27
julho

Ocorrências do final de semana


Homem é morto a pedradas na Avenida Biu de Deda

Foto: Fernando Lagosta.

 

Na madrugada de sexta para sábado, mais um crime de morte aconteceu em Santa Cruz do Capibaribe.

 

De acordo com informações da polícia, motivados por uma denúncia anônima de que quatro pessoas, ainda não identificadas, estavam agredindo outro a pedradas nas proximidades da Avenida Biu de Deda, e que poderia ter havido o homicídio.

 

Ao chegarem ao local, os policiais comprovaram a veracidade da denúncia e, próximo ao corpo (que ainda não foi identificado), foi encontrada uma grande pedra de concreto e outros tijolos quebrados usados para atingir a cabeça da vítima.

 

A vítima trajava camisa preta, shorts jeans (na cor azul escura) e usava uma medalha com o símbolo do Corinthians.

 

O corpo foi levado ao cemitério São Judas Tadeu e a polícia pede para que, se alguém der por falta de algum parente com estas características, que procurem a delegacia para ajudar na identificação do corpo.

 

Duas pessoas chegaram a ser detidas como suspeitos de acordo com as denúncias das vestimentas dos possíveis assassinos, mas foram liberadas por falta de provas.

 

A polícia trabalha na investigação do caso e pede para que o denunciante se dirija a delegacia para repassar maiores informações.

 

Com este, já é o 27º homicídio registrado no município.

2 Comentários

  1. Anderson disse:

    Enquanto isso a polícia fazendo blitz na avenida kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  2. dunita moura disse:

    ô anderson,seja mais consciente ! que comentario mais medilcre e mesquinho,pra não dizer covarde!a blitz orgão que cuida disso,ou você é analfabeto? com todo respeito pois sei que os analfabetos podem não saber lê,mas conhecem muito bem seus direitos e deveres.ai vem você com uma ignirancia sem tamanho…eu mesmo como ando com meus deveres cumpridos não ignoro o dever daqueles que fazem o seu trabalho. direito tem ,quem direito anda,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores