10
julho

Eleições 2018 – Humberto Costa não nega afastamento de Armando, porém evita descartar alianças


Durante passagem por Santa Cruz do Capibaribe, no sábado (08), o senador Humberto Costa (PT) concedeu entrevista à Rádio Polo FM. O parlamentar falou sobre o momento político nacional e possíveis conjunturas e alianças eleitorais, visando o pleito 2018 em Pernambuco.

Humberto não nega o distanciamento com o petebista Armando Monteiro Neto, após posicionamentos em relação às reformas do governo Temer (PMDB), e diz que Marília Arraes (PT), vereadora no Recife e pré-candidata ao governo do estado, seria um novo viável, alertando porém, para outros nomes.

“Não só nome o nome dela (Marília), mas de outros que serão avaliados. […] Uma vereadora de bom trabalho parlamentar tem demonstrado ser boa articuladora. Mas temos outros nomes, como o ex-prefeito (Recife) João Paulo, a deputada Tereza Leitão… só acho que não podemos esperar muito para colocar o bloco na rua”, disse.

Sobre Armando, falou: “Nós tivemos um pequeno afastamento do senador Armando Monteiro, por conta dos temas que estão sendo discutidos e votados no Congresso Nacional, mas eu pessoalmente acho que temos que estar abertos a todas as possibilidades. Amo que vem, não sabemos como vai estar a conjuntura, então não devemos fechar portas para quem quer que seja”.

Humberto assegurou também que buscará renovar seu mandato no senado, próximo ano.

Confira a entrevista na íntegra:

Audiência Pública

O encontro reuniu lideranças políticas de Santa Cruz do Capibaribe e região.

A proposta é transpor água do Rio Paraíba (que já recebe águas da transposição do Rio São Francisco) para o Rio Capibaribe.  A ideia sofre resistência do Governo do Estado, que alega inviabilidade ao projeto, acrescentando ainda que já existe, em execução, a Adutora do Agreste.

Da Capital da Moda, compareceram vereadores de oposição, o ex-vereador Fernando Aragão, o ex-deputado José Augusto Maia, além de suplentes.  O evento ainda contou com participações de vereadores de Toritama e Jataúba, além de Bruno Adelino, diretor regional da Compesa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 


Meses Anteriores

error: Copiando nosso texto?