31
julho

Resumório! – A coluna do professor Tenório


​RESUMÓRIO

 

EMP – Mais uma edição do Estilo Moda Pernambuco foi concluída com sucesso de público e de críticas. O fato de ser ano pré-eleitoral e um grupo de empresários está dentro do projeto do Alan Carneiro para 2020 contribuiu para aguçar o olhar crítico dos políticos e seus fiéis seguidores. Não é possível que o pessoal tenha desaprendido a fazer o vento. O problema na desorganização da entrada no primeiro dia, gente vindo de outras cidades não conseguindo entrar, algumas reclamações nas redes sociais e político carente de ser citado pelo cerimonial não tiraram o brilho do evento. Quando se entra para política, até a quantidade de colheres de açúcar que se coloca no cafezinho é monitorada. Os empresários que estão entrando de vez na política precisam aprender a adoçar o café na medida certa e conviver com as críticas.

ALMA LAVADA – O Secretário de Comunicação da prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, Geraldo Moura, deve ter ficado de alma lavada. Este ano, convites e pulseirinhas para o EMP deram mais trabalho do que as do São João da Moda.

SORTUDO – A pulseirinha para assistir os desfiles do EMP 2019 estava mais difícil do que as do dia de Gustavo Lima no São João da Moda. Um colega meu que ganhou a pulseirinha do EMP disse que iria plastificar e colocar numa moldura de tão rara.

IMPORTANTE – A cidade de São Joaquim do Monte já foi pauta diversas vezes no Resumório por ser uma das cidades mais importantes do mundo da política. Em ano eleitoral, a feira e a procissão de lá recebem mais políticos do que Brasília em dia de votação importante. A comprovação do tamanho da importância de São Joaquim do Monte aconteceu há poucos dias com uma publicação do prefeito Joãozinho Tenório nas redes sociais. Joãozinho Eu disse que teve seu telefone hackeado. Será que foi a mesma turma lá de Araraquara? Fico imaginando a lista dos telefones que seriam invadidos: Ministro Sérgio Moro, Presidente Jair Bolsonaro, Prefeito de São Joaquim do Monte… De qualquer forma, enquanto durar essa moda de hackear telefone, os segredos mais profundos e as conversas mais íntimas deixem pra falar pessoalmente feito Ernesto Maia e o prefeito Edson Vieira.

A FOTO – As redes sociais foram bombardeadas esta semana por uma foto caricata, digna de um pulitzer na categoria política local. A foto do encontro casual entre Ernesto Maia e Edson Vieira na praça de alimentação de um shopping da capital pernambucana já rendeu vários memes e um magote de críticas dos eleitores apaixonados. Segundo uma internauta, essa foto tá girando mais do que aquela do Toyota com a mudança em cima.

MAIS UMA VITÓRIA – Fernando Aragão obtém mais uma vitória na justiça ao ser absolvido da acusação de propaganda eleitoral antecipada. Sua pré-campanha segue firme e forte, independentemente da bagunça que está o grupo Taboquinha. De acordo com uma leitora do Resumório, Fernando está igual ao porquinho que construiu a casa de tijolos e sabe que o lobo pode soprar e soprar que não vai derrubar. O problema é que nessa história existem dois lobos e cada um com o fôlego maior que o outro.

ELE VEM AÍ – Informações de bastidores apontam que o deputado estadual Diogo Moraes, antes de ser comparado ao Queiroz, virá aparar as arestas do grupo Taboquinha. Vai ser em agosto e não será a gosto de Deus, como diz o ditado. Como disse uma vez a vereadora Jéssyca Cavalcanti, aproveitem a companhia, porque não é sempre que se terá a oportunidade. A vinda será providencial, pois tem eleitor e militante do vermelho que está quase dizendo que ele é um parlamentar ausente.

MAIS COM MENOS – A prestação de contas do São João da Moda saiu e foi tão surpreendente quanto o evento. Economia total de 25% em relação ao ano passado e economia do gasto da prefeitura de 50%. Ou seja, a prefeitura gastou metade do que gastou ano passado e fez uma festa maior. Não sei como, só sei que o governo fez uma festa maior e com menos dinheiro.

POLÊMICAS – Bolsonaro tuitando, dando entrevista ou a câmara de vereadores de Santa Cruz votando projeto de suplementação é polêmica na certa. Por aqui só nos resta aguardar o resultado do jogo de empurra, empurra entre governistas e vereadores de oposição sobre o projeto de suplementação que foi reprovado na câmara e afetará os serviços de saúde no município.

;

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

.

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


Meses Anteriores