27
fevereiro

Bandidos presos por assaltar loja de celular e fazer 20 pessoas reféns, respondem por mais um crime, o de falsidade ideológica


 

Os bandidos que assaltaram uma loja de assistência de celular na noite da sexta-feira (26), em frente à Feira do Paraguai, no Centro de Santa Cruz do Capibaribe, vão responder por mais um crime, o de falsidade ideológica.

De acordo com a Polícia Civil, os homens mentiram ao informarem o nome e o endereço, após serem ouvidos. A dupla é suspeita de assaltar um estabelecimento comercial, e fazer 20 pessoas reféns por mais de três horas.

Os homens foram identificados por Adson Madeira de Carvalho de 24 anos, e Denis de Souza Carvalho de 20 anos, são de Teresina, no Piauí. A dupla foi autuada e irão responder por roubo, sequestro e falsidade ideológica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 

error: Copiando nosso texto?