30
novembro

Em Santa Cruz – Emendas de José Augusto Maia e anúncios de Edson Vieira marcam sessão da Câmara


Fotos: Thonny Hill

Na tarde desta quinta-feira (30) foi realizada mais uma sessão ordinária na Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe.

Foi nela que foram realizadas as votações da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que determina onde serão investidos os recursos em 2018 e também o Plano Plurianual (PPA), que faz a previsão de gastos pelos próximos quatro anos. Ambos projetos, vindos do Poder Executivo, foram aprovados em duas votações.

Já quanto aos discursos, os 17 edis fizeram uso da tribuna, onde três momentos em comum podem ser destacados nas principais falas:.

.

Junior Gomes e Jessyca Cavalcanti voltam a enfatizar divisão política entre governistas

Primeiros a discursar, Junior Gomes (PSB) e Jessyca Cavalcanti (PTC) deram seus recados, mostrando que a bancada continua a seguir dividida para as próximas eleições.

Se de um lado Junior enfatizava ações que, segundo ele, realizadas pelo Governo do Estado e pelo deputado Diogo Moraes (PSB) no município, do outro Jessyca frisava apenas ações, segundo ela, atribuídas a gestão do prefeito Edson Vieira.

“Não me canso de dizer: o governador que mais investiu em Santa Cruz foi Paulo Câmara, desde o Calçadão, a Central de Feiras e também a essa Escola Técnica. É o governador da PE-160, uma obra de mais de R$ 70 milhões e que está quase que toda duplicada, algo muito importante para esse Polo, assim também como a BR-104 (…) Alguém não pode votar em Paulo porque tem seus motivos, mas não pode dizer que ele não tem trabalho por Santa Cruz” – dizia ele.

“Edson Vieira faz as escolhas certas, como o apoio a Bruno Araújo, que tanto fez por essa cidade. Diziam que as ações dele eram só teorias, mas viram as assinaturas na Caixa sobre as 500 casas que serão construídas e sabe porque? Porque o prefeito faz as escolhas certas quanto a escolha de seus apoios (…) Não basta ter o recursos a nível estadual ou federal, mas se não se tiver uma equipe capacitada e hábil para se fazer projetos, a chegada desses recursos não acontecia. Esse é o grupo que tem mudado a paisagem de Santa Cruz” – frisou a vereadora.

Oposicionistas criticam prefeito e destacam emendas de José Augusto Maia

“Muitos diziam que o deputado José Augusto Maia não tinha colocado nenhuma emenda para a cidade, mas vem o próprio prefeito Edson Vieira e anuncia que há emendas dele. Quando é para maltratar uma ala política… Mas quero também parabenizar por reconhecer essas emendas, mas quem dera que Edson Vieira tivesse aproveitado as emendas de Teobaldo ou a Usina Asfáltica de José Augusto Maia” – frisou o vereador Capilé (PTN)

“Não pode o prefeito chegar e dizer que está destravando emendas. Ele não está fazendo nada mais do que a sua obrigação e isso é pouco se comparado ao que ele perdeu, a exemplo de quase cinco milhões quanto a do Centro de Imagem. Ele só fez empenhar, mas não parabenizo. Fica aqui o meu agradecimento por reconhecer essa pequena parte” – frisou Augusto Maia (PTN).

“Não estou aqui querendo ser contra as casas, mas tiveram um ministro que estava no poder que nem conseguiu inaugurar o prédio do INSS, que quem trouxe foi José Augusto Maia. Dizem que o governo do estado trouxe saúde para cá, mas não falam sobre o Centro de Imagens que tinha o dinheiro e perderam. As casas que ele (Edson) fala são promessas, mas falo do dinheiro que chegou e que, por irresponsabilidade de vocês, não entrou” – pontuou Carlinhos da Cohab (PTB)

.

Governistas rebatem, destacam pauta positiva de Edson Vieira e reafirmam união

“Essas boas notícias que trazemos só incomodam a Oposição. A imprensa toda compareceu para a assinatura de um convênio de R$ 35 milhões para construção de casas populares, que vão gerar mais de 300 empregos de todo jeito e isso é bom para nossa economia. Com a liberação dessas verbas, sempre pelo nosso deputado Bruno Araújo, Santa Cruz sai ganhando” – pontuou Zé Minhoca (PSDB), falando também sobre o convênio para asfaltamento de ruas.

“Eu vejo que a preocupação é grande da oposição com o deputado Diogo e o prefeito Edson Vieira. A oposição fica na ânsia dessa divisão, mas foi com essa união que derrubamos um poder que não fazia nada por esta cidade. Estamos caminhando para que, em 2018, esse grupo possa continuar a trabalhar por Santa Cruz. Temos Diogo, temos Edson com muitas ações, temos o governador e temos Bruno Araujo, um conjunto de lideranças que trazem obras para Santa Cruz” – pontuou Irmão Val (SD)

“Pelos discursos que eu escuto, a oposição parece que quer dizer que o prefeito não é Edson Vieira, mas sim José Augusto. Quando o senhor (Carlinhos da Cohab) for convidado para ver a ordem de serviço do Centro de Artesanato, vamos ver quem vai assinar a ordem, se é Edson ou é José Augusto” – rebateu Dr. Nanau (PSDB).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 

error: Copiando nosso texto?