28
junho

Banalização da violência


Morre jovem espancado por menores

 

 

Foto: Arquivo da Família

Faleceu na madrugada de hoje, o jovem Ualisson (23 anos), que foi vítima de espancamento na madrugada da última  quinta-feira (22/06).

 

 

Ele estava internado no Hospital da Restauração, na cidade do Recife e não resistiu aos diversos traumas que sofreu.

 

 

O motivo para ter ocorrido o espancamento foi banal, onde Ualisson teria discutido com os três menores em um bar aqui da cidade, sob o motivo de que um deles teria beijado sua namorada e, quando Ualisson estava indo embora, foi abordado pelos menores, que o agrediram com socos e chutes. O jovem saiu do local do espancamento desmaiado.

 

 

Sobre os menores que foram apreendidos, eles estão sendo também investigados por outro crime, o de um homicídio a pedradas no loteamento Neco Aragão, ocorrido nu último dia 20.

 

 

Infelizmente a criminalidade entre menores está cada vez maior em nossa cidade.

 

 

 

Confira a matéria do homicídio, em que os menores são investigados, clicando aqui

Um Comentário

  1. nego disse:

    Infelizmente a prática de crimes cometidos por “bandidos travestidos de menores” tem aumentado demasiadamente, a ponto destes chefiarem quadrilhas como a dos arrastões a restaurantes de São Paulo e de muitos outros crimes. De modo que, devemos aproveitar o momento de reforma da Código Penal para aumentar a pena para menores que é de no máximo 03 anos e acabar com a história de que o aumento de pena não diminuir a criminalidade, até porque uma de suas funções é de caráter punitivo e não apenas de regeneramento do preso, até porque se fosse assim bastaria diminuir todas as penas que teriamos a redução dos crimes.
    Ocorre que o Congresso na sua maioria não tem coragem de propor tal mudança. Porém, para estes medrosos e covardes proponho que se apresentem com a proposta de um plesbicito para que a população decida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores