19
junho

Prestação de contas


Coletiva realizada pela Câmara apresenta balanço de ações dos vereadores e prestação de contas à população

Em iniciativa pioneira, vereadores e mesa diretora prestaram contas de suas ações a população. Fotos: Thonny Hill.

Em coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira (19), os vereadores e a mesa diretora da Câmara prestaram contas de tudo àquilo que foi feito ao longo dos cinco meses de atuação.

 

Os vereadores puderam, em iniciativa pioneira, expor um resumo de suas ações, como também os trabalhos desempenhados pela Câmara e seus respectivos gastos.

 

Dos 17 vereadores, os petebistas Galego de Mourinha e Zé Elias não compareceram, justificando outros compromissos.

 

Confira o balanço feito por cada um dos 15 vereadores presentes:

 

Ernesto Maia (PTB)

 

O vereador destacou as denúncias feitas por ele e sua bancada no escândalo da Farra das Locações. Ernesto enfatizou também a aprovação de projetos de sua autoria como o Programa de Atendimento a Pessoas com Obesidade Mórbida, da campanha permanente “Obesidade Zero” para alunos das escolas da rede municipal e também o Projeto de Lei que coloca pelo menos 50% de artistas da terra em eventos custeados pelo município. Além disso, o vereador destacou requerimentos para a construção de quadras esportivas nas escolas Luiz Alves e Malaquias Cardoso.

 

 

Deomedes Brito (PT)

 

Destacou sua atuação nas denúncias do escândalo da Farra das Locações, como também sua luta por calçamento de ruas e implantação de moradias populares. Deomedes destacou suas idas a Brasília e o encontro com o senador Humberto Costa (PT) e com o deputado federal José Augusto Maia (PTB) na busca de ações que destravassem as duplicações da BR-104 e PE-160 (até o Moda Center). O petista falou também de suas solicitações em prol da transposição de aguas do Rio São Francisco e também de mais segurança para a população.

 

 

 

Helinho Aragão (PTB)

 

O petebista citou sua preocupação com a situação crítica no abastecimento (que resultaram em várias reuniões com a Compesa e na criação da “Comissão da Seca” pela Câmara) e também da campanha feita pelos vereadores a alunos das escolas, incentivando a economia de água. Helinho destacou sua luta em prol dos usuários da Unimed, cuja empresa de planos de saúde é alvo de críticas pela redução dos serviços em Santa Cruz. Além disso, o vereador citou projetos importantes como o “Acessibilidade mil”, que garante o direito de acessibilidade a pessoas com deficiência em prédios públicos antigos (mediante reformas) e novos.

 

Afrânio Marques (PDT)

 

O pedetista destacou sua luta em prol do repasse universitário e também o projeto de lei que obriga que todos os prédios públicos municipais sejam pintados com as cores da bandeira do município. Afrânio também destacou seu trabalho a frente da presidência da Comissão de Finanças da Câmara e da busca de recursos para o município, por meio de emendas parlamentares. O vereador citou duas delas vindas do deputado federal Paulo Rubem (PDT) para a construção da nova policlínica (R$ 1,3 milhão) e também de outros R$ 2 milhões para o programa ProJovem Urbano, este último com parceria do Mistério do Trabalho e Emprego.

 

 

 

Zé Minhoca (PSDB)

 

O vereador tucano citou a aprovação de projetos, dentro os quais a implantação de um pórtico na entrada de Santa Cruz do Capibaribe e também a implantação do atendimento prioritário a pessoas acima de 60 anos na prefeitura municipal. Outro projeto destacado foi o pedido de doação de um terreno por parte da prefeitura para a construção da sede da associação dos Toyoteiros, além da construção de uma escola integral no município.

 

 

 

Jessyca Cavalcanti (PTC)

A vereadora citou seus 60 dias de mandato, destacando trabalhos realizados nas comissões de Legislação e Justiça como também o envio de 10 requerimentos à prefeitura. Dentre as solicitações, estão o calçamento da Avenida Brasil (que fica em frente a escola Dr. Adilson – já em execução) e a implantação do Calendário Semestral de pagamento de servidores. Jéssyca destacou também a aprovação de dois projetos de lei. O primeiro é sobre políticas de reinserção de idosos no mercado de trabalho e de combate a evasão escolar, promovendo o aumento da participação dos pais no cotidiano escolar.

 

 

 

Carlinhos da Cohab (PSL)

O vereador citou seu trabalho como o primeiro a levar o caso da KMC à tribuna da Câmara, como também o envio de 20 ofícios solicitando por parte da prefeitura a implantação de diversas melhorias em bairros. Carlinhos também destacou a aprovação de 25 requerimentos aprovados pela casa enviados a prefeitura, solicitando o calçamento de ruas, a implantação dos trailers para oferecer mais segurança aos bairros e também maiores rondas feitas pelas viaturas da Patrulha de Bairros. Quanto aos projetos, Carlinhos destacou dois. O primeiro trata-se da colocação de placas de identificação em veículos e prédios públicos, de fato a identificar quais deles são alugados ou de propriedade do município. O segundo trata da colocação da Festa da Cohab como parte do calendário festivo de Santa Cruz.

 

Fernando Aragão (PTB)

 

O petebista destacou sua atuação na presidência da Comissão da Seca, feita para implantar ações que incentivem a economia de água (a exemplo da campanha feita nas escolas) e de reuniões com a gerência da Compesa. Fernando também enfatizou seus esforços pela reversão das águas de Jucazinho para Santa Cruz, fato que está amenizando as consequência da crise do abastecimento de água no município. Fernando também destacou os trabalhos realizados pela Câmara ao longo das gestões e criticou a não colocação em prática das leis elaboradas a partir dos projetos, citando que a maioria daqueles que são aprovados acabam esquecidos pelo poder público.

 

 

Zezin Buxin (PSDB)

 

O vereador tucano enfatizou a aprovação de projetos e requerimentos importantes. Um deles é o uso de crachás de identificação por parte dos servidores públicos do município e também de sua solicitação para que o açude da manhosa e proximidades possam ser iluminadas. Zezin destacou a sua luta para que sejam sanados os problemas relativos a esgotos estourados, para que seja feita a ampliação da via de acesso ao cemitério no povoado de Cacimba de Baixo, como também da instalação de câmeras de vigilância nas recepções dos hospitais municipais e da adoção de políticas em defesa do Rio Capibaribe, no tocante a retirada de areia indiscriminada do rio.

 

Dida de Nan (PSDB)

 

O vereador (e líder do governo na Câmara) destacou requerimentos importantes que resultaram na colocação de uma ambulância para a vila de Poço Fundo, como também no calçamento de três ruas daquela localidade, que deverão ser finalizadas até outubro segundo o vereador. Dida também destacou seus trabalhos para a colocação de antenas de celular em Poço Fundo. De acordo com ele, o sinal já pode ser disponibilizado ainda esta semana e que pretende fazer a mesma iniciativa para a Vila do Pará. Entre os requerimentos, Dida também focou a segurança, com a solicitação de policiais para a vila de Poço Fundo, como também da implantação da Policlínica AME (em Santa Cruz) e da revitalização de canteiros às margens da PE-160 que corta o município.

 

Ronaldo Pacas (PSDC)

O vereador do PSDC destacou a sua atuação nas comissões da Câmara, como da aprovação de 45 requerimentos e 25 projetos de lei de sua autoria. Entre os requerimentos, estão à solicitação de ações voltadas para as áreas de educação, infraestrutura e saúde, destacando a solicitação para resolução da carência de materiais para o PSF da Vila do Pará e também na melhoria ao atendimento prestado ao Homem do Campo. Quanto aos projetos, Ronaldo destacou o projeto que institui o dia do “Louva Santa Cruz” e também declarou ações para o próximo semestre a exemplo da elaboração de um requerimento que solicita a intensificação de atendimentos aos bairros pela unidade móvel de atendimento odontológico.

 

Klemerson Pipoca (DM)

 

O mais jovem entre os vereadores destacou seus trabalhos na aprovação de 37 requerimentos e sete projetos de lei. Dentre os requerimentos estão a padronização e fiscalização dos pontos de moto-taxistas, a instalação da Casa da Juventude e a implantação do ensino médio, já para o próximo ano, na zona rural e a revitalização do Parque Florestal. Entre os projetos, Pipoca destacou a realização da Semana de Conscientização sobre o Autismo (já realizada este ano), como também da aprovação da meia entrada em eventos realizados em Santa Cruz do Capibaribe para pessoas com deficiência. Outro ponto focado foi a reativação do Conselho Antidrogas, no qual preside.

 

Vânio Vieira (PSDB)

O vereador tucano enfatizou diversos requerimentos voltados para a saúde e infraestrutura. Dentre eles, Vânio focou suas solicitações para a pavimentação de ruas no Bairro da Palestina, da implantação de um parque infantil e reformas da quadra esportiva da escola da Palestina. Vânio também enfatizou que solicitou, também em requerimentos, reformas do Posto de Saúde da Palestina, como também da construção da cobertura do Calçadão do Moda Center. Além disso, o vereador destacou sua luta para a construção da Praça de Alimentação para os antigos barraqueiros de lanches, da implantação de um PSF no Bairro Arcoverde e também de uma área de traumas e uma UTI no Hospital Municipal.

 

Narah Leandro (PSB)

A vereadora destacou as ações realizadas com a reativação do Conselho de Paz no município, destacando as mais de 80 palestras contra a violência realizadas nas escolas e bairros, como também dos três eventos da “Pedalada da Paz”. A vereadora também citou o seu papel de destaque conseguido pela presidência da ala feminina da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP Mulher), como também de suas atuações em prol das obras de duplicação da BR-104 (já iniciadas) e da PE-160 (ainda sem previsão de início). Outros pontos focados foram as visitas realizadas as secretarias do estado, com destaque a de Defesa Social (na qual solicitou mais agilidade para a implantação do 24º BPM) e também a sua atuação no legislativo, com 30 requerimentos aprovados, cinco projetos de lei e um de resolução, voltados para a saúde, educação e transportes.

 

Junior Gomes (PSB)

O socialista focou a prestação de contas das atividades realizadas pela casa de leis. Dentre elas, a elaboração por parte dos vereadores de 118 Projetos de Lei (sendo 109 aprovados), como também de 12 enviados pela prefeitura (poder executivo) e aprovados pela casa, além de sete de resolução. Outro ponto abordado foi a importância dos cursos profissionalizantes promovidos pelo CIDATEC, como da aprovação de 435 dos 441 requerimentos. Junior também fez a prestação de contas dos recursos que foram empregados na Câmara ao longo dos cinco meses. Foram enviados R$ 1.727.206,85 para pagamentos hoje (19), sendo pagos R$ 1.054.954,54 para pagamento de vereadores assessores e funcionários da casa, o que equivale a 67% da verba, abaixo do limite de 70% que deve ser usado para esses fins. Além disso, despesas com INSS, incentivos a esportistas e outros gastos foram descriminados, estando em detalhes, segundo o vereador, no Portal da Transparência da Câmara.

 

 

Para acessar o Portal, basta clicar AQUI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


Meses Anteriores