28
junho

Crise na segurança pública – Após oito meses, Secretário de Defesa Social de Pernambuco deixa o cargo


Foto: Divulgação

Na tarde desta quarta-feira (28) foi confirmada a saída de Ângelo Gioia do cargo de Secretário de Defesa Social de Pernambuco. O posto lida diretamente com o comando da segurança pública no estado, que vivencia uma grave crise motivada pela defasagem no quadro de efetivos e de estrutura de trabalho, aliada ao crescente número de crimes violentos e também cometidos contra o patrimônio (assaltos e furtos).

Ângelo Gioia, que é policial federal aposentado, assumiu o cargo em outubro de 2016, depois da saída de Alessandro Carvalho. Para seu lugar, está escalado o atual corregedor-geral da pasta, Antônio de Pádua Vieira Cavalcanti.

O governador Paulo Câmara (PSB) fará a posse do novo secretário na próxima sexta (30), no Palácio do Campo das Princesas. Com a saída de Gioia, fica a expectativa se as promessas, em especial aquelas que repercutem no Polo de Confecções a exemplo da instalação de um novo Batalhão Especial da Polícia Militar em Caruaru (cujos efetivos também serviriam para Santa Cruz) e um novo concurso público para contratação de novos policiais civis entre outros serão, de fato, cumpridas.

.

Coincidência ou reflexo da crise?

Ainda de acordo com o Governo do Estado, a saída de Gioia se deu por motivos pessoais, mesmo motivo alegado por Alessandro quando também deixou o cargo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 


Meses Anteriores

error: Copiando nosso texto?