribe no curso estadual pode prejudicar a abertura de novas turmas.

 

Recentemente a escola abriu novo processo seletivo para completar as 35 vagas restantes. As inscrições vão até o dia 31 de dezembro. Para concorrer a uma das vagas é necessário ter no máximo 17 anos e ter concluído o ensino médio em 2012 ou estar concluindo em 2013.

 

Inscrições e maiores informações acesse: www.educacao.pe.gov.br

23
dezembro

23
dezembro

23
dezembro

 


Secretaria Municipal de Educação

.

ANÁLISE SUBJETIVA DA APLICAÇÃDAS AVALIAÇÕES EXTERNAS  PROVA BRASIL E SIEPE – EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE, NESTE MÊS DE NOVEMBRO DE 2013.

.

      Imbuído do compromisso social, político, mas especialmente educacional, venho tornar pública minha extrema preocupação com o que foi, atenta e imparcialmente, observado pelos aplicadores das avaliações externas PROVA BRASIL E SAEPE, em nosso município, nestes últimos dias do mês de novembro.

 

Tivemos um período de extremo aprendizado (a duras penas) neste primeiro ano de gestão, especificamente na Secretaria de Educação o cotidiano é de conhecer a fundo o universo que demanda esta pasta municipal e ao mesmo tempo estamos constatando as contradições entre os discursos e as práticas  educacionais das gestões anteriores, visto que, encontramos as escolas no seu mais amplo abandono, um verdadeiro “FAZ DE CONTA QUE A EDUCAÇÃO MUNICIPAL ANDAVA BEM”.

 

Como Secretário de Educação e vice-prefeito desta cidade, venho levar ao conhecimento de toda a população minha preocupação e inquietação quanto aos possíveis resultados da PROVA BRASIL e SAEPE aplicadas este ano, e suas consequências para o ano de 2015; sabedor que, os resultados destas avaliações externas ( nacional e estadual, respectivamente), interferem (junto a outros critérios) nas verbas que o município receberá  para a educação no ano subsequente às suas aplicações, fico intrigado  quanto aos índices atuais ( a média  no IDEB  de Santa Cruz 2011  com reflexo até o próximo resultado foi de 4,5  no Ensino Fundamental I e 3,2 Ensino Fundamental II. Contudo, o que foi obsevado durante as aplicações nas turmas de 3º (SAEPE), 5º e 9ºs anos foi uma gritante dificuldade de leitura e compreensão de grande parte dos alunos em relação a ler, interpretar e responder às mesmas, e esta realidade é caótica por se tratar de alunos que estão no 9º ano (antiga 8ª série) e esse grupo numeroso de  alunos, pasmem, demonstraram não saber ler, tão pouco compreender o que cada prova lhes propunham.

 

Fico me perguntando, e esta pergunta também tem sido feita por toda atual equipe técnica-pedagógica da secretaria: Como pôde – se obter estes resultados com alunos que estão ingressando no Ensino Médio sem sequer saberem ler, compreender nem interpretar uma questão e respondem estas avaliações na base do “Chute”? Como o nosso município já obteve o maior destaque no contexto estadual se nossos alunos demonstraram não dominar as quatro operações fundamentais? Como a cidade conquistou uma média tão comentada se existe um índice tão alarmante de evasão no turno da noite que nos leva a tomar medidas extremas para em 2014 resguardarmos e garantirmos a permanência e  segurança de alunos e professores nas escolas, para que com isso possamos resgatar a qualidade, a credibilidade  e o estímulo dos alunos e profissionais da área pelas ricas e fundamentais experiências humanas de ensinar e de aprender, institucionalmente? Venho aqui, dividir com os cidadãos santa-cruzenses nossas angústias, porque quando nos propomos a assumir a responsabilidade desta secretaria estamos todos imbuídos do desejo de fazer isso com seriedade, honestidade, foco na qualidade e determinação para modificar, ajustar, consertar e exterminar tudo e qualquer ranço ou ação que tenha em algum momento da história tornado a educação pública municipal um alvo de descontentamento e incredulidade quando se olha pra ela buscando dados concretos, ações edificantes e eficazes para que nossos jovens tenham verdadeiramente uma educação digna de garantir-lhes um futuro mais justo, digno e transformador de sua realidade.

 

Por isso, quero aqui também, convidar os senhores a três ações relativas a estas avaliações externas (PROVA BRASIL e SAEPE), são elas:  1ª – conversem com seus filhos que já fizeram estas provas em outros anos e perguntem a eles quais as informações que eles recebiam para fazerem as mesmas?; 2º perguntem aos seus filhos que fizeram estas provas este ano e façam o mesmo questionamento; e 3º aguardem conosco o resultado destas avaliações em 2014. ESTAMOS TORCENDO POR UM RESULTADO POSITIVO, porém a realidade apresentada nos angustia e preocupa, e como cidadãos conscientes e sabedores de que o ensinar e o aprender são processuais (ou seja, não é possível modificar uma situação estabilizada por doze anos , seja para positivo ou negativo em apenas um ano) estamos conscientes do quanto lutamos incansavelmente para colocarmos a educação pública num patamar de resultados concretos e condizentes com a realidade vivida dentro de cada escola da nossa rede. Agradecemos a atenção e abraçamos a todas as famílias fraternalmente.

 

 

          DIMAS PEREIRA DANTAS                            EDSON DE SOUZA VIERA

Secretário Municipal de Educação                      Prefeito Constitucional

.

Informações da Assessoria

23
dezembro

23
dezembro

23
dezembro

Revista Veja elege Armando o melhor Senador do Brasil

 

A edição da Revista Veja que começou a circular este final de semana traz uma pesquisa que analisa o trabalho dos parlamentares no Senado e na Câmara dos Deputados. Na avaliação, o senador pernambucano Armando Monteiro (PTB) tira nota máxima (10), ocupando a posição de melhor senador do Pais.

 
De acordo com a revista de circulação nacional, os critérios utilizados para a escolha dos senadores e deputados federais que mais trabalharam em 2013 por um país moderno e competitivo foram o desempenho em eixos importantes de atuação, como o trabalho por uma carga tributária menor e mais simples, mais infraestrutura, melhor gestão do gasto público e sistema educacional racional e eficiente, dentre outros.

 

“Em parceria com o Núcleo de Estudos sobre o Congresso (Necon), do Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Iesp-Uerj), VEJA se debruçou sobre 243 proposições de maior relevância entre as centenas de projetos de lei, medidas provisórias e propostas de emenda à Constituição que tramitaram na Câmara e no Senado em 2013”, diz trecho da matéria especial publicada na revista sobre o que chama de “ranking do progresso”.

 

Em outro trecho, a revista explica que também aplicou uma “cláusula de ética” na relação dos parlamentares responsáveis pelas proposições, expurgando aqueles envolvidos em escândalos ou de reputação duvidosa.

 
Para expor o pensamento do melhor senador do Brasil em 2013, a Veja publica entrevista especial com Armando Monteiro, que segue abaixo na íntegra.

 

O primeiro entre os senadores

 

“Um grande desafio é mudar o ICMS. Ninguém ganha mais com essa guerra fiscal”

 

Revista Veja – O Congresso deve tomar mais iniciativas para diminuir a carga tributária?

 

Armando Monteiro – Nosso sistema tributário é anacrônico e disfuncional. Nós fazemos o absurdo de tributar investimentos, exportações. Uma reforma tributária ampla seria o ideal, mas infelizmente há muita disputa entre os entes federativos. A saída é promover mudanças pontuais. Tenho atuado para fazer a reforma e a diminuição dessas alíquotas interestaduais. É o primeiro passo para dar fim à guerra fiscal, que, hoje, é caótica.

 

Por que o Congresso enfrenta tanta dificuldade para fazer a reforma tributária? 

 

Armando Monteiro – Alguns estados não querem. O Nordeste não quer abrir mão do instrumento de redução de alíquotas. Há um ambiente na federação em que você perde uma visão de país. As empresas acabam se submetendo a situações díspares por causa das diferenças de tributação dos estados. Um dos nossos grandes desafios é começar a reforma do ICMS. Ninguém ganha mais com essa guerra fiscal. Precisamos criar as bases para ter um sistema tributário de classe mundial.

 

Como melhorar a gestão pública? 

 

Armando Monteiro – Precisamos dar um freio nos gastos de custeio. Impedir que o porcentual de crescimento se dê acima do porcentual de aumento do PIB. Se fizermos isso, poderemos em dez anos chegar a uma situação bem melhor do que agora. Desse jeito, poderemos ter recursos para investir em obras de infraestrutura. Mas isso tem de partir de uma vontade ampla da sociedade, passar pelo Executivo e pelo Congresso, claro. A eleição é um bom momento para esse debate.

 

 
Como tornar mais justa a relação entre empregadores e empregados?

 

Armando Monteiro – É muito difícil tratar disso do ponto de vista político. Mas é fato que, no mundo inteiro, a legislação tem sido menos rígida, permitindo mais acordos diretos entre os empresários e os trabalhadores. Num mundo globalizado, é preciso ter uma legislação mais flexível, pois isso significa ter uma legislação pró-emprego.

 

 

Informações da Assessoria

23
dezembro

23
dezembro

“Papel” é preso com grande quantidade de drogas

Foto: Fernando Lagosta

 

Policiais do Serviço de Inteligência conseguiram prender no último domingo (22) Jeferson Augusto Dias (Papel), 28 anos.  Jeferson estava realizando uma entrega de drogas no momento da abordagem. Ao ser detido confessou onde estava o restante da droga.

 

De acordo com a polícia, o acusado tem um quartinho alugado na Rua Heleno da Silva, bairro São Miguel, para servir de depósito de droga. Lá foi encontrado 3,180 kg de maconha além de uma boa quantidade de dinheiro que, segundo o acusado, seria usado para aquisição de mais drogas para comercialização.

 

O imputado ainda relatou que não conhece o fornecedor da “mercadoria”, apenas faz as transações por telefone e pega a droga no Moda Center.

23
dezembro

23
dezembro

Dupla é presa com 500g de maconha em São Domingos

A dupla de acusados já foram autuados por tráfico / Fotos:Luciano Lopes

 

Foram presos no último sábado (21) Caíque José de Lima, 18 anos, e Girlan dos Santos, 22 anos, na Avenida Luiz Cecílio de Santana, distrito de São Domingos, Brejo da Madre de Deus.

 

 

A dupla estava em posse de aproximadamente meio quilo de maconha e foram levados para a delegacia pelos policiais que constataram que ambos já tiveram passagens pela polícia por tráfico de drogas.

 

Caíque e Girlan foram autuados por tráfico de drogas e associação ao tráfico.

23
dezembro

23
dezembro

 

Máquina de Costura é surpreendida no sertão e sofre empate no apagar das luzes

Anderson comemora empate o empate Cangaceiro. Fotos: Elivaldo Araújo.

Na tarde deste domingo (22), o Ypiranga arrancou um empate no sertão do estado. O confronto contra o Serra Talhada demonstrou a deficiência da Máquina de Costura em alguns setores no esquema tático do técnico Eric Gaúcho.

.

A partida em diversos momentos se mostrou confusa em relação a arbitragem. O Cangaceiro chegava a intimidar através de cobranças de faltas, enquanto o Ypiranga assustava em contra-ataques. Em um desses, A Máquina conseguiu abrir o placar através do atacante Thiaguinho, porém no apagar das luzes o lateral-direito do Serra, Anderson empatou a partida.

.

Principais lances:

.

1º TEMPO:

.

Excessos de faltas causam confusões dentro de campo.

.

O Ypiranga iniciou a partida com um bom volume de jogo, mas o Serra Talhada aproveitava as bolas paradas com o meia Enercino para causar perigo ao gol do goleiro Adson.

.

Aos 22 minutos aconteceu o primeiro ataque do Cangaceiro, o atacante Bebeto cruzou rasteiro na área, mas o lateral-esquerdo Alysson escorregou e não conseguiu aproveitar a chance de abrir o placar.

.

Partida bem disputada dentro de campo.

.

Dois minutos depois, a Máquina conseguiu chegar ao ataque, após bobeira da zaga, a bola sobrou sozinha para o lateral-esquerdo Pintado que chutou forte e alto por cima do goleiro Carlos.

.

Aos 31 minutos após um bate-rebate, o meia do Serra Juninho bateu forte por cima.

.

2º TEMPO:

Meio de campo bem disputado entre as equipes.

.

Na segunda etapa, o destaque foi a atuação do goleiro Adson que salvou por três vezes a equipe alviazulina.

.

O primeiro ataque da Máquina aconteceu aos 24 minutos, após o passe de Danilo Silva, o atacante Thiaguinho chutou forte, o goleiro espalmou e no rebote Riego chutou em cima do goleiro Carlos.

Ypiranga comemora abertura de placar.

.

O primeiro gol da partida surgiu aos 35 minutos, após roubada de bola no meio campo alviazulino, a bola foi tocada para Thiaguinho que se livrou do marcador e de pé esquerdo chutou na saída do goleiro, fazendo Ypiranga 1 a 0.

Anderson sobe mais que os defensores e garante o empate do Serra Talhada.

.

Após o gol da Máquina de Costura aconteceu um verdadeiro bombardeio Cangaceiro, e gol aconteceu aos 45 minutos. Enercino cobrou o escanteio e o lateral-direito Anderson cabeceou entre dois marcadores e deixou tudo igual, 1 a 1.

.

Com o empate, o Ypiranga sobe para a 5ª colocação na tabela de classificação. A Próxima partida será contra o Pesqueira no Limeirão, na próxima quinta-feira (26).

23
dezembro

23
dezembro

Edson Vieira participa nesta segunda-feira do Programa Rádio Debate

 

 

 

O prefeito Edson Vieira (PSDB) vai encerrar a série especial do programa Rádio Debate, veiculado excepcionalmente pelas Rádios Vale AM e Polo FM, a partir das 8 horas, desta segunda-feira (23).

 

Edson vai fazer um balanço sobre a administração e relatar a importância dos 60 anos de emancipação política do município.

22
dezembro

22
dezembro

José Augusto admite que promessa do viaduto não será cumprida e coloca a culpa no Governo do Estado

 

O deputado José Augusto Maia (PROS) assumiu que não vai cumprir com a promessa de conquistar um viaduto para o perímetro urbano da PE-160 e culpou o Governo de Pernambuco por não ter aceitado arcar com uma contrapartida, que segundo ele seria necessária. A firmação foi feita durante entrevista ao programa Rádio Debate, da última sexta-feira (20).

 

José Augusto disse que chegou a direcionar R$ 700 mil em emendas parlamentares para fazer o projeto. Em seguida iria direcionar R$ 2,5 milhões para a construção, mas o Governo de Pernambuco não aceitou a proposta de investir uma contrapartida no valor de outros R$ 2,5 milhões, necessários para que a obra fosse feita.

 

A conquista de um viaduto para o perímetro urbano da PE-160 foi exaustivamente prometida por José Augusto Maia durante a campanha política de 2010.

22
dezembro

22
dezembro

Tragédia: Toyota com nove ocupantes se envolve em acidente e garota de 18 anos morre

 

 

Fotos: Fernando Lagosta

 

Um veículo Toyota Bandeirantes capotou, na noite deste sábado (21), após bater em outro veículo Hyundai, que vinha do sentido contrário.

 

O acidente aconteceu na PE-160, entre o distrito de Poço Fundo e a cidade de Jataúba.

 

 

 

De acordo com informações apuradas por nossa equipe, nove pessoas ocupavam o veículo no momento do acidente, inclusive algumas crianças.

 

Os passageiros feridos foram socorridos por ambulâncias do SAMU e levados para o Hospital de Jaraúba.

 

Uma jovem identificada como Iranete Severina Silva, que estava no Toyota, morreu no local do acidente. Iranete havia completado 18 anos de idade no início deste mês. Os demais passageiros não correm risco de morte.

 

 

 

 

 

 

 

 

22
dezembro

22
dezembro

História mostra equilíbrio entre Serra Talhada e Ypiranga

 

 

 

O Ypiranga enfrentará o Serra Talhada na tarde deste domingo (22), no sertão do estado. Na história dos confrontos entre os dois, a Máquina de Costura jamais venceu o Cangaceiro no sertão.

 

As duas equipes já se enfrentaram quatro vezes na história do campeonato pernambucano, duas vitórias para cada lado. A primeira partida foi disputada em 18 de janeiro de 2012 no sertão, o Serra Talhada venceu por 4 a 0, sendo a maior goleada registrada nos confrontos.

 

O último duelo ocorreu em 10 de março de 2013 no Limeirão, a Máquina venceu de virada por 2 a 1, para o Serra Talhada o gol do meia Enercino (que atuou no Ypiranga na Série D), marcaram para o Ypiranga, o lateral Diogo e o atacante Danúbio.

22
dezembro

Notícias Anteriores


 

error: Copiando nosso texto?