22
abril

As curtinhas do Romenyck Stiffen


Romenyck StiffenDificuldades – A explanação do secretário de finanças de Santa Cruz do Capibaribe, Roberto Soares, na ultima terça-feira (19), na reunião de comissões da Câmara de Vereadores, apontaram as dificuldades financeiras do município, mas não imaginava que a situação era tão complicada a ponto de comemorar, na terra das confecções, a compra de 30 fardas com RECURSOS PRÓPRIOS.

Comemorou muito – Pois é! Através de nota da Gerência de Comunicação, a prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe comemorou e muito, na terra das confecções, a compra de 30 fardas com RECURSOS PRÓPRIOS para os agentes de trânsito e ao administrativo operacional da mobilidade do município.

Emenda – Sinceramente; não daria para imaginar que, na terra das confecções, a prefeitura não tivesse RECURSOS PRÓPRIOS para comprar 30 fardas, sendo necessário o prefeito Edson Vieira (PSDB) solicitar de um deputado federal uma emenda para aquisição do material.

Bom trabalho – Mesmo com o enorme exagero na comemoração da nota de assessoria, é necessário reconhecer que estão havendo melhorias na mobilidade urbana do município.

Pecado Capital – Em entrevista recente ao programa Cidade em Foco, o deputado Diogo Moraes (PSB) fez um levantamento das ações do governo Edson Vieira (PSDB) e afirmou que, diante de tanto trabalho realizado pelo grupo de Situação “O que a oposição tem e fala, é um sentimento dos sete pecados capitais que é a inveja, porque tiveram a oportunidade de trabalhar e não fizeram. Agora criticam coisas que beneficiam o povo”.

Por fora – O vereador e pré-candidato a prefeito pela oposição de Santa Cruz, Fernando Aragão (PTB), cometeu uma gafe ao questionar se a presidente do Santa Cruz PREV, Elaine Silva, seria concursada ou contratada. O parlamentar se equivocou, pois discutiu e aprovou um projeto que deixa bem claro que o presidente da instituição tem que ser do quadro efetivo do município.

Não é a primeira – O pré-candidato Fernando Aragão terá o desafio de falar mais com a razão do que com a emoção em seus discursos durante seu novo projeto. Pois não é a primeira vez que durante suas fortes falas saem gafes como essas. Termos como “capacho”, “cadeado”, “amontoado de bancas”, “trabalho de uma reunião” foram colocadas de forma equivocada em algumas frases de discursos que lhe marcam até o momento.

.

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 




error: Copiando nosso texto?