A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) confirmou que manterá a bandeira tarifária verde no mês de maio nas contas de energia, ou seja, não haverá cobrança extra na conta do consumidor, este é o quarto mês consecutivo com a bandeira verde. De acordo com a agência, a decisão de manter a tarifa verde se dá pela recuperação dos níveis de água nos reservatórios.

“Em abril, os principais reservatórios de hidrelétricas do Sistema Interligado Nacional (SIN) apresentaram recuperação de níveis em razão do volume de chuvas próximo ao padrão histórico do mês. A combinação de reservatórios mais elevados com o impacto das medidas de combate à pandemia do Covid-19 sobre o consumo de eletricidade sinaliza manutenção da elevada participação das hidrelétricas no atendimento à demanda de energia do SIN, sem a necessidade de acionamento do parque termelétrico de forma sistêmica”, informou a Aneel.

De acordo com a Aneel, o sistema de cobrança através de bandeiras sinaliza o custo real da energia gerada e está dividida em três tipos de cobrança: verde, amarela e vermelha (em dois patamares), que indicará se a energia custará mais ou menos.

Imagem: PE Mais

O Secretário de Saúde de Vertentes, Helder Corrêa, anunciou que uma das unidades do Hospital Geral das Vertentes será destinado para atendimento de pacientes com sintomas gripais ou da COVID-19. O antigo hospital, municipalizado após decisão judicial, foi transformado em um hospital de campanha para atendimento de pacientes com o novo coronavírus.

De acordo com o secretário, a primeira unidade do Hospital Geral das Vertentes, conhecida como Unidade Mista, que conta com quatorze leitos, está destinada para o internamento de urgência e emergência de pessoas que não tenham sintomas gripais ou de coronavírus. Já o Hospital Municipal das Vertentes, que compõe a segunda unidade do hospital geral, que conta com quatro enfermarias, montadas com vinte e oito leitos, será utilizado como hospital de campanha durante o período de pandemia.

A Prefeitura de Jataúba iniciou nesta sexta-feira (24) o trabalho de intensificação ao combate a COVID-19 no município. Dentre as novas medidas adotadas está a instalação de barreiras sanitárias nas quatro entradas do município, que liga a cidade a Brejo da Madre de Deus, Santa Cruz do Capibaribe, PE – PB e zona rural.

Está sendo realizado o monitoramento de temperatura da população que passar pelas barreiras sanitárias, distribuição de máscaras, além da orientação à população. Equipes da Secretaria de Saúde também seguem realizando o trabalho de desinfecção dos ambientes com maior fluxo de pessoas, comércios essenciais, bancos e prédios públicos.

Imagem: Ilustração.

Na noite desta sexta-feira (24), o prefeito Edson Vieira (PSDB) confirmou dois novos casos positivos de coronavírus na cidade. De acordo com o gestor, os casos tratam-se de um homem de 74 anos e uma mulher de 41 anos.

De acordo com o prefeito, um dos pacientes diagnosticado segue em isolamento domiciliar e outro está internado em uma unidade hospitalar privada de Caruaru. Segundo o prefeito a confirmação foi recebida pela prefeitura no final da manhã desta sexta-feira.

Com os novos casos, Santa Cruz passa a ter cinco casos positivos de coronavírus. No boletim diário divulgado no início da noite, três casos aparecem em investigação.

Foto: Felipe Ribeiro.

Na manhã desta sexta-feira (24), o prefeito do Brejo da Madre de Deus, Hilário Paulo, publicou um decreto definindo as regras para o uso de máscaras individuais para todas as pessoas que circulam no município. As novas medidas entram em vigor a partir da próxima segunda-feira (27).

Segundo o decreto, fica determinado o uso obrigatório de máscaras ou coberturas sobre o nariz e boca, a serem utilizadas para todas as pessoas ao sair de suas residências para espaços públicos e comércio em geral.

O documento também inclui que os estabelecimentos comerciais utilizem um funcionário para impedir a entrada e ou permanência de pessoas que não estiver utilizando a máscara ou cobertura, e pontua que o estabelecimento deve disponibilizar o material para seus clientes ou usuários.

Ainda de acordo com o decreto, caso haja descumprimento, fica autorizada a aplicação de multas, suspensão de alvará de funcionamento, bem como a interdição temporária do local enquanto durar o estado de calamidade pública.

Uma equipe da Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Capibaribe, compareceu nas filas dos bancos e lotéricas, distribuindo máscaras e higienizando com álcool 70% as mãos das pessoas que estavam na fila, visando o combate ao coronavírus.

A Prefeitura reforça para as pessoas que estão necessitando dos serviços bancários, mantenham a distância entre a outra pessoa na fila e use sempre a máscara para a proteção.

Auxiliando no combate ao Novo Coronavírus, o Polo de Confecções de Pernambuco já comercializou cerca de 1,6 milhão de máscaras de tecido, sendo que mais estão sendo produzidas. O Governo de Pernambuco, encomendou, através da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper) mais um lote de um milhão de unidades.

As máscaras comercializadas estão no padrão de conformidade reconhecido pelo Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil e de Confecções (NTCPE), que já emitiu o selo para cerca de 80 empresas produzirem o EPI.

O NTCPE disponibiliza às empresas, gratuitamente, cadernos técnicos que ensinam como fabricar máscaras e outros equipamentos de proteção. Os manuais estão disponíveis no site www.ntcpe.org.br

O ADIAMENTO DAS ELEIÇÕES

 

As eleições municipais de 2016 foram disputadas com crise econômica. Foram inúmeros os prefeitos que utilizaram a referida crise para justificar que não foi possível fazer mais. O sucesso de tal estratégia foi repetida por variados candidatos aos governos estaduais na eleição de 2018. Mas uma vez, a crise econômica permitiu o sucesso de variados competidores.

Neste ano, a crise econômica estará presente na eleição. Mas não só ela. As crises psicológica, política e do sistema de saúde também. A Covid-19 contribuiu para o reforço das crises citadas. O crescimento pífio da economia brasileira no ano de 2019 ofertava condições para a nacionalização da disputa municipal. O presidente da República governa em constante conflito com o Parlamento e governadores. O medo do desemprego e a percepção de que “as coisas já foram melhores” foram detectados por pesquisa qualitativa entre os eleitores antes da Covid-19. A saúde pública tem sempre destaque quando pesquisas quantitativas revelam o principal problema da cidade.

A quarentena parou o Brasil. Setor produtivo, profissionais liberais e trabalhadores informais esperam, ansiosamente, o retorno ao trabalho, pois a renda diminuiu ou desapareceu. Pesquisas revelam que as pessoas, em sua maioria, temem ser infectadas pelo Covid-19. A agenda da opinião pública é única: coronavirus. Tenho a hipótese de que o Covid-19 pode modificar as crenças da população. Após o declínio da curva de pessoas infectadas pela Covid-19 é possível que nova quarentena venha a ser necessária. O presidente Bolsonaro produz diariamente crises dentro da crise do coronavirus.

Como pedir votos logo após ao ápice da crise do coronavirus? Campanha eleitoral é contato físico, emoção, alegria, reuniões para a construção de alianças, olho no olho. Apesar da grande importância das redes sociais, nada substitui uma caminhada pelas ruas que foram calçadas, um abraço na dona de casa, um aperto de mão, um sorriso para a criança, uma frase de efeito numa reunião ou em um programa de rádio. Eleição exige conversa franca com eleitores e propostas exequíveis para as suas demandas.

Considerando que o número de vítimas do Covid-19 comece a declinar em maio, junho, julho e agosto serão meses decisivos para o controle da epidemia. Portanto, não é adequado começar a campanha eleitoral em agosto. Por consequência, não é possível ocorrer eleição em outubro. É necessário o adiamento da eleição municipal para novembro de 2020, quando será possível, teoricamente, abraçar o eleitor.

;

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

O Moda Center Santa Cruz passa a ser, a partir da próxima segunda-feira (27), local para entrega de mercadorias as transportadoras vindas de várias partes do país. Tal medida atende ao decreto Nº 027/2020 publicado em 22 de abril pela Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Capibaribe e visa promover, mesmo que aos poucos, a movimentação da economia local frente ao cenário de restrições impostas pelo avanço do novo coronavírus, assim como agilizar o escoamento dos artigos de moda e vestuário produzidos pelos fabricantes.

As entregas acontecerão de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h, de forma agendada, em uma estrutura montada em parte do estacionamento frontal do Moda Center, onde comerciantes e transportadoras precisam obedecer a um conjunto de regras formuladas a partir de reuniões com representantes do Moda Center Santa Cruz, Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, Ministério Público, Polícia Militar, Associação Empresarial de Santa Cruz do Capibaribe (ASCAP) e CDL Santa Cruz.

As vendas de forma presencial em boxes e lojas do parque continuam proibidas de modo a se cumprir o decreto nº 48.830 publicado pelo Governo do Estado em 18 de março de 2020, que trata da suspensão das feiras como uma das medidas para enfrentamento ao avanço da doença (Covid-19).

“A diretoria do Moda Center Santa Cruz é ciente de que todos os comerciantes, condôminos ou não, passam por um momento jamais vivenciado, porém para que todos continuemos fortes enquanto a situação não volta a normalidade, será necessário a busca incessante pela adaptação frente ao atual cenário econômico”, pontuou o síndico do Moda Center, José Gomes Filho. 

Confira as regras abaixo e, como alternativa durante a pandemia, faça vendas seguras pelo WhatsApp, telefone, redes sociais, entre outros meios não presenciais:

 

Com base nos decretos em vigor e nos protocolos de saúde para segurança de clientes, colaboradores e população em geral, a CDL Santa Cruz do Capibaribe divulgou algumas recomendações que devem ser seguidas pelos estabelecimentos que estão autorizados a funcionar, confira abaixo:

  • As lojas devem orientar e preparar as equipes mostrando a importância de cumprir as regras de saúde para segurança de todos;
  • As lojas devem disponibilizar máscara e álcool em gel para todos os seus colaboradores;
  • As lojas devem permitir apenas a entrada e permanência no estabelecimento de pessoas usando máscara. Recomendamos que as lojas disponibilizem máscaras também para clientes que eventualmente cheguem ao estabelecimento sem essa peça fundamental para saúde pública;
  • As lojas devem disponibilizar álcool em gel para higienização dos clientes já na entrada do estabelecimento. Também deve ser disponibilizado álcool em gel em pontos estratégicos e de maior fluxo como balcões, mesas e caixas. As lojas devem ainda disponibilizar local com água corrente (pia com torneira) e sabão para higienização das mãos de todas as pessoas.
  • Após cada uso, as lojas devem higienizar todas as estruturas envolvidas no atendimento do cliente, tais como: balcões, cadeiras, mesas, caixas, máquinas de cartão de crédito e todo e qualquer equipamento utilizado no atendimento; inclusive produtos que forem tocados e que possam ser higienizados, como por exemplo peças de tecidos revestidas com saco plástico;
  • As lojas devem fazer valer o distanciamento de 1,5m no atendimento, bem como organizar o fluxo de pessoal nos espaços de atendimento para evitar aglomeração;
  • As loja devem liberar os colaboradores acima de 60 anos para ficar em casa;
  • As lojas devem liberar para ficar em casa os colaboradores com doenças como diabetes, hipertensão e outras que possam ser um fator agravante com a Covid-19;
  • Mesmos abertas e liberadas para funcionar, as lojas devem incentivar o atendimento via WhatsApp com entrega;
  • A cada duas horas de funcionamento, o piso da área de atendimento das lojas deverá ser higienizado com uma solução de água e água sanitária.

Eduardo Ferreira

Na noite desta quinta-feira (23), um homicídio foi registrado no Sítio Cavalo Russo, zona rural de Brejo da Madre de Deus. Na ocasião, três jovens estavam em uma moto quando foram surpreendidos por dois indivíduos que atiraram em direção aos mesmos.

A moto estava sendo guiada por um adolescente de 17 anos que não ficou ferido, um dos garupas, identificado como Aniceto Ferreira Neto, 24 anos, foi atingido nas costas e na virilha e o outro rapaz, identificado como Eduardo Ferreira, que também estava na moto faleceu no local.

Aniceto foi socorrido por uma equipe do SAMU para a UPA Mestre Camarão e não corre risco de morrer. De acordo com informações de populares, Aniceto havia sofrido outra tentativa de homicídio. A polícia está investigando o caso, a motivação e autoria do crime não foram divulgadas.

Foto: Yacy Ribeiro.

Decreto Estadual Nº 48.969 publicado nesta quinta-feira (23) autoriza a reabertura de lojas de aviamentos e tecidos, a autorização de funcionamento é para o fornecimento de materiais necessários para a fabricação de máscaras e outros Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) relacionados ao enfrentamento a COVID-19.

“Ontem tivemos uma reunião virtual entre todas as entidades de Santa Cruz, Toritama e Caruaru com o secretário de desenvolvimento econômico estadual. Mostramos ao secretário a dificuldade de se produzir os epis com lojas de tecidos e armarinhos fechados. Mostramos que esses estabelecimentos podem trabalhar com um controle para evitar aglomeração e contaminação.” destacou Bruno Bezerra, presidente da CDL de Santa Cruz.

O decreto também recomenda o uso de máscaras por toda população que necessitar sair de suas residências, em todo o território pernambucano e torna obrigatório, a partir da próxima segunda-feira (27), o uso de máscara pelos funcionários e colaboradores de órgãos públicos e estabelecimentos privados que estejam autorizados a funcionar, medida vale enquanto durar o estado de calamidade pública.

A íntegra do Decreto pode ser acessado clicando  AQUI.

Foto: Arquivo do Blog.

Nesta quinta-feira (23), uma equipe do BEPI recebeu informações de que um casal estaria traficando drogas em uma residência, ao chegarem ao local indicado o efetivo localizou um revólver calibre 38 e 6 munições intactas dentro de um colchão, no Sítio Cacimbas, zona rural de Toritama.

O efetivo encaminhou a dona da casa, identificada como Andressa Maria da Silva, para a delegacia de plantão de Santa Cruz do Capibaribe, porém, de acordo com informações do efetivo a arma pertence ao marido da mulher, que não foi localizado. Na casa não foram encontradas drogas, que teriam motivado as denúncias.

Andressa Maria ficou a disposição do delegado de plantão para serem tomadas as medidas cabíveis.

Foto: Alexsandro Bezerra.

Um indivíduo acusado de assassinar o próprio primo na noite da quarta-feira (22), no município de Poção, foi capturado após denúncias anônimas no bairro Oscarzão, em Santa Cruz do Capibaribe.

Segundo a Polícia Civil, a vítima foi José Edson Henrique dos Santos (48 anos) e estava bebendo em uma garagem com o acusado Jaílson Carlos da Silva. Após um desentendimento, Jaílson que estava armado com uma faca acabou esfaqueando José Edson, que não resistiu e morreu no local.

Após praticar o crime, o acusado seguiu para Santa Cruz do Capibaribe, mas foi preso em flagrante delito por policiais do Malhas da Lei e do plantão ordinário da 17ª DESEC. Ele foi apresentado na delegacia de polícia local.

Na noite desta quinta-feira (23), policiais do Malhas da Lei e do plantão ordinário da 17ª DESEC, detiveram em flagrante delito Ivanildo Nunes do Nascimento, o qual foi denunciado por populares como traficante de drogas no Loteamento Armando Aleixo, em Santa Cruz do Capibaribe.

Após buscas e ações de inteligência, as equipes fizeram a abordagem contra Ivanildo e com ele foram encontradas 400 gramas de cocaína, 135 gramas de maconha, materiais para embalagem dos entorpecentes, dinheiro, uma balança de precisão e uma moto com restrição judiciária.

O acusado confessou a prática do tráfico e foi apresentado na delegacia de polícia de Santa Cruz do Capibaribe, onde foi constatado que ele já tem antecedentes criminais por roubo, receptação e Maria da Penha.

Notícias Anteriores


 




error: Copiando nosso texto?