Uniforme do Salgueiro inova e traz alerta para a importância da prevenção ao câncer

 

Foto: Divulgação.

 

Todas as vezes que os jogadores do Salgueiro Atlético Clube disputam partidas pelo Campeonato Pernambucano Coca-Cola 2014 estão colaborando para divulgar a prevenção ao câncer de mama e de próstata. É que, produzidas pela Rota do Mar, as camisas dos uniformes do Carcará do Sertão na disputa desse ano trazem estampados os laços que chamam a atenção para a luta contra a doença.

 

A ideia de inserir os símbolos nas cores rosa e azul no traje oficial partiu do presidente do time, Clebel Cordeiro. Inusitada, a bem-intencionada iniciativa foi prontamente aceita e transformada em realidade pelo Departamento de Marketing da Rota do Mar. O setor da companhia têxtil é responsável pela identidade visual dos padrões usados pelas equipes ao longo do torneio.

 

“A imagem das fitas ganhou um lugar de destaque na camisa do Salgueiro. Pela relevância da causa, ela foi colocada estrategicamente próxima ao escudo e acima da nossa logomarca, a de patrocinador máster do time. A área é de grande visibilidade e, por isso, considerada uma das mais nobres entre os espaços dedicados à publicidade e afins”, detalhou o gerente de Marketing da Rota do Mar, Lucas Galindo.

 

Segundo o gestor, a sugestão da diretoria para a camisa do campeonato em 2014 teve apoio total da empresa. “A abordagem proposta foi interessante e, como é de grande importância social, mereceu nosso apoio imediato. Entendemos que a prevenção ao câncer é uma das principais armas contra a doença e queremos auxiliar na conscientização do público, principalmente o nosso, que é predominantemente masculino, assim como ocorre no futebol pernambucano”, destacou.

 

Saiba mais – De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o tumor de mama é o segundo mais frequente no mundo e o mais comum em mulheres. No País, as taxas de mortalidade são elevadas e, não raro, a enfermidade é identificada apenas em estágios avançados. A estimativa da entidade é que, neste ano, sejam registrados 57.120 novos casos da doença. Em 2011, foram confirmados 13.345 óbitos decorrentes do problema.

 

Em território nacional, o câncer de próstata é um dos que têm maior quantidade de ocorrências na população masculina. O Inca calcula que, em 2014, 60.160 homens recebam o diagnóstico positivo para a patologia. Em 2011, 13.129 morreram em decorrência da moléstia.

 

A demora na identificação e no início do tratamento contra o câncer diminui as chances de cura e aumenta a possibilidade de sequelas graves nos doentes. Por isso, a Rota do Mar promove constantemente ações de prevenção à enfermidade entre seus colaboradores. Uma das mais recentes, nesta quinta-feira (30.01), incluiu a realização de evento na Biblioteca da Indústria do Conhecimento de Santa Cruz do Capibaribe. O evento incluiu palestra, exibição de vídeos, roda de conversa e distribuição de material informativo sobre câncer.

 

Informações da Assessoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 

error: Copiando nosso texto?