31
outubro

“Bullying” foi o problema mais citado nas queixas da população em resultado do “Cidadania com Vez e Voz”


Os diagnósticos do contato direto entre o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e a população de 26 municípios estaduais, para coletar depoimentos e queixas da vivência dos moradores, foram entregues aos promotores de Justiça dos municípios visitados.

O resultado do projeto institucional “Cidadania com Vez e Voz”, ocorreu em Recife e reuniu membros e servidores do MPPE, integrantes de movimentos sociais, conselhos municipais e estaduais, lideranças comunitárias e sociedade civil para palestras e debates sobre vários recortes referentes à cidadania.

Durante 2019, o Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Defesa da Cidadania (Caop Cidadania) ouviu mais de 2.200 pessoas (entre estudantes, religiosos, profissionais liberais, donas de casa, gestores públicos) nas cidades pernambucanas, distribuindo formulários e apurando reclamações.

Entre as cidades que receberam a ação “Cidadania com Vez e Voz” estiveram Brejo de Madre de Deus, Camocim de São Félix, São Caetano, Taquaritinga do Norte, Santa Cruz do Capibaribe, Riacho das Almas, Caruaru, além de outras.

Com o material recolhido através dos depoimentos, denúncias e questionários aplicados, o Caop Cidadania identificou eixos de demandas sociais para otimizar a atuação ministerial. Os problemas mais citados foram o bullying (75%), a discriminação (74%) e a violência doméstica ou familiar (53%).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 

error: Copiando nosso texto?