29
julho

Suspeito de matar mulher trans a facadas em Santa Cruz do Capibaribe é preso


 

O suspeito de matar Fabiana da Silva Lucas, de 30 anos, a facadas foi levado ao Presídio de Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Civil, o crime foi caracterizado como transfobia e aconteceu na madrugada do dia 7 de julho.

O homem após cometer o crime, foi agredido por pessoas que estavam próximas ao local onde Fabiana foi morta. Ele foi encaminhado ao Hospital da Restauração, no Recife, onde ficou sob custódia da polícia.

Após receber alta, ele teve a prisão em flagrante convertida em prisão preventiva e foi levado à unidade prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

O crime

 

Na madrugada da quarta-feira (7), uma mulher trans, identificada como Fabiana da Silva Lucas, foi morta com vários golpes de faca às margens da PE-160, em Santa Cruz do Capibaribe.

De acordo com informações da Polícia Civil, a vítima estava em um bar e perguntou onde era o banheiro. Foi quando indicaram um terreno baldio. Ela foi seguida pelo suspeito do crime, de 22 anos, que atacou a vítima com golpes de faca. Ele tentou fugir do local, mas foi abordado e agredido por pessoas que estavam bebendo no local.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Caruaru, também no Agreste.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 


error: Copiando nosso texto?