30
novembro

As curtinhas do Romenyck Stiffen!


Romenyck Stiffen SetembroDevolveu – A presidente da Câmara de Vereadores de Brejo da Madre de Deus, Maria José do Tambor (PDT), após ter sua ausência repudiada pelo Sindicato dos Professores Municipais (Sinduprom-PE) na audiência pública sobre Educação, devolveu o repúdio endereçada a representante do Sindicato, Luciene Cordeiro.

 

Explicação – Segundo a vereadora Maria José, a mesma afirmou que estava em Olinda para acompanhar o parto da filha. Só faltam agora justificarem as ausências, o prefeito Dr. Edson (PTB), a Secretária de Educação e sua equipe, assim com os demais vereadores, com exceção de Hilário Paulo (SD) e Neném do Reboque, que participaram do evento.

 

Prestou conta – Ainda ficou a cargo de Maria José prestar contas, na reunião da câmara, das ações da prefeitura na área da Educação. Segundo a parlamentar, no dia 10 de dezembro vai haver uma grande mostra literária do município com todas as escolas. A vereadora citou as escolas que estão sendo reformadas e afirmou que a secretaria dará, em 2016, vem o fardamento completo aos alunos.

 

Decreto – Em 2013, mesmo o Tribunal de Contas afirmando que houve falta de planejamento por parte do poder executivo de Santa Cruz, foi decretado o estado de emergência na cidade. O fato resultou na contratação, sem licitação, da empresa KMC Locadora de Veículos, que rende até hoje o bloqueio dos bens do prefeito Edson Vieira (PSDB).

 

E agora? (1) – Hoje observamos o prefeito alegando que aumentou, de forma significativa, o número de materiais gastos nos hospitais, com isso os custos com a saúde subiram. Nesse contexto, foram alegadas as dificuldades em pagar o retroativo dos professores, também foi utilizada a virose como dificuldades na coleta de lixo, devido a funcionários doentes.

 

E agora? (2) – A pergunta é: Se a virose, além de acometer grande parte da população a ter problemas de saúde, está prejudicando a governabilidade do governo municipal porque ainda não foi decretado o estado de emergência?

 

Decretou – Mesmo de forma tardia, o Governo do Estado decretou estado de emergência em Pernambuco.

.

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores