Oficina de frevo reúne foliões para um momento de lazer e valorização da cultura

 

Todo início de ano é marcado pela busca da boa forma física, pessoas de todas as idades procuram realizar alguma atividade para alcançar as metas estabelecidas para chegar ao verão com o corpo que desejam.

 

Os moradores de Santa Cruz do Capibaribe, Agreste de Pernambuco, estão alcançando a boa forma através de uma combinação de lazer e cultura proporcionada pela oficina de frevo oferecida de forma gratuita pela prefeitura no teatro municipal, desde o último dia 07 de janeiro.

 

 

A estudante de Biomedicina de 19 anos, Malena Arruda encontrou no frevo uma forma de melhorar sua saúde e se preparar para o carnaval ao som do ritmo pernambucano que movimenta o corpo e proporciona alegria aos passistas.

 

O professor de dança, André Dibiasy, recifense de 27 anos, que há quatro anos trabalha com o PETI, ProJovem, CCI e instituições particulares do município, relatou que a ideia da oficina de frevo surgiu nas suas férias. “Inicialmente, eu iria oferecer aulas gratuitas de frevo no Parque Florestal, porém, após uma conversa com o Gestor de Cultura, Gilberto Geraldo, recebi todo o apoio da prefeitura para ampliar o número de alunos com uma oficina ministrada no Tetro Municipal”, disse,

 

 

“É muito gratificante ver o aumento do número de alunos e o seu desenvolvimento no decorrer das aulas e vivenciar a cultura pernambucana retratada no frevo”, finalizou.

 

 

A turma de 66 alunos une profissionais, como a professora de Dança de Salão, Mariane Costa e aprendizes como a vendedora Amanda Constâncio, que juntos trocam experiências e se preparam para o carnaval.

 

“Santa Cruz do Capibaribe era uma cidade muito carente em ações culturais, iniciativas como essa da oficina de frevo, estão me oferecendo a oportunidade de conhecer uma nova cultura e aprender as técnicas do frevo que é um ritmo que dá resistência e fortalece a musculatura”, disse o estudante de balé clássico de  22 anos, Helton de Souza, que se prepara para participar de um seminário internacional de dança.

 

A oficina de frevo será ministrada, todas as terças e quintas-feiras, das 19h às 20h40, até o dia 27 de fevereiro e promete movimentar o período pré-carnavalesco dos santa-cruzenses que desejam entrar em forma e vivenciar a cultura pernambucana.

 

Informações da Assessoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 

error: Copiando nosso texto?