26
agosto

Eleições 2020 – Vereador favorável ao aumento salarial não deverá ocupar espaço em palanque de Allan Carneiro


Pré-candidato a prefeito, Allan Carneiro, acompanhando evento na Câmara (Arquivo).

O empresário Allan Carneiro (sem partido), pré-candidato a prefeito em Santa Cruz do Capibaribe, estabeleceu alguns critérios para alianças políticas, visando às eleições do próximo ano: Ser contra o aumento salarial na Câmara dos Vereadores, é um dos fatores.

Capilé é o único vereador, atualmente, engajado no projeto ‘Allan 2020’ (Imagem: Arquivo).

Vale ressaltar que, atualmente, apenas o vereador Capilé mostra apoio ao projeto do empresário.

Ao lançar sua pré-candidatura no final de junho, o ex-síndico do Moda Center já tinha deixado claro alguns casos, aproveitando para ‘cutucar’ alguns adversários. “Não pode ter ficha suja, nem bens bloqueados”, chegou a dizer na ocasião.

Atualmente, o prefeito Edson Vieira (PSDB) e os ex-prefeitos Zé Augusto (Podemos) e Toinho do Pará (PSB), entre outros, estão com bens bloqueados.

Restrição

Allan tem afirmado que o voto favorável ao aumento salarial na Casa Dr. José Vieira de Araújo, também não será aceito.

“Algumas pautas, nesse momento, não são saudáveis pra sociedade. Estamos num período de grande sacrifício”, afirmou ao Blog.

Caso os vereadores decidam colocar o projeto em votação, isso deve ser feito, no máximo, até 180 dias antes da próxima legislatura.

Polêmica

Os vereadores em Santa Cruz do Capibaribe recebem, atualmente, aproximadamente R$ 6 mil. A Câmara teve duas derrotas judiciais, após ações do advogado André Tadeu da Mota Florêncio, que apontou irregularidades em prazos nas aprovações de aumentos.

No início da atual legislatura, os parlamentares recebiam R$ 9,8 mil em salário bruto. O subsídio foi reduzido a R$ 8 mil após uma primeira decisão da justiça e posteriormente para R$ 6 mil por uma concessão de liminar referente a uma segunda ação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 

error: Copiando nosso texto?