02
dezembro

Sem risco


José Augusto Maia não deverá perder mandato por trocar PTB pelo PROS

 

Alheio a várias possíveis percas de mandato para dois deputados federais e oito estaduais pernambucanos devido troca de legenda partidária, o deputado federal José Augusto Maia (PROS) corre do lado oposto a essa corrente.

 

De acordo com Inaldo Sampaio, José Augusto Maia (foto) não seria cassado pelo Ministério Público Eleitoral sob a alegação de deixar o partido pelo qual se elegeu (PTB) para se filiar a outro “pré-existente”.

 

Em sua coluna “Fogo Cruzado”, Inaldo afirmou que “pela resolução do TSE, que prevê a perda de mandato para quem trocar de partido, não correm o risco de cassação por infidelidade partidária os deputados federais Augusto Coutinho (ex-DEM) e José Augusto Maia (PROS). Ambos se filiaram a “partidos novos” e respeitando o prazo que a lei prevê (até 30 dias após o deferimento do registro pelo TSE)”.

 

Ainda de acordo com Inaldo, caso a possibilidade de perca de mandatos ganhe força, deverão ser prejudicados “2 federais (Cadoca e Sílvio Costa) e 8 estaduais (Adalberto Cavalcanti, Tony Gel, Mary Gouveia, Clodoaldo Magalhães, Marcantônio Dourado, Ricardo Costa, Everaldo Cabral e Isaltino Nascimento). Cadoca trocou o PSC pelo PCdoB, e Sílvio Costa o PTB pelo PSC”.

 

Com informações do Blog do Inaldo Sampaio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores