21
julho

Sinpol identifica precariedades nas delegacias de Vertentes e Taquaritinga


O Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco continua realizando visitas às delegacias do interior do Estado. O objetivo do Sinpol é fazer um dossiê para ser apresentado no Ministério Público de Pernambuco (MPPE).

Em Vertentes, segundo o sindicato, só existem quatro agentes e a delegacia atua sem escrivão e delegado. De acordo com a denúncia, só estão disponíveis dois coletes à prova de balas e as paredes estão cheias de mofo. A delegacia conta apenas com uma viatura e não tem alojamento feminino, o masculino não oferece boas condições aos policiais.

Na Delegacia de Taquaritinga do Norte, há apenas dois agentes e o delegado. Segundo o Sinpol, o mofo está danificando os processos que estão arquivados. Além disto, o material apreendido é colocado dentro da delegacia, já que não há depósito no local.

Ainda de acordo com o sindicato, nas duas delegacias não existe serviço de limpeza, são os próprios policiais que limpam o espaço.

,

Com informações do NE10.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 


error: Copiando nosso texto?