21
novembro

Artigo – Por Adriano Oliveira


A ILUSÃO DA INTENÇÃO DE VOTO

 

Um candidato, independente da data do dia da eleição, quando opta por realizar pesquisa, tem a intenção de voto como exclusiva preocupação. Segundo os candidatos, a intenção de voto apontará as suas chances de vitória na futura eleição. A intenção de voto é a ilusão de ótica dos candidatos.

Um homem está à beira do mar. Do litoral, ele enxerga uma ilha. O guia conta ao homem que nesta ilha existe belo resort. A gastronomia é fantástica. O conforto esplêndido. De longe, o homem enxerga os coqueiros da ilha. O telhado do resort. Um pouco de fumaça. O homem, ávido por férias, conclui que a ilha é maravilhosa. Contudo, ao chegar à ilha, o homem encontra a frustração.

A história contada serve para ilustrar a ilusão da intenção de voto. O candidato X encomenda uma pesquisa, e descobre que tem, hoje, 25% de intenção de votos. O seu suposto concorrente, Y, 12%. O candidato X conclui que é competitivo. O suposto candidato competitivo desprezou a variável básica: o nível de conhecimento de Y. E duas vitais: As condições em que a eleição de 2018 ocorrerá e os desejos do eleitor.

Se o candidato Y é pouco conhecido ou desconhecido, é óbvio que ele tende a ter baixa intenção de voto. Em qual condição a eleição ocorrerá? Pesquisas revelam que eleitores ainda reconhecem a permanência da crise econômica. Entretanto, em 2018, ocorrerá recuperação da economia? O governador Platão tem baixa aprovação entre os eleitores. Em 2018, os eleitores continuarão a reprovar, majoritariamente, o governo de Platão?

Quais os desejos do eleitor? Os eleitores de Júpiter têm o sentimento de que o governo está parado ou que sumiu e, por consequência, não enfrenta os problemas e não mostra disposição para atender as demandas da população. Portanto, eleitores desejam mudança de governo. Eles têm esperança de que um novo governo fará com que Júpiter sai da inércia, avance.

As pesquisas de opinião, qualitativas e quantitativas, têm condições de identificar os desejos do eleitor. Em conjunto com a análise de diversos dados é possível construir cenários evidenciando em quais condições a eleição vindoura será disputada. O eleitor está imerso no ambiente social, faz escolhas influenciado por ele, e sofre empurrões advindos das estratégias eleitorais. Portanto, candidatos sábios relegam, neste instante, a intenção de voto. Mas desejam decifrar os desejos do eleitor e em que condição a eleição futura será disputada.

.

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores