04
dezembro

“Da mesma forma que tenho Edson como adversário político, hoje tenho José Augusto Maia” – afirma Capilé


Foto: Thonny Hill.

Em entrevista concedida ao Blog, o vereador Capilé (Podemos) também falou sobre a eleição da nova mesa diretora da Câmara, em Santa Cruz.

Visivelmente chateado, o político não poupou críticas ao ex-deputado federal José Augusto Maia (Avante), atribuindo a ele as mudanças que levaram a composição de sua bancada com a do deputado estadual Diogo Moraes.

“Meu rompimento com ele é definitivo, não tem mais volta. Na política, temos que ter postura, temos que ter lado e a partir do momento que a gente vê a forma que ele expôs o filho dele, não vou aceitar.  Não tenho mais Zé Augusto como político de Santa Cruz”.

Questionado se esse rompimento o aproximaria da bancada de Edson Vieira, ele disse:

“Da mesma forma que tenho Edson como adversário político, hoje tenho José Augusto Maia” – pontuou.

.

Sem bancada?

Durante a entrevista, o político declarou que vai continuar se mantendo como oposição, tanto aos governos Estadual como no municipal. Questionado se isso não poderia ser ‘perigoso politicamente’, ele voltou a fazer críticas a José Augusto Maia.

“Não é perigoso, pois fui eleito dessa forma, sendo sincero e tendo palavra com meu eleitorado, do começo ao fim. Se daqui há dois anos vamos pleitear uma reeleição, isso é outra história, mas a minha conversa agora com José Augusto se resume a: bom dia, boa tarde e boa noite” – concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 




error: Copiando nosso texto?