23
maio

Idosa é encontrada morta dentro de casa em Santa Cruz do Capibaribe


IMG_9589Fotos: Thonny Hill

Na manhã desta segunda-feira (23) um corpo de uma idosa, de 82 anos, foi localizado no interior de uma residência em Santa Cruz do Capibaribe.

O fato aconteceu na residência de número 97, na Avenida Padre Zuzinha, Centro. De acordo com informações, funcionários de um escritório que fica vizinho a residência, sentiram um forte odor chegando dentro do estabelecimento.

A princípio, eles pensavam que algum animal estivesse morto nas proximidades, mas quando notaram que o odor saia de dentro da casa vizinha, decidiram acionar a polícia.

Policiais militares foram até o local e dezenas de curiosos aguardavam para ver o que estava acontecendo. A residência foi arrombada por parentes e o corpo da idosa, identificada como Marieta Feitosa Assis Macedo (conhecida por “Dona Pinina”) foi localizado, de barriga para cima, perto da porta, em estado de decomposição. Imagens de dentro da casa mostram que a mesma estaria deitada no sofá quando, possivelmente, teria passado mal e acabou caindo no chão.

IMG_9569Momento do arrombamento

Com a chegada da Polícia Civil, o corpo foi periciado e removido do local, para ser depois, de acordo com o policial Marcelo Malhas, ser levado para o IML em Recife.

IMG_9580[1]

IMG_9574

Ainda de acordo com Marcelo, o imóvel estava preservado, o que aumenta as chances de que a mesma tenha falecido de causas naturais.

A idosa residia sozinha em casa e, de acordo com o policial, familiares relataram que a mesma tinha um quadro de depressão, que começou desde a morte do marido, há cerca de um ano. Ela, segundo o policial, se recusava a morar com parentes no imóvel. A última vez que a mesma teria sido vista seria na última sexta-feira (20).

Segundo vizinhos, apesar da idade avançada, a idosa tinha uma vida relativamente ativa e era de conversar até tarde. Para complementar a aposentadoria, vendia cortes de panos em feiras livres pela região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores