18
junho

Infraestrutura


Barracas passam eletricidade e assustam pessoas no centro da cidade

 

Barracas estavam passando corrente elétrica (Fotos: Elivaldo Araújo)

Na tarde desta terça-feira (18), pessoas que passavam próximo a Escola de Referência Luiz Alves, no centro de Santa Cruz do Capibaribe, reclamaram sobre alguns “choques” da rede elétrica das barracas juninas localizadas na calçada da escola. Alguns alunos também relatam que sofreram pequenos sustos com a eletricidade.

Gambiarras causaram os choques elétricos

 

Após as reclamações, foi solicitado o comparecimento da Guarda Municipal que isolou o local, em seguida os responsáveis pelo sistema elétrico do evento chegaram no local.

A Prefeitura fez aterramento da eletricidade na instalação oficial

 

Em conversa com nossa equipe, o eletricista Júnior Lino, informou que os problemas ocorreram devido a utilização de gambiarras por parte de alguns barraqueiros.

 

 

“A eletricidade que foi feita para o evento foi toda feita com o máximo de cuidado e, inclusive, toda a eletricidade [usada no evento] está toda aterrada, o problema que causou estes contatos foram gambiarras que alguns barraqueiros usaram para colocar outros eletrodomésticos”, destacou.

 

 

Em seguida, a fiação elétrica usada indevidamente foi retirada do local.

2 Comentários

  1. Gilberto Geraldo disse:

    A titulo de esclarecimento, apenas gostaria de frisar que assim que me foi comunicado que a estrutura das tendas estavam com eletricidade. Eu estava em frente à Secretaria de Educação e logo tomei as devidas providencias em chamar o eletricista Júnior que em poucos minutos já estava no local e também a Guarda Civil Municipal para que o local fosse isolado. Quanto aos alunos, fui à escola os alertar e nenhum deles chegou a ser atingido por qualquer descarga elétrica. Acompanhei toda a averiguação sendo desligada toda estrutura e logo que constatado o problema, tomadas as devidas providencias, não havendo mais nenhuma possibilidade do mesmo fato chegar a ocorrer.
    Sem mais, caso necessário, estou a disposição para maiores esclarecimentos.
    Gilberto Geraldo
    Gestor de Cultura

    1. José Fabiano disse:

      O fato é que aconteceu, gastar tanto com festas(seria melhor investir em educação e segurança por exemplo) e ainda ter gambiarras, por isso que o povo tem que protestar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 


Meses Anteriores

error: Copiando nosso texto?