28
janeiro

As curtinhas do Romenyck Stiffen


Alternativas em definições

 

Outros ares: A política de Santa Cruz respira outros ares. Isso é perceptível nas redes sociais, malas da cidade e, principalmente, nos bastidores políticos. O desgaste não é apenas com o gestor municipal, mas na classe política quase como um todo, o que afeta diretamente os dois principais grupos da cidade: Boca Preta e Taboquinha.

Surgimento: Nesse contexto, grupos alternativos começaram a surgir na cidade, a exemplo do grupo que organizou a campanha de Bolsonaro e tem como principal liderança o empresário Robson Ferreira, e o partido NOVO que vem aos poucos ganhando uma nova dinâmica com o ex-vereador Luciano Bezerra e tem no empresário e ex-sindico do Moda Center, Alan Carneiro, uma espécie de ‘trunfo político’. Por último, podemos destacar os vereadores Helinho e Capilé que estão a todo custo tentando sair das amarras dos tradicionais grupos políticos.

Sentaram: Do final de 2018 ao início de 2019, alguns dos nomes acima citados sentaram de forma constante para conversar e tentar chegar a uma espécie de unidade, tentando afinar um discurso para o pleito de 2020.

Divergentes: Contudo, em conversa com um desses nomes, o mesmo nos afirmou que apesar do discurso de pôr um fim nas amarras dos tradicionai

s grupos políticos da cidade, as demais ideias, dos grupos alternativos em questão, são divergentes.

Definições (I): Por tanto, observaremos o caminhar de dois grupos políticos alternativos, são eles: O PSL liderado por Robson Ferreira e nomes que fizeram parte da organização da campanha de Bolsonaro, mas sem nenhum vínculo político em seu passado, ou seja, uma bandeira da novidade que tem como um dos lemas “Renova Santa Cruz”.

Definições (II): Por outro lado, observaremos um grupo alternativo que poderá ter robustez política com mescla de novidade, onde fará parte políticos que já tiveram mandatos, a exemplo de Luciano Bezerra (outros nomes poderão fazer parte), políticos de mandato, a exemplo dos vereadores Helinho e Capilé, e nomes de pessoas sem nenhum vínculo político em seu passado, a exemplo do empresário Alan Carneiro e outros empresários de expressão que simpatizam, principalmente, pelo nome de Alan.

A chapa: Nossas informações de bastidores nos apontaram que este último grupo já irá trabalhar a possível chapa agora em 2019, lançando os dois nomes que irão encabeçar a majoritária. Contudo, sem a definição de quem será o candidatado a prefeito e a Vice. Os nomes serão os dos jovens Alan Carneiro e Helinho Aragão.

Proporcional: Paralelo aos nomes da majoritária, nomes serão lançados para proporcional, onde já se teria uma lista robusta composta com nomes de vereador, ex-vereador, empresários e lideranças políticas.

Partido: Apesar da possibilidade de que todos os candidatos a vereador terão que ficar em um só partido como estratégia eleitoral, o partido Novo e o PDT estão entre as probabilidades de aportarem à majoritária.

Ação: Nosso informante de peso dentro desse grupo disse que reuniões estão sendo realizadas e ações serão colocadas em práticas, entre elas, uma visita ao Distrito Federal no próximo mês de abril, onde visitarão diversos gabinetes parlamentares, entre eles, o do deputado Ricardo Teobaldo.

Reflexão: Como falamos no início de nossas curtinhas de hoje, é perceptível que a política de Santa Cruz respira outros ares, não vamos menosprezar uma candidatura de Robson Ferreira, pois o exemplo Bolsonaro é necessário ser enxergado, muito menos a força política dos grupos tradicionais da cidade que ainda alimentam a paixão política de milhares de munícipes e quando o paredão toca ninguém fica parado. Contudo, uma chapa Alan e Helinho dará muita dor de cabeça ao grupo Boca Preta e Taboquinhas.

 

 

As informações e opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 




error: Copiando nosso texto?