11
abril

Coluna


As curtinhas do Romenyck Stiffen

 

Confiança fechada (I): Quando o vice-prefeito Dimas Dantas (PP) deixou, a contragosto, a Secretaria de Educação, o prefeito Edson Vieira (PSDB) colocou a sua chefa de Gabinete Priscilla Ferreira de forma interina a frente da pasta.

 

Confiança fechada (II): Agora com a saída da sua esposa e pré-candidata Alessandra Vieira (PSB) da frente da pasta Inclusão Social, o prefeito Edson Vieira (PSDB) nomeou de forma interina a tia de Priscila Ferreira, a senhora Cristina Silva, para comandar a pasta.

 

Errei: Apostei no nome de Claudenice Dias devido ao seu trabalho na secretaria e por seu nome ser ventilado nos bastidores, mas juro que esperava que fosse o nome de Gilson Julião, que se quer teve o nome ventilado dentro do grupo ou nos bastidores, a não ser por esse colunista, por ter tido uma ótima passagem a frente da Secretaria e deixou a casa arrumada para primeira dama ganhar corpo de candidata.

 

Preferência (I): Não resta dúvida que dois nomes dominam a preferência do prefeito Edson Vieira (PSDB), um é o vereador licenciado e secretário Luciano Bezerra que conseguiu indicar alguns nomes em cargos estratégicos da prefeitura, a exemplo Fábio Aragão secretário de Mobilidade urbana e comanda três “Secretários Executivos” e Berg Alves na controladoria.

 

Preferência (II): Outro nome de preferência do prefeito é o da chefa de gabinete Priscilla Ferreira que conseguiu emplacar a tia como secretária “interina” da pasta de inclusão social. Coloquei aspas porque nos bastidores a mesma tem tudo para ser efetivada em breve.

 

Pode pesar: Segundo o prefeito Edson Vieira (PSDB) a provável candidatura de Alessandra Vieira (PSB) está sendo analisada com cautela e até suas três filhas pode pesar na decisão. Mas segundo informações de bastidores outros familiares também podem pesar na decisão por achar que esse não seria o momento de Alessandra. É esperar para ver.

 

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador e não refletem, necessariamente, a opinião deste veículo de comunicação.

Um Comentário

  1. José Pereira disse:

    O antigo beco da mijada, que depois virou a telpe e até recentemente foi o arquivo municipal foi vendido. Alguém sabe dizer se essa venda foi autorizada pela câmara? Seria bom o blog averiguar isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 




error: Copiando nosso texto?