08
julho

Benefício


Edson Vieira sanciona Lei da Bolsa Universitária

.

Fotos: Ascom prefeitura municipal.

 

A classe universitária de Santa Cruz do Capibaribe adquiriu na manhã deste sábado, 07 de julho, na Câmara de Vereadores, o direito garantido por lei de receber um benefício mensal do Poder Público Municipal. O prefeito Edson Vieira (PSDB) sancionou a Lei nº 2164/2013 que autoriza o Poder Executivo a conceder a Bolsa Universitária aos estudantes do ensino superior residentes em nosso município que se enquadram nos requisitos do benefício sancionado.

“A Lei da Bolsa universitária é uma importante conquista para os estudantes e é fruto de mais um compromisso assumido em campanha que está sendo cumprido pela nossa gestão”, frisou Vieira.

O benefício da bolsa corresponde ao repasse mensal de R$15 mil reais a ser rateado entre os universitários e depositado diretamente nas suas contas, sem atravessador.

A lei e o edital que contém os critérios dos contemplados foram elaborados por uma comissão permanente de avaliação composta por três membros do Poder Público e três representantes da classe universitária. “Esse governo está aberto para discussões, tanto é que a forma como a lei foi elaborada não deixa questionamentos, através de um processo democrático no qual estudantes e governo cederam criamos essa lei”, ressaltou o membro da comissão, representante dos estudantes Jaelcio Oliveira.

O presidente da Câmara de Vereadores, Junior Gomes (PSB) destacou a importância do momento e do compromisso do poder público com a educação no município. “A elaboração dessa Lei é um avanço significativo, pois não é uma ação terminativa, ela terá efeitos duradouros que trarão benefícios em longo prazo para os universitários de nosso município, ações como essa demonstram a sensibilidade do prefeito no trato com as questões publicas”,  comentou.

“Essa conquista representa um momento histórico para militância estudantil santa-cruzense foi uma ação de política pública permanente que vai vigorar não só nessa gestão, mas vai garantir que em outras gestões os estudantes tenham uma lei que assegure seu direito”, observou o Secretario de Cidadania e Inclusão Social Gilson Julião.

A partir de agosto, a bolsa oriunda de recursos do gabinete, já estará disponível para os estudantes com renda per capita familiar de até um salário mínimo e meio, estiverem matriculados e frequentando regularmente estabelecimentos de ensino superior em outras cidades e se deslocarem ao menos três dias por semana para cursar a graduação.

“Os critérios adotados na elaboração da lei foram muito importantes, porque vão atender e contemplar os estudantes que realmente precisam, eu ganho menos de um salário mínimo e essa bolsa vai ajudar muito na conclusão dos meus estudos”, disse o graduando em Química pela UFPE Júlio César Gomes.

A Coordenadora da Juventude Clarissa Carvalho apresentou o edital aos estudantes presentes e alerta que os interessados em garantir o benefício, providenciem a documentação requerida no edital e fiquem atentos aos prazos e locais para as inscrições da Bolsa Universitária.

 

Clarissa Carvalho.

 

Serviço

 

Dias 15 a 19 de julho, inscrições na Secretaria de Educação – Avenida 29 de Dezembro, nº 79, Centro e Secretaria de Cidadania e Inclusão Social – Avenida José Francisco de Queiroz, nº 480, Bairro Nova Santa Cruz, das 8h às 17h.

 

Dia 29/07/2013 divulgação do resultado da seleção que será realizada por meio da análise socioeconômica, conforme documentação apresentada pelo estudante listada nos anexos, podendo ser realizada visita domiciliar.

 

Dias 30/07/2013 a 02/08/13, entrega do termo de adesão dos beneficiários com os dados bancários.

 

Dia 07 de agosto de 2013 ampla divulgação da lista dos contemplados.

 

Os estudantes que tiverem sua solicitação indeferida terão um prazo de 5 dias subsequente ao dia da divulgação do resultado, para recorrer da decisão.

 

Segue o edital da Bolsa Universitária com a documentação e os critérios para os futuros beneficiários da bolsa.

 

Informações da Assessoria.

13 Comentários

  1. Zito disse:

    Só no Brasil mesmo, comemoração de uma esmola universitária kkkk. Gastam milhões com festas que só promovem uma cultura pobre de valores para a sociedade. Quando o quesito é educação, cria-se uma mísera bolsa e ainda há quem comemore. Só Deus na causa para mudar o pensamento deste povo. Pois pobre não é quem a receberá, pobre é esse tipo de governo que sacrifica o essencial pelo supérfluo!

  2. Rodolfo Aragão disse:

    Cadê o edital?

  3. Gilberto Geraldo disse:

    o edital está a disposição para ser baixado no link:
    http://www.4shared.com/office/n5KCVVOe/Editaltransporte_universitario.html

  4. Marcos Henrique disse:

    Qual é os documentos para se escrever no bolsa universitária que na informação acima não vem falando?

  5. Joao P. disse:

    Interessante que todo esse valor destinado a toda classe universitária, não ultrapassa o valor de apenas 02 carros alugados pela mesma prefeitura. Vejam então se há o que se comemorar. Para esse governo, 02 carros valem mais do que todos os estudantes. É isso mesmo que estão comemorando??? Vergonha!

  6. Edson Alves disse:

    Gostaria de parabenizar esta ação da prefeitura, não pelo valor destinado, que é pífio se levarmos em consideração o numero de universitários que temos em nossa cidade, mais pela forma como será dividido, pela primeira vez em 3 ano de estudos fora de SCC, terei a oportunidade de possivelmente receber algum auxilio estudantil da prefeitura, por que estudo em tempo integral e me desloco em transporte alternativo, sendo assim, nunca fui contemplado com quaisquer auxilio oriundo da prefeitura.

  7. J. FILHO disse:

    APESAR DE TODA ESSA ESPECULAÇÃO EM TORNO DESSE FEITO DA PREFEITURA DE NOSSA CIDADE, PERCEBEMOS QUE AINDA HA MUITO A SE CONQUISTAR, NÃO PODEMOS NEGAR QUE ESTA É UMA AÇÃO CONCRETA, POREM JÁ TIVEMOS OUTRAS AÇÕES EM OUTROS GOVERNOS. E MAIS, ESSA PODERIA SER MUITO MELHOR DO QUE ESTA SENDO. ENTÃO FICA O APELO E A DICA AOS GOVERNANTES ATUAIS E ALGUM QUE POSSA VIR: CUIDE BEM DO NOSSO POVO, POIS NÃO ESTAMOS MAIS ACEITANDO CONVERSAS BONITAS EM TROCA DE AÇÕES CONCRETAS, TEMOS FORÇA E DETERMINAÇÃO PARA BUSCAR O QUE NOS É DE DIREITO E NECESSARIO!

  8. Euclides da Cunha disse:

    E assim vai caminhando a cidadezinha, contentando seu povo com migalhas sob escudo do tão sonhado progresso. Um punhado de milho não sacia a fome do galinheiro, ora um punhado, ou um saco inteiro, para as galinhas, a festa é a mesma.

  9. Janaina Azevedo disse:

    Uma “conquista” que dada as circunstâncias e as necessidades eu definiria como um RETROCESSO!

  10. henrique martins disse:

    Esse auxilio ao estudante é muito bom, mais o valor é muito baixo devido o número de alunos ser muito alto então senhores legisladores esse valor deveria ser revisto para atingir a todos.

  11. Conceição Silva disse:

    Como estas pessoas são mal agradecidas se acham que o valor é uma miséria deixem para os que precisam o meu filho vai para Caruaru todos os dias para a UFPE e qualquer valor será bem vindo vocês deveriam agradecer a ajuda será por pouco tempo porque quem faz um curso superior depois de terminar e fizer uma especialização e depois um mestrado com certeza não precisará da micharia como vocês estão falando, quem está criticando com certeza é da oposição agradeçam a conquista que vocês estudantes conseguiram, e quanto o que foi gasto nas festas se não tivessem acontecidos vocês que estão criticando com certeza seriam os primeiros a criticar o prefeito aposto que eram os primeiros a chegar na festa, a situação hoje tá bem melhor do que a gestão passada como vocês são difíceis de agradar.

  12. Dutra disse:

    Concordo Sr. Conceição… a cada dia que se passa eu não entendo algumas pessoas desta cidade, na gestão anterior qual foi o valor que era mesmo da ajuda ao universitários? Edson Vieira parabéns pelo seu trabalho que estas sendo visto em tão pouco tempo de gestão, que Deus abençoe a vc e a nossa cidade

  13. Andre N. disse:

    Qualquer ajuda é bem vinda, agora fazer esse espanto como se fosse a maior conquista do planeta, é uma esmola sim. Doa a quem doer, o município arrecada um valor considerável e deveria dar mais atenção aqueles que formarão o seu futuro. Depois reclamam por que a sociedade é cheia de bandidos, é o reflexo do não investimento na educação. Sou estudante e sei o quanto é difícil tentar se formar, mas não sou hipócrita de vangloriar uma coisa que tem mais cunho de propaganda política do que realmente solucionar o nosso problema!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


Meses Anteriores