06
setembro

As curtinhas do Romenyck Stiffen


O desafio!

Sem esquecer de “Mané do Brog” – No dia em que o prefeito Edson Vieira (PSDB) deu a ordem de Serviço para construção da Praça Emanoel Glicério, uma justíssima homenagem, por coincidência me deparei no Facebook com um link que me fez navegar até o glorioso Diário da Sulanca, do meu saudoso amigo-irmão, Mané do Blog, onde lá estava um texto majestoso do mesmo.

21/10/12 – Essa foi à data que Mané fez uma de suas principais analises sobre o recém-eleito prefeito Edson Vieira e o texto trazia o seguinte titulo: O desafio é ser maior que Raymundo…

A pressão – Emanoel colocava uma grande pressão em seu texto ao lançar esse desafio ao jovem prefeito. Vejamos sua escrita: “Sei que ao escrever essa opinião posso chocar algumas pessoas que veem em Raymundo Aragão um ser intocável na política local, e concordo que ele é único e até hoje inalcançável no quesito competência política e gestão pública. E é justamente por isso que Edson Vieira tem que focar como meta ser maior que Raymundo, não em relação a uma mera disputa política para ver quem foi o melhor prefeito da história, mas porque a cidade necessita. Santa Cruz foi planejada por Raymundo para ser uma grande cidade, só que após suas gestões tivemos o azar ou a falta de competência de escolher melhor os nossos prefeitos e ficamos reféns de líderes medíocres, com gestões no máximo regulares”.

Deu a receita – Mas apesar da pressão, nosso querido Mané deu a receita ao afirmar no texto que “Edson tem o desafio de beber na fonte da sabedoria de Raymundo Aragão, e ser maior do que ele não por uma questão política, mas porque a Santa Cruz de hoje é muito maior que a Santa Cruz de ontem”.

A dica – Contudo, a principal e maior dica dada por Glicério foi à de que “para o prefeito eleito o desafio é outro, ele tem que fechar os ouvidos para frases e conselhos de ‘aliados’, se brindar de críticas insanas de adversários e focar em uma única meta: Ser maior que Raymundo”.

O que pensaria? – Fiquei a imaginar que para meu amigo e conselheiro Emanoel Glicério, pessoa com que tive o privilégio de trabalhar em seu blog e na bancada do Rádio Debate, o prefeito Edson Vieira, já em seu segundo mandato, teria conseguido cumprir o desafio proposto? Ou não conseguiu “se despir da estupidez politica”, tão citada por Emanoel, sendo espelho “de lideres medíocres” do passado, “com gestões no máximo regulares”?

Desculpem o historiador – O texto acima fugiu a regra de minhas curtinhas. Hoje trabalhei no oficio de um simples historiador trazendo ao presente uma fonte escrita de uma das mentes mais brilhantes que conheci, pois como memória e esquecimentos andam juntas, é sempre necessária trazer reflexões passadas, mas que parecem não estar desatualizadas.

.

As opiniões e informações aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 


error: Copiando nosso texto?