28
fevereiro

A morte de Emanoel


Mensagem de Manassés Simões sobre a morte de Emanoel Glicério

 

 

Foi com muito pesar que recebi, por volta de 01h30min da madrugada do dia de hoje, através do Blog do Ney Lima, a triste notícia da partida de Emanoel.

 

Para os mais íntimos simplesmente “Mané do Blog”, mas eu sempre o tratei pelo seu nome, que significa “Deus está entre nós”. Não era amigo dele.

 

Amigo é o parceiro de toda hora. Apenas fomos companheiros, colegas da bancada do programa Rádio Debate, na rádio Polo FM.

 

Todavia, tive gratas oportunidades de conversar com ele ao final de cada programa. Percebia-se no seu jeito calmo e sereno a inteligência e perspicácia de um repórter por vocação. Pessoa de fino trato, humano.

 

Gostava de política como poucos. E dela entendia demais. Além de participar ao seu lado do programa que por quase um ano fiz parte na Polo FM, juntamente com Ney Lima e outros companheiros, após o Rádio Debate, quando era possível, sintonizava o rádio na Vale do Capibaribe para ouvi-lo em outro programa. Era muito bom lhe ouvir.

 

Não foram poucas as vezes que nos demoramos um pouco na escadaria do edifício da Polo FM, conversando sobre os assuntos do Rádio Debate. Em suas palavras, suas ideias, sua maneira de ver como repórter era perceptível a sua inteligência.

 

Mas todos nós vamos dar um “adeus” qualquer dia desses. Ontem foi o dia de Emanoel seguir para o outro lado dessa vida, tão curta como um pequeno arco.

 

O meu desejo é que o Deus que está entre nós –  O EMANUEL – traga consolo e paz à sua família. Meu desejo ainda maior é que Emanoel Glicério esteja com Aquele que, apesar de ser quem somos, também continua conosco.

 

 

Manassés Simões é advogado e atuou como debatedor no Programa Rádio Debate

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores