02
fevereiro

Horror


Tarado de crianças é novamente capturado em Santa Cruz do Capibaribe

Fotos: Fernando Lagosta.

A polícia prendeu na noite de domingo (01), na Capital da Moda, Silas Belo de Sousa Filho (45 anos, residente no bairro Santo Agostinho).

 

De acordo com as informações, ele é acusado de ter se masturbado em frente a 03 crianças (de cinco a dez anos) no Bairro Dona Lica. Vizinhos viram o que estava acontecendo e acionaram a polícia.

 

Silas já foi preso no dia 05 de dezembro de 2014 acusado de ter cometido uma tentativa de estupro no Loteamento Nova Morada (reveja a matéria clicando AQUI).

 

Na época, moradores que capturaram Silas afirmaram que ele estava realizando gestos obscenos em frente a duas crianças entre 05 e 06 anos de idade.

 .

.

Um deles tinha relatado que, ao ver o acusado, perguntou o que ele estava fazendo com as crianças e, neste momento, Silas corre na tentativa de fugir com uma motoneta, porém caiu e foi  capturado até a chegada da Polícia Militar.

 

No celular dele, foi encontrado várias fotos de crianças que ele também usava para a prática de masturbação. Essa é a terceira vez que ele é preso pelo mesmo tipo de crime.

2 Comentários

  1. SERGIO disse:

    JÁ FAZ MAIS DE 10 ANOS QUE ESTE ELEMENTO VEM DANDO ENTRADA NA DELEGACIA POR ESTES MESMOS MOTIVOS E A JUSTIÇA NUNCA O CONDENOU.

  2. francisco de sousa lima disse:

    e com muita imaginação que eu vejo novamente a reportagem desse doente isso e um monstro esse cara tem que ser preso e passa o resto da vida na cadeia uma pessoa dessa não tem jeito não faz quase oito anos quando eu e mais alguns populares pegamos esse safado mais infelizmente ele foi solto e de la pra cá ele já fez isso mais de dez vezes que justiça e essa que autoridade nenhuma toma as providencias e faz o que tiver de fazer para da alivio e tranquilidade a sociedade .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores