Imagem meramente ilustrativa.

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por meio da Promotoria de Justiça de Brejo da Madre de Deus, recomendou ao secretário de Educação do município que, com o apoio da Secretaria de Saúde, adote o protocolo setorial para retorno seguro das atividades escolares ou que, no exercício de suas competências legislativas, intensifique o nível de proteção estabelecido pela União e pelo Estado, mediante a edição de atos normativos que venham a tornar mais restritivas as medidas de proteção sanitária contra o novo coronavírus.

Na recomendação, o promotor de Justiça de Brejo da Madre de Deus, Antônio Rolemberg Feitosa Júnior, ressaltou que é imprescindível ao Poder Público a adoção de medidas sanitárias e a garantia de efetiva e contínua assepsia da comunidade escolar e dos ambientes escolares, a fim de evitar qualquer fator que contribua para a propagação do vírus da Covid-19 quando ocorrer a volta às atividades presenciais.

O promotor de Justiça ressaltou ainda a necessidade de estabelecer métodos para uma atuação coordenada com as autoridades de saúde pública. Dessa forma, as ações de educação ficam de acordo com as orientações sanitárias, o que contribuiu com os objetivos de conscientização quanto às medidas de higiene e outros métodos de prevenção a partir de orientações à comunidade escolar. O processo ainda facilita a identificação de grupos vulneráveis e contribui para a melhoria das políticas públicas de contenção de danos, acrescentou.

O MPPE fixou um prazo de 10 dias para que seja informado sobre o acatamento da recomendação, que foi publicada no Diário Oficial Eletrônico do MPPE desta quinta-feira (18).

 

 

 

 

Foi divulgada na manhã desta sexta-feira (19), a composição das comissões permanentes na Câmara de Vereadores Santa Cruz do Capibaribe. Compete às comissões examinarem proposições e projetos e emitir parecer, tendo a função preparatória no processo de formação das leis.

Confira como ficou o quadro:

LEGISLAÇÃO E JUSTIÇA: Gilson José Julião (Gilson Julião) – Presidente, Emanuel Souza Ramos (Emanuel Ramos) – Relator, Flávio Humberto Pontes da Silva (Flávio Pontes) – Secretário e José Manoel da Silva (Zé Boi) – Suplente.

FINANÇAS E ORÇAMENTO: José Augusto Maia Júnior (Augusto Maia) – Presidente, José Climério Neto (Zeba) – Relator, Jéssyca Mônica de Lima Cavalcanti (Jéssyca) – Secretária e Flávio Humberto Pontes da Silva (Flávio Pontes) – Suplente.

EDUCAÇÃO E CULTURA: Jéssyca Mônica de Lima Cavalcanti (Jéssyca) – Presidente, Emanuel Souza Ramos (Emanuel Ramos) – Relator, Flávio Humberto Pontes da Silva (Flávio Pontes) – Secretário e Júlio Cesar Gomes de Oliveira (Caetano Motos) – Suplente.

OBRAS, URBANISMO, TRÂNSITO E MEIO AMBIENTE: Rozângela Maria dos Santos (Nega) – Presidente, José Carlos da Silva (Carlinhos da Cohab) – Relator, José Ailton Oliveira Borges (Nego Zé) – Secretário e José Soares Correia (Irmão Soares) – Suplente.

SAÚDE: José Soares Correia (Irmão Soares) – Presidente, José Manoel de Lima (Zezin Buxin) – Relator, José Vando Bruna (Vando da Sertec) – Secretário e José Climério Neto (Zeba) – Suplente.

SEGURANÇA, CIDADANIA E DIREITOS HUMANOS: José Vando Bruna (Vando da Sertec) – Presidente, José Climério Neto (Zeba) – Relator, José Ademir Pereira (Demir da Saúde) – Secretário e José Carlos da Silva (Carlinhos da Cohab) – Suplente.

REDAÇÃO: Nailson Ramos da Silva (Nailson Ramos) – Presidente, José Augusto Maia Júnior (Augusto Maia) – Relator, Júlio Cesar Gomes de Oliveira (Caetano Motos) – Secretário e José Soares Correia (Irmão Soares) – Suplente.

 

 

 

 

Na tarde desta quinta-feira (18), o ex-prefeito de Santa Cruz do Capibaribe e ex-deputado federal, José Augusto Maia, assumiu a presidência do partido Republicanos na cidade. O ato ocorreu após convite do deputado federal Silvio Costa Filho, e contou com a presença do ex-candidato a vereador e o coordenador do Procon local, Tallys Maia.

“Hoje recebi o convite do Deputado Federal Silvio Costa Filho para presidir o partido na minha cidade, coordenar e fortalecer o Republicanos em toda a região do Agreste. Aceitei o convite para esta nova missão e agradeço o convite do Deputado, certo de que não medirei esforços para o fortalecimento na sigla na região” – destacou José Augusto.

 

 

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) ajuizou ação civil pública com tutela de urgência contra a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) para que a empresa forneça água que atenda aos padrões mínimos de potabilidade à população de Santa Cruz do Capibaribe. A ação civil se deve ao MPPE apurar que a qualidade da água distribuída no município é insatisfatória e prejudicial à saúde humana, após várias análises serem feitas.

Em 28 de janeiro de 2014, foi informado o resultado do exame realizado em 2013. Ficou constatado que a água da Estação de Tratamento (ETA), que abastece Santa Cruz do Capibaribe e a zona rural, encontrava-se contaminada pelos micro-organismos Coliforme total e Escherichia Coli.

Em 7 de fevereiro de 2014, a Vigilância em Saúde de Santa Cruz do Capibaribe constatou a presença de três amostras impróprias para consumo humano. Em 24 de setembro de 2014, a Compesa informou que os dados das amostras apresentadas ao Ministério Público não correspondiam ao monitoramento realizado em seu próprio laboratório, anexando suas análises de 2013. Mas se pode verificar que mesmo em seu relatório se observa a presença dos Coliformes totais e Escherichia coli.

Em 20 de janeiro de 2016, a Secretaria de Saúde de Santa Cruz do Capibaribe verificou a continuidade da situação, ao coletar amostra da caixa d’água central do município. Em 12 de fevereiro de 2016, a Compesa novamente remeteu informações sobre suas últimas análises referentes ao período de novembro de 2015 a janeiro de 2016. Mais uma vez, persistiu a presença de coliformes totais e Escherichia coli em algumas das amostras.

Em abril de 2016, foi divulgada análise microbiológica realizada pela IV Geres, referente ao período de agosto de 2015 a fevereiro de 2016, também constatando a presença de Escherichia coli na água fornecida por carro pipa, bem como na rede de distribuição que abastecia o município. Em 2018, diferente do que foi alegado pela Compesa, em 20 de agosto do mesmo ano, de que nas amostras coletadas na rede de distribuição não teriam mostrado a presença de Coliforme Total e Escherichia Coli, dados Siságua indicaram as bactérias em cisternas e carros-pipa da Compesa, além do alto índice de turbidez em algumas amostras analisadas no ano.

O Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Defesa do Consumidor (Caop Consumidor) do MPPE divulgou a contaminação na saída de tratamento nos meses de dezembro de 2019 e julho de 2020, verificando a presença de Coliformes totais na Estação de Tratamento. Em ofício expedido em outubro de 2020, o Caop Consumidor citou novos dados referente ao mês de agosto, e a continuidade de Coliformes Totais na Estação de Tratamento foi  revelada.

“Apesar de a Compesa alegar que atende aos padrões de potabilidade na saída de tratamento e dos poços que abastecem o município de Santa Cruz do Capibaribe, tais afirmações não merecem prosperar, tendo em vista que, também, nos próprios relatórios da Compesa há indicação da contaminação nas ETAs e poço que abastecem o município”, avaliou o promotor de Justiça Ariano Tércio Silva de Aguiar. 

“Verifica-se assim que, parte da água fornecida à população já sai da Estação de Tratamento de Água contaminada. As consequências para a saúde da população são gravíssimas. Logo, conclui-se que a demandada vem distribuindo água fora dos padrões de potabilidade estabelecidos na Portaria 2.914/2011 do Ministério da Saúde, desde 2013”, complementou o promotor de Justiça.

 

 

Um total de 47 animais soltos foram recolhidos; fiscalização retirou 91,7 toneladas de excesso de peso de circulação.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) intensificou a fiscalização e as ações de combate ao crime entre a sexta-feira (12) e a quarta-feira (17), durante a Operação Carnaval 2021.  Nesse período, foram registrados 61 acidentes, com 30 feridos e três mortes nas rodovias federais de Pernambuco.

No ano passado, ocorreram 69 acidentes, com 47 feridos e quatro mortes. Isso representa uma redução de 11%, 36% e 25%, respectivamente.  As ações tiveram como foco comportamentos imprudentes e a PRF intensificou a presença ostensiva em locais estratégicos das rodovias federais, para promover a mobilidade e a segurança viária.

Em seis dias, a fiscalização alcançou 4.614 veículos e 4.691 pessoas, sendo emitidos 2.273 autos de infração. Entre eles, destacam-se 212 por ultrapassagens em local proibido, 126 pelo não uso do cinto de segurança, 26 pela falta do capacete, 21 pela ausência da cadeirinha e sete por alcoolemia, com um motorista detido sob efeito de álcool.

Para evitar acidentes, foram recolhidos 47 animais que estavam soltos nas rodovias e retiradas de circulação 91,7 toneladas de excesso de peso de veículos de carga. Nesse período, também foram recolhidos 169 veículos irregulares e 308 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVs).

As ações de segurança pública contaram com o apoio de grupos especializados e resultaram em nove pessoas detidas por crimes como uso de documento falso, apropriação indébita e com mandados de prisão em aberto.

 

 

O início – O governo Fabio Aragão começa cheio de desafios. Dentre eles, honrar o discurso que emplacou na campanha e provar que tem como fazer melhor do que já foi feito. Nesse contexto se encontra a parte política que precisa ser assistida pelo Prefeito, que pela sua curta carreira na política percebe-se que não é o seu forte. Com isso, o Prefeito Fábio terá a tarefa de fazer uma grande gestão e manter o seu grupo unido para as eleições vindouras.

O Início – Quem também começa um novo legado é o vereador Capilé, agora Presidente da Câmara de Vereadores. O Presidente Capilé eleva o grupo verde para o patamar de vitrine. Sendo assim, começa a ser analisado também. Por isso, que o Vereador Presidente tem tanta responsabilidade nas suas costas. Não é apenas guiar a Câmara, é guiar como maior nome com mandato do seu grupo.

O recomeço – Já quem está em um período de recomeço é o ex Prefeito Edson. Ele viu o grupo que era tido como imbatível por alguns, ruir até chegar na terceira colocação no último pleito. Não será uma tarefa fácil reerguer o grupo denominado Boca Preta, porque existem muitas ranhuras entre os azuis. Muitas delas vindas do governo Edson, outras tantas vindas da própria eleição de 2020. Troca de farpas entre grandes caciques do grupo são facilmente identificadas e isso pode respingar em 2022. Quando Alessandra tentará a reeleição e Edson pode concorrer para a Câmara dos Deputados. O ex Prefeito já deixou claro que a prioridade é a manutenção do mandato de Alessandra.

O recomeço – Outro que está em um período de recomeço é o Deputado Diogo Moraes. Diogo tomou novamente as rédeas do seu mandato e demostra muita empolgação no que isso pode render. Sem nenhuma indicação no secretariado do Prefeito Fábio, ele mantém o comportamento de um aliado de primeira linha. Vale salientar, que a postura do Deputado Diogo sempre foi de não interferência na escolha de secretários. No Governo Edson, o Deputado também não indicou ninguém para o primeiro escalão.

Ausente – Com slogan presença e coração a Deputada Alessandra Vieira vem se destacando no seu mandato. A Deputada é sim uma figura de muita presença no dia a dia das cidades que lhe servem de base eleitoral. Vem cumprindo também um mandato interessante do ponto de vista da legislatura. Mas levou falta, e ficou ausente no quesito emendas parlamentares para a capital da moda no ano de 2021. Esperamos que no próximo ano a Deputada volte a ser presente em todos os quesitos.

;

As opiniões e informações aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

 

 

Na manhã desta quinta-feira (18), o prefeito da cidade de Toritama, Edilson Tavares, participou do Programa Cidade em Foco, que é veiculado diariamente pela Rede Agreste de Rádios. O gestor fez duras críticas contra o governo do estado em relação a situação nos atrasos das obras na duplicação da BR-104, via que corta o Polo de Confecções.

“Ela (BR-104) virou um problema regional, e não precisa esperar chegar a época do pico não, para estar engarrafada, é qualquer dia mesmo. Essa situação não precisa ser vista como um problema de Toritama, mas sim, regional. Ninguém aguenta mais e tem dado uma quantidade enorme de acidentes que ocorrem sempre naquela rodovia” – completou.

Edilson Tavares completou que teria procurado o senador Fernando Bezerra Coelho, o qual teria afirmado que iria tentar resolver. Ainda durante a entrevista, o prefeito afirmou que estaria faltando mais união entre os prefeitos que fazem parte do Polo de Confecções, durante as tentativas de cobrar as soluções.

“Está faltando mais união e harmonia, temos que lutar mais em bloco (…) e é nisso que nós pecamos muito, temos que ir como o Polo de Confecções à Brasília ou ao Governo do Estado, tem que ir os 18 prefeitos para cobrar” – completou.

 

 

 

 

 

 

 

 

Foto: Jota Lima.

Nesta quinta-feira (18), foi apresentado o balanço das atividades desempenhadas durante a Operação Carnaval da Moda deste ano, em Santa Cruz do Capibaribe. A Operação realizada entre os dias 12 e 17 de fevereiro, foi comandada pela Secretaria Municipal de Defesa Social integrando a Guarda Civil Municipal, Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros.

Segundo a Secretaria Municipal de Defesa Social, a Operação contou com um lançamento diário de um efetivo de cerca de 50 profissionais da Guarda Municipal e 12 viaturas participaram da operação, realizando patrulhas diárias por todo o município, além da zona rural.

Durante toda a operação, foram registradas duas tentativas de arrombamento à residência. As ocorrências foram averiguadas celeremente e impedidas. Além disso, apenas perturbações de sossego e ocorrências corriqueiras foram conferidas pelas patrulhas, o que de acordo com o secretário de Defesa Social, Antônio Varêda é tido como balanço positivo da operação.

“Tivemos apenas ocorrências menores durante todo o período carnavalesco, algo que considero extremamente exitoso” – disse.

 

 

Desde a nossa fundação, somos referência em inovação e no desenvolvimento de tecnologias para que as pessoas pudessem estudar de qualquer lugar.

Essa iniciativa pioneira nos permite estar presente em todos os cantos do país e ser reconhecidos como maior EAD do Brasil.

Hoje, celebramos nosso aniversário de 49 anos e o nosso maior presente é ver nossos alunos virando o jogo de suas vidas. Venha fazer parte dessa história e vire o jogo com a Unopar.

/

Conteúdo da Assessoria.

Foto: Paulo Viana.

O efetivo da Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizava rondas às margens da BR-104, no município de Toritama, onde foi dada ordem de parada a um condutor que guiava um micro-ônibus de cor branca.

Ao solicitar os documentos obrigatórios, o policiamento constatou que a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), do motorista era falsificada. Ele respondeu que teria adquirida a Carteira no estado de São Paulo há quatro anos.

De acordo com a PRF, no momento da abordagem o motorista estava vindo do estado de Santa Catarina e seguindo para a cidade de Remígio, na Paraíba. O condutor foi apresentado na delegacia de polícia, onde ficou a disposição da justiça.

 

 

 

 

Notícias Anteriores


 

error: Copiando nosso texto?