30
junho

Cobertura da Série D


Máquina vence CSA em partida que terminou antes dos 90 minutos

Confusão entre os atletas fez partida acabar antes do tempo regulamentar. Fotos: Elivaldo Araújo.


Em jogo contra o CSA de Maceió (AL), o Ypiranga encerrou neste sábado (29), no Limeirão, a sua preparação para o retorno a Série D.

 

Restando sete minutos, por causa de uma briga entre os atletas das duas equipes, a comissão técnica do time alagoano preferiu retirar a equipe de campo, alegando falta de controle por parte da arbitragem.

 

A Máquina venceu por 1×0, com gol do atacante Danúbio aos 23 minutos do 2º Tempo.

 

Confira os principais lances:

 

1º Tempo:

 

Aos 4 minutos, a Máquina abriu o placar com o zagueiro Diego, mas o gol foi anulado por impedimento.

 

O CSA chegou com perigo ao ataque aos 17 minutos com o meia Elyeser, que chutou de fora da área e o goleiro Hudson mandou para escanteio.

 

Aos 23, o lateral Rodolfo do CSA tabelou com Marielson, que chutou para fora.

 

Após os 30 minutos, os atletas das equipes iniciaram uma série de jogadas “duras”, causando um grande acirramento, que se refletiu no final da partida.

 

Primeiro tempo foi de muita marcação pelos dois times e jogadas duras por parte das equipes.

2º Tempo:

 

Para o segundo tempo, os técnicos resolveram realizar diversas alterações e o Ypiranga começou a dominar a partida.

 

O gol da vitória alviazulina surgiu aos 23 minutos. Em jogada de linha de fundo, o zagueiro Danilo cruzou rasteiro, a bola passou pela pequena área e o atacante Danúbio colocou a bola no fundo do gol.

Com um leve toque de Danúbio, bola morre no fundo do gol da equipe alegoana.

 

 

Destaque na maioria dos jogos, Danúbio comemora mais um gol pela Máquina do Interior.

 

Após o gol, os atletas do Ypiranga resolveram começaram a tocar a bola para cansar o adversário, com isso a equipe alagoana iniciou uma série de faltas na tentativa de “roubar” a bola.

 

Com mais posse de bola, equipe do Ypiranga coloca CSA para correr mais em campo.

 

Aos 38 minutos, o zagueiro Wagner do CSA “entrou” forte no lateral Maneco. Após o lance os ânimos dos atletas se alteraram, começando uma confusão, que gerou um atrito entre os Wagner (do CSA) e o atacante Chulapa (do Ypiranga).

 

Após a confusão, a comissão técnica alagoana resolveu retirar o time de campo e a arbitragem decidiu encerrar a partida antes 45 minutos finais.

 

Com a confusão, arbitragem encerrou a partida antes do tempo regulamentar.

 

O Ypiranga voltará a campo no próximo domingo (07), pela Série D, a partida será no Presidente Vargas em Fortaleza contra o Tiradentes-CE.

 

FICHA DO JOGO:

 .

Local: Estádio Otávio Limeira Alves – Santa Cruz do Capibaribe (PE).

Árbitro: Keyler Arcoverde (PE).

Assistentes: Cícero Damião (PE) e José Hélio (PE).

Público e Renda: Não divulgados.

Cartões amarelos – Bibi, Egon, Jeferson Piauí e Danilo (Ypiranga), Wagner (CSA).

Gol – Danúbio (Ypiranga, aos 23′ do segundo tempo);

 .

Ypiranga – Hudson; Diego, Egon e Alex; Maneco, Jeferson Piauí (Danilo Silva), Alex Toritama (Rodrigo), Julinho e Rony (Danilo); Bibi (Danúbio) e Chulapa (Ernandes). Técnico: Eric Gaúcho.

 .

CSA – Vinicius; Rodolfo (Aderlan), Odair, Wagner e Brida; Robson (Wilson), Elyezer (Alisson), Marielson (Tiago) e Alex Henrique (Kel); Cecel (Everaldo) e Rogélio Balotelli (Elson). Técnico: Beto Almeida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores