13
setembro

Juiz determina retirada de circulação de bonés alusivos da pré-campanha de Fábio Aragão


O Ministério Público Eleitoral (MPE) ajuizou uma representação eleitoral contra o pré-candidato a prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Fábio Aragão (PP), em virtude de uma suposta prática de propaganda eleitoral antecipada, alegando que ‘o representado (Fábio Aragão) tem reiteradamente realizado a distribuição de brindes como bonés e camisetas, padronizados com a hashtag “aindaháesperança”’.

Segundo o MPE, a distribuição de brindes é proibida durante a pré e campanha eleitoral, e que “retire a circulação de todos os brindes já distribuídos, e que se abstenha de realizar a confecção de novas peças publicitárias, assim como para não distribuir tais produtos, sob pena de multa no valor de R$ 25 mil”.

O MPE pediu que o pré-candidato retire todas as peças, brindes, camisetas, bonés padronizados ou que contenham os dizeres “ainda há esperança” de circulação, e retirada das imagens de suas redes sociais, seja Instagram, Facebook e outros; no prazo máximo de dois dias, sob pena de multa também no valor de R$ 25 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 




error: Copiando nosso texto?