15
janeiro

Futebol 2014


Máquina enfrenta Chã Grande no Limeirão em busca de um só resultado: A vitória

Foto: Elivaldo Araújo (Arquivo).

 

Há três jogos sem vencer e amargando a lanterna do campeonato pernambucano, o Ypiranga retorna á campo na noite desta quarta-feira (15), às 20h contra o Chã Grande.

 

Para a partida, o técnico Erick Gaúcho realizou o coletivo na tarde desta terça-feira (14). Na ocasião, o treinador realizou quatro modificações em relação a equipe que iniciou a partida contra o Porto.

 

Na defesa, Diego Rafael que ainda senti a contusão que sofreu na partida anterior, no meio a equipe terá a ausência do volante Jefferson Piauí (suspenso pelo terceiro cartão) e nas laterais as saídas de Maneco e Léo Santos.  No coletivo entraram respectivamente, Rafael Oliveira, Piúba, Romero Casinhas e o recém-contratado Antônio Carlos.

 

Na primeira parte do coletivo a equipe atuou com: Adson (no gol); Romero Casinhas, Dedimar, Dilson e Rafael Oliveira (na defesa); Wilker, Piúba, André Tobias e Antônio Carlos (no meio); Thiaguinho e Rodolfo (no ataque).

 

Na segunda parte do coletivo, o treinador tirou o atacante Thiaguinho e colocou Binha. No final, a equipe realizou jogadas ensaiadas, além de chutes a gol.

 

Arbitragem definida:

 

 

A partida entre Ypiranga e Chã Grande terá mais uma vez uma árbitra feminina, será a novata Deborah Cecília Cruz Correia que apitará a sua terceira partida oficial na carreira e atuou como quarta árbitra na partida da Máquina contra o Central no Lacerdão pela 9ª rodada. Nas duas partidas primeiras que atuou a mesma não poupou nas aplicações de cartões, um total de doze amarelos e dois vermelhos.

 

Deborah terá como assistentes: Clóvis Amaral e Marlon Rafael, o quarto árbitro será José Woshington.

 

    Foto: FPF-PE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 

error: Copiando nosso texto?