10
maio

Moradores reclamam e cobram soluções para ruas deterioradas e esgoto a céu aberto no bairro Palestina, em Santa Cruz


Os moradores do bairro do bairro Palestina, em Santa Cruz do Capibaribe, cobram melhorias na área de infraestrutura da localidade. São ruas deterioradas, lixo, entulhos e esgoto a céu aberto.  

De acordo com Fábio Júnior, líder comunitário, as vias de acesso do bairro estão todas estouradas.

“Na rua São Francisco, que faz o cruzamento com a rua São Geraldo, estão acontecendo vários acidentes por conta que não dá para os carros passarem. Estamos também com lixo no meio da rua. (…) Já colocamos quatro recipientes, mas três foram furtados pelos garis e outro foi levado por uma pessoa desconhecida”, disse.

Ainda segundo Fábio, os moradores vivem em uma verdadeira situação de abandono. “As ruas estão sem saneamento básico, outras com o calçamento todo estourado. (…) Tem uma tubulação que vem da rua São Gabriel e cai na rua São Miguel, são fezes e urinas derrubadas diretamente pela tubulação, que também cai na rua Mercúrio, onde as pessoas sofrem sem poder ter uma qualidade de vida”, frisou.

Dona Neuza Pereira, que também reside no local, o esgoto está a céu aberto há 20 anos.

“Quando chove, precisamos tirar a água com o rodo, e entra até fezes dentro de casa pelo saneamento do banheiro. (…) Quando é tempo de eleição, eles (os políticos) vêm aqui atrás de voto, agora ajeitar, não ajeitam, só enganam e enrolam”, lamentou.

Confira a nota da prefeitura:

A Secretaria de Serviços Públicos informa que a equipe da pasta está empenhada em uma força-tarefa para suprir as demandas de reparo no saneamento do município, visto que o histórico é de problemas crônicos, que vem se arrastando ao longo dos anos.
A equipe responsável pela obra está concluindo os trabalhos em que já havia iniciado recentemente, para que seja possível iniciar o serviço em novos locais.
A solicitação para o bairro da Palestina já está na lista de prioridades da secretaria, que irá realizar o serviço nos próximos dias.

Confira a reportagem completa:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


Meses Anteriores