30
março

Cotidiano


Ocorrências do feriadão

 

Polícia prende acusados de roubo de moto

 

Na noite desta sexta-feira (29), policiais militares chegaram até dois elementos que estavam em uma moto roubada, nas proximidades do Cesac.

 

Após a prisão de Edvaldo Barros de Almeida (vulgo Badin) e Everton Vitoriano de Andrade (vulgo Grandão), os policiais foram até o Bairro Oscarzão, onde conseguiram capturar outros dois elementos também acusados de participação em assaltos.

 

A polícia conseguiu recuperar uma moto Honda CB-300 vermelha e uma moto Honda Pop 100 vermelha.

 

Tráfico de drogas no Bairro Santo Agostinho

 

Uma ocorrência de tráfico de drogas foi registrada no Bairro Santo Agostinho, na noite desta sexta-feira (29).

 

11 pedras de crack e um cigarro de maconha foram encontrados.

 

Ao todo, cinco pessoas foram detidas, sendo que duas estavam apenas em atitude suspeita.

 

Anderson Santana Pereira (vulgo Tilaco), Luiz Roberto Cardoso Lima e Felipe Rafael Marques José foram indiciados como responsáveis pela droga.

 

Motoqueiro embriagado colide com placa de trânsito

 

Na manhã desta sexta-feira (29), o condutor de uma moto foi flagrado pela polícia em estado de embriaguez alcoólica.

Ednaldo Juvenal da Silva, residente no Bairro Santo Agostinho, teria atingido uma placa de sinalização. Ele estava acompanhado de um menor de 17 anos que também estava alcoolizado.

 

De acordo com a polícia, os dois elementos teriam desacatado os policias no momento da abordagem.

 

A dupla foi detida e levada para a delegacia.

 

Mulher é agredida com golpe de faca

 

 

Uma mulher foi agredida com um golpe de faca, no Bairro São Cristóvão.

 

 

Durante atendimento no Hospital Municipal, Aline da Paz informou à polícia que teria sofrido a agressão de duas mulheres.

 

A polícia tentou a capturar as acusadas, porém não obteve êxito.

Um Comentário

  1. Joao Ferreira disse:

    Ney sugiro que você apure o ocorrido na sexta feira santa, onde relatos de populares foi que: vandalos malhavam judas na avenida 29 e a polícia em total despreparo agrediu tanto que estava participando quanto quem estava no local, que também jogou vários capacetes dos mesmos dentro do fogo. Um erro não justifica outro, sou totalmente contra aquele tipo de vandalismo. Mas a polícia tem que estar preparada para agir dentro da lei em qualquer situação, não retribuindo na mesma moeda!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 

error: Copiando nosso texto?