22
agosto

Editorial – Fábio Aragão herdará o sonho político do pai e assumirá candidatura a prefeito


 

 

O cenário político em Santa Cruz do Capibaribe tem fortes mudanças com a morte de Fernando Aragão. É evidente que a família do político ainda não se manifestou sobre o assunto, mas os rumos são perceptíveis. Nesta semana, o deputado federal Eduardo da Fonte (PP) declarou que Fábio Aragão deverá assumir a pré-candidatura do pai.

 

 

O desejo veio do próprio Fernando

 

 

Não se trata apenas de uma decisão, trata-se de uma missão. Em entrevista concedida ao Programa Independente dois dias antes do falecimento do pai, Fábio Aragão mencionou brevemente que enquanto era conduzido para unidade de terapia intensiva do hospital, Fernando Aragão recomendou a sua esposa, Ivone, que Fábio deveria assumir a pré-campanha.

 

Na recente entrevista Fábio tentou minimizar o pedido, interpretando que “assumir a campanha” seria assumir a coordenação do processo. No entanto, claramente o pedido de Fernando Aragão foi bem mais amplo. Fernando falava sobre assumir seus planos e herdar seu sonho, que era o de um dia governar a cidade em que nasceu e fez história.

 

Fernando Aragão não chegou a fazer da política uma obsessão, seu legado vai muito além das disputas políticas. Ele tentou se pautar na ética, na boa convivência e na família. Mas o legado da família Aragão, que vem desde os tempos do seu tio, Raimundo Aragão, considerado fundador do município, terá páginas que continuarão sendo escritas.

 

Coube a Fábio Aragão o peso de se manifestar na dolorosa despedida do pai. Nos próximos dias pairará o isolamento, mas em breve a voz do seu pai ecoará e virá então a decisão de seguir adiante na tentativa de concretizar os planos do pai.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 




error: Copiando nosso texto?