21
janeiro

Adolescentes suspeitos de matar Danilo Nunes passam por audiência de custódia e são encaminhados para Funase de Caruaru


Os dois adolescentes de 16 e 17 anos suspeitos de assassinar o colunista social Danilo Nunes, em Santa Cruz do Capibaribe, na última sexta-feira (14), foram conduzidos para a Funase de Caruaru após audiência de custódia.

Na última quarta-feira (19), os menores infratores foram levados para a Delegacia de Polícia Civil de Santa Cruz, onde confessaram ter assassinado o colunista social a facadas e em seguida queimado o corpo na zona rural de Taquaritinga do Norte.

Danilo da Zíper, como também era conhecido, estava desaparecido desde a última sexta-feira (14), quando foi visto por câmeras de monitoramento pela última vez saindo em seu carro por volta das 22h. No sábado, o veículo do colunista foi encontrado capotado e um jovem de 15 anos estava morto ao lado.  

Apesar da confissão dos menores, a família do colunista aguarda o resultado da perícia do Instituto de Medicina Legal (IML) para saber se o corpo carbonizado é o de Danilo Nunes. Por meio de nota, o Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife informou que, o corpo ainda se encontra em processo de identificação, e que, já foram realizadas perícias e foi coletado material genético para exame de DNA no Instituto de Genética Forense Eduardo Campos.

O IML disse também que depois desta identificação o corpo será liberado para família, mas que não um prazo para que isso aconteça.

Relembre o caso

Com informações do G1 Caruaru

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


Meses Anteriores