30
junho

Com cobranças e novos pedidos, vereadores de Santa Cruz fazem prestação de contas de seus mandatos no primeiro semestre


Fotos: Thonny Hill e arquivo

 

Na manhã desta sexta-feira (30) vereadores de Oposição e Situação em Santa Cruz do Capibaribe realizaram as suas prestações de contas relacionadas ao primeiro semestre de seus mandados.

Também foi anunciada a volta das transmissões via emissoras de rádio, já para o segundo semestre. A emissora em questão ainda não foi definida. Além disso, dos 17 edis, apenas oito deles fizeram uso da tribuna com essa finalidade, onde também fizeram cobranças e relembraram pedidos atendidos. Confira trechos principais das falas de cada um:

 

Junior Gomes fala de Projetos de Lei e cobra prestação rápida de contas do São João da Moda 2017

“Ao mesmo tempo que temos a divulgação para que se tenha o lançamento do São João, era importante e eu ficaria extremamente orgulhoso e feliz se tivéssemos em breve, em 15 dias ou um mês, uma divulgação para que a prefeitura pudesse também fazer a prestação de contas desse evento tão grandioso” e completou: “Gostaria que agíssemos diferente de como normalmente acontece. Se os gestores de outros municípios não estão preocupados em prestar contas, que tenhamos essa iniciativa” – pontuou

O vereador falou também sobre projetos de lei e requerimentos, entre eles o pedido para implantação do Expresso Cidadão e também a retirada da rodoviária para outro local.

 

Capilé destaca luta pelo tombamento do prédio da Escola José Francelino Aragão e por implantação de poços artesianos em bairros

“Dentre os meus requerimentos, tem o tombamento do prédio da Escola José Francelino Aragão, que fica na Avenida 29 de Dezembro. É um ponto histórico, completou 50 anos e é das escolas, da avenida, que continuam com a sua estrutura intacta e outro requerimento que fiz, devido à seca que passamos, solicitamos ao prefeito para que fossem implantados poços artesianos na Palestina e no bairro Arcoverde. Espero ser atendido” – disse.

Capilé também aproveitou para reforçar a cobrança de Junior Gomes quanto a prestação de contas do São João da Moda 2017.

 

Deomedes destaca lutas pela transposição, volta da Polícia Amiga e implantação do Expresso Cidadão

“Nesses quase 100 requerimentos e projetos de lei, quero me pegar a esse do Expresso Cidadão, que Santa Cruz já deveria ter. Na segurança, cheguei a fazer parte junto com o Tenente coronel Sena que era o Polícia Amiga e se reduziu 90% dos crimes no Santo Agostinho e não teve mais homicídios. O novo comandante acabou com uma ideia que deu certo e já fiz requerimentos para que voltassem, mas não voltam. Quero falar também dessa minha luta há cinco anos, que é pelas águas da transposição para Santa Cruz” – frisou.

O vereador aproveitou para pontuar sua luta pela revitalização do açude da manhosa, para construção de uma área de lazer.

 

Ernesto destaca aprovação de 15 projetos de Lei na Câmara

“Desses 124 projetos de lei apresentados, tenho orgulho de ter 12% deles ou seja: 15 projetos de lei que temos o cuidado de saber se eles serão executados. Posso citar dois deles. Em relação ao São João, eu sou o autor da lei que faz com que todos os anos a prefeitura homenageie alguém em vida e alguém que já partiu. Também é minha uma lei que obriga a prefeitura, em todos os eventos que se dispunha de recursos públicos, que 50% dos artistas que estejam se apresentando sejam da cidade, de artistas da terra. Dentre essas 15 leis, tem uma que faz com que a prefeitura, a partir de agora, disponibilize um psicólogo terapeuta em relação ao comportamento e aproveitamento escolar” – disse.

O vereador também aproveitou para destacar a produção de vídeos que geraram, segundo ele, em denúncias efetivas contra o Governo Vieira, a exemplo do atraso nas obras do Centro de Educação Infantil e do Aterro Sanitário.

 

Jessyca Cavalcanti destaca projetos para castração de animais abandonados e também voltados ao atendimento a vítimas com câncer

“Vamos estar ampliando esse projeto para o segundo semestre com a parceria que estabelecemos coma Secretaria de Saúde, viabilizando de forma gratuita. Coletamos esses animais na rua e vamos abrir o espaço para que, quem não tem como pagar, possa fazer essa castração. Isso foi um dos pilares de nosso mandato” e completou: “Outro pilar que priorizamos são projetos de lei e requerimentos que visem o atendimento as pessoas com câncer. Tive esse drama familiar e sei que é necessário que o Poder Público apoie de qualquer forma que beneficiem essas pessoas. Teremos agora em julho, organizando aqui nessa casa, uma fundação em prol das pessoas com câncer” – frisou.

A vereadora também frisou requerimentos para construção de quadras poliesportivas e nas escolas.

 

Ronaldo Pacas enfatiza solicitações em prol da pessoa com deficiência

“Destaco a informatização da UPA, o curso de libras que estendemos aos servidores municipais e o raio-x para o hospital municipal. Voltando ao curso de libras, lembro a inclusão dessas pessoas como professores da rede municipal e do nosso comércio, que já estão prontas para atender a população.  É um passo importante que, talvez, nem em outras cidades tiveram. Tivemos requerimentos que foram aprovados como o envio da guarda municipal a vila do Pará, a perfuração de poços nos sítios e também a ampliação de cemitérios e lixeiras nas vias públicas, além de reparos naquela localidade. Destaco também o pedido para aquisição de um veículo para pessoas que precisem fazer fisioterapia e esperamos ser atendidos” – disse.

Ronaldo também aproveitou para destacar a aprovação de requerimentos para implantação de um centro de reabilitação e também a contratação de um urologista para atuar no AME Especialidades.

 

Pipoca destaca solicitações para asfaltamento e campanhas de divulgação do Calçadão e Moda Center

“Nesses seis primeiros meses, com responsabilidade, estamos tentando fazer um mandato melhor que o do ano passado. Destaco esses que foram muito importantes para Santa Cruz, onde estivemos junto com o prefeito em Brasília cobrando ao ministro Bruno Araújo o asfalto para Santa Cruz. Fizemos um projeto e deu um valor estimado em quase R$ 4 milhões em asfalto para nosso município e, se Deus quiser, vai sair. Outro requerimento importante foi nosso pedido pelo Cartão Reforma e esse é um projeto interessante e Santa Cruz, se Deus quiser, vai ser contemplada graças a cobrança nossa e do prefeito. Destaco também meu pedido para uma campanha de divulgação do Calçadão de Feiras e, naturalmente, do Moda Center” – frisou.

 

Zé Minhoca destaca solicitações para cobertura da Central de Feiras, de terreno para Batalhão da PM e de escola para a Malhada do Meio

“Apresentamos ao longo desses seis meses 145 requerimentos e tivemos um pico acentuado, que fomos o que mais individualmente apresentou solicitações nesta casa. Tivemos em janeiro uma produtividade “X”, em fevereiro fomos os menos exigidos, mas chegamos a esse número, graças a Deus. Quero destacar alguns requerimentos, um que solicita que a prefeitura doe um terreno para a instalação de um Batalhão da Polícia Militar, destaco a solicitação para a cobertura da Central de Feiras e o prefeito, muito sensível, foi ao FEM e conseguiu pouco mais de R$ 500 mil, que ainda não é suficiente, mas garantiu que no primeiro semestre do ano que vem, essa cobertura estará feita. Destaco também a solicitação para a construção de uma escola de ensino Fundamental e Médio na Malhada do Meio e teremos uma reunião com Mendonça Filho na segunda semana de julho sobre isso.  Ele prometeu que ia fazer. Dentre os projetos, destaco o que instituiu aqui o “Maio Amarelo”, que ensina as pessoas a conviver no trânsito” – disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 


error: Copiando nosso texto?