30
janeiro


Um Comentário

  1. Porfirio disse:

    Muitas pessoas que já tem casa própria, ignoram esse povo, trata até como marginais, isso porque não precisam como eles precisam, não tem amor ao próximo, e até alguns evangélicos egoístas que só conseguem olhar pra si próprio, que ao invés de torcer e cobrar, para a que prefeitura faça sua parte e cumpra sua obrigação de da moradia digna a população mais carente, eles torcem para que sejam despejados e até chamam de bandidos, cara de pau, dentre outros, como vi em outros comentários nesse blog, e ainda diz que tem amor ao próximo.
    Fico feliz por tudo isso que estar acontecendo hoje em santa cruz, que vai ganhar muito com isso daqui pra frente. Parabenizo a coragem desse povo de lutarem por seus direitos, já que por si próprio os poderes publico não se comovem, ao contrario, a vida toda os prefeitos viviam doando ao ricos e parentes deles e ninguém nunca se escandalizou com isso, porque hoje são os pobres, é fácil chamar de bandidos, ninguém nunca chamou Dr. Nanau de ladrão por ter construindo uma mansão (e casas de aluguel por tras) no meio da avenida padre zuzinha, nem denunciam a rota do mar, por ter construindo uma área de lazer com uma parte dentro de um riacho (área de preservação permanente) que deveria se respeitado 30 metros de cada lado. mas ladão são apenas os pobres.
    O resultado positivo de tudo isso, foi que o poder publico sob pressão, irão começar a doar 5% de áreas verde de todos novos loteamento a famílias carente, (palavra do professor Afranio aprovada pelos demais) que essa lei já existe a tempo, de 35% da prefeitura 5% era pra ser destinado aos pobres, mas eles faziam apenas uma escola e todo restante davam a quem queriam. Mas o povo nunca cobrou isso, nem entraram em nem um blog para chamar eles de bandidos por estarem roubando a cidade desde sempre (como quem pensa, os políticos podem nos roubar, esse povo é quem não merece). Isso é lamentável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores