05
dezembro

Augusto Maia sustenta união da oposição e garante que não há acordo fechado para 2020


Imagens: Janielson Santos.

O vereador Augusto Maia (Podemos) presidente eleito na Câmara e Vereadores e Santa Cruz do Capibaribe, em votação realizada ontem, concedeu entrevista ao programa Rádio Debate desta quarta-feira (05), onde falou sobre o processo de articulação entre seus pares, até conseguir os 11 votos da oposição na Casa.

Em tom apaziguador, Augusto sustenta que o momento é de ter ‘tranquilidade’ e afirma que não houve fechamento de acordo para composição de eleição 2020.

“O objetivo é que todas as oposições estejam juntas para 20. Vai vim um nome. Não teve nome firmado para 20. Temos dois anos para discutir um nome de consenso”, disse acrescentando que ‘continuando desunido, perderia outra eleição’.

Mesmo obtenho os 11 votos de opositores ao prefeito Edson Vieira (PSDB), na Câmara, Augusto presenciou o vereador Capilé rompendo politicamente com o ex-prefeito José Augusto (pai de Augusto) ao ficar de fora a chapa. (Ronaldo Pacas foi eleito vice, Júnior Gomes 1º secretário e Carlinhos da Cohab 2º secretário).

Oposição unida

O vereador afirma que, após várias articulações, havia duas possibilidade: Fechar com o grupo de seis vereadores situacionistas, com Helinho presidente, ou ser eleito presidente com os votos da oposição.

Apostando numa união do grupo rumo às eleições municipais de 2020, ele optou pelo segundo caminho, garantindo que não foi coagido pelo pai, como argumenta vereadores do bloco do prefeito.

“Seria uma confusão na cabeça do eleitor”, diz, caso tivesse escolhido a primeira possibilidade.

Cabeça fria

O presidente eleito entende que ‘qualquer decisão que tivesse tomado, machucaria alguém’ e diz que é importante manter os 11 vereadores unidos.

Ao falar sobre a atitude de Capilé, entende que o colega ‘estava de cabeça quente’, reafirmando a amizade e que vai conversar com ele de forma tranquila.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Notícias Anteriores