26
fevereiro

Contas de José Augusto devem ser votadas quinta-feira, garante Carlinhos da Cohab


Foto: Fernando Lagosta (arquivo)

 

 

As prestações contas de José Augusto Maia (Avante), que estão pendentes de votação na Câmara de Vereadores, devem ser finalmente incluídas na pauta de votações; foi o que garantiu o vereador Carlinhos da Cohab (PTB) em contato com o editor deste Blog.

 

As contas dizem respeito ao ano de 2007 quando José Augusto era prefeito de Santa Cruz do Capibaribe e foram enviadas para votação desde agosto de 2016. A recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCPE) é pela aprovação.

 

Carlinhos da Cohab, que é líder da oposição da Câmara, afirmou que conseguiu convencer o presidente Zé Minhoca (PSDB) a incluir na pauta de votações da próxima sessão, marcada para esta quinta-feira (01).

 

 

 

 

Entenda

 

As contas do exercício financeiro de 2007 já haviam sido rejeitas em 2011, mas tiveram os efeitos anulados por uma liminar da justiça, que foi concedida pouco antes das eleições de 2012.

Em dezembro de 2014, concluído novo julgamento, a Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado decidiu rejeitar novamente as contas.

 

Um recurso foi apresentado e, em abril de 2016, o Tribunal decidiu por unanimidade aceitar o pedido da defesa, aprovando as contas com ressalvas.

José Augusto Maia é acusado de, no ano de 2007, ter cometido gastos excessivos com limpeza pública e varrição de rua, ausência de documentos e ter cometido excessos em pagamentos feitos com dispensa de licitação.

 

O ex-prefeito argumenta que a despesa ocorreu porque a feira de confecções da cidade ocorria, naquela época, nas ruas do Centro. José Augusto argumenta que o TCPE, inicialmente, não havia levado em consideração esse fator que, para o político, teria justificado uma maior despesa com a coleta de lixo em comparação com outros municípios do mesmo porte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores