José Augusto Maia (PTB) apresenta seu Programa de Governo

 

Candidato taboquinha debate propostas no lançamento de seu programa de governo. Fotos: Elivaldo Araújo.

 

Foi realizado nesta Quinta-Feira (24/08) no comitê, Próximo ao Ôba Ôba, o lançamento do Plano de Governo da coligação “Trabalho em santa Cruz Tem Nome”. A coligação, que tem como candidatos José Augusto (PTB) e Dr. Nanau (PTB) para majoritária, teve as participações de candidatos a vereadores e correligionários, além de um bom público.

 

O evento iniciou às 19h e 30min, com a apresentação do Programa de Governo. Em um telão foram mostradas as propostas nas áreas da Saúde, Educação, Infraestrutura, Desenvolvimento Social, Economia, Segurança, Lazer e Meio Ambiente.

 

Público que esteve presente no lançamento do programa de governo.

 

 

No final, José Augusto fez uma breve explanação avisando aos presentes nos locais sobre a decisão do TRE. “Tenho vivido os momentos mais difíceis da minha vida, ultimamente tenho orado muito e veio à resposta, e agora eu estou candidatíssimo. Você eleitor, pode entrar em qualquer residência e dizer: O meu candidato Zé Augusto é ficha limpa”.

 

Confira algumas páginas do Plano de Governo (clique na imagem para ampliar):

 

Noite de discursos inflamados marca mais uma noite de uso da tribuna pelos vereadores

 

Uma noite de discursos inflamados marcou mais uma Sessão Ordinária na câmara dos vereadores.

 

A ausencia ficou registrada pelo vereador Galego de Mourinha (PTB), que se ausentou por motivos particulares.

 

Na maioria dos discursos, o destaque foi a posição favorável da candidatura de José Augusto Maia, validada recentemente, pelo TRE, muito criticada pelos vereadores da oposição e vista como positiva pelos vereadores da situação.

 

Confira o resumo dos discursos da noite:

 

24
agosto, 2012

Dr. Nanau


Vereador ironiza oposição sobre posição favorável a candidatura de José Augusto Maia pelo TRE: “Mas a diferença foi pequena, o placar foi apertado, foi só seis a zero”

 

Em seu discurso, o parlamentar falou sobre a inauguração da Central de Monitoramento da SISPOL, que contará com 51 cameras, que irão monitorar diversos pontos da cidade.

 

Nanau também falou sobre a inauguração do açougue, afirmando que participou de uma reunião entre o prefeito e seu secretariado, definindo que o mesmo será inaugurado daqui a 15 dias.

 

O parlamentar fez defesa ao seu grupo político, rebatendo críticas de discursos feitos pelo vereador Francisco Ricardo (PSDB) sobre obras de seu grupo, afirmando que continuaria falando delas. Ele citou também as análises de solo, que foram feitas essa semana por operários de uma empresa terceirizada que presta serviços ao DNIT, análises essas que estão sendo feitas para a construção do futuro viaduto.

 

Francisco Ricardo Rebateu o discurso de Nanau, afirmando que haveria sim a construção do viaduto, mas que ele será usado como uma das etapas da duplicação da PE-160.

 

Ao final, o parlamentar falou sobre a decisão favorável do TRE, sobre a candidatura de José Augusto Maia. Aproveitou também para atacar os vereadores da oposição, ironizando sobre o resultado obtido na votação do pleno, favorável a José Augusto Maia: “Junior Gomes vai contestar o juiz de direito, o juiz que deferiu a candidatira de José Augusto. Mas a diferença foi pequena, o placar foi apertado, foi só seis a zero. Hoje ele provou sua inocencia”, citando que a justiça será feita na hora do voto, finalizou.

Vereador afirma que candidatos adversários estão difamando sua imagem em visitas porta a porta

Em seu discurso, o parlamentar aproveitou seus 10 minutos de tribuna para fazer sua defesa, afirmando, sem citar nomes, que candidatos adversários estariam difamando seu nome nessas visitas.

 

Zezin falou também sobre que esses candidatos estariam afirmando que, ao transportar doentes para o município de Campina Grande, seria algo errado.

 

O vereador fez defesa ao seu trabalho afirmando que, quem o procurava para fazer tal serviço de transporte seriam aquelas pesssoas mais humildes, que não são atendidas na saúde pública, de maneira devida e por não possuirem dinheiro para usarem do serviço oferecido pela rede partuicular: “Bom seria se, pelo menos aqui em Santa Cruz, no que se refera a suaúde pública, pelo menos o básico, funcionasse, para que eu não precisasse transportar pessoas para outro estado”.

 

Zezin também afirmou que, a vontade do voto das pessoas, independentemente do partido e já tendo escolhido seus candidatos, essa vontade deveria ser respeitada e que as atitudes, segudo ele, dos candidatos a vereador do grupo adversário, funcionariam de “maneira contrária”, onde ironizou, afirmando que eles irão servir como cabos eleitorais para favorecer a sua campanha: “Continuem, isso não vai me atingir, denegrir minha imagem”, finalizou.

 

 

“A justiça é só para os três “P´s: O pretos, os pobres e as prostitutas”, revela Afrânio sobre decisão favorável a José Augusto Maia

 

Em seu discurso, o parlamentar fez uma denúncia sobre, segundo ele, a demissão de 04 médicos que atuariam em Postos de Saúde da Família (PSF´s) pelo motivo de corte de despesas, causando inclusive a morte de uma senhora por falta de atendimento.

 

O vereador apresentou também o processo de auditoria sobre o Caso da Merenda. Afrânio apresentou os documentos na tribuna, e aproveitou para ironizar o discurso de DR. Nanau, que falou sopbre o parecer favorável atribuido a favor do candidato José Augusto Maia:

 

“Se isso aqui é mentira (os documentos), o que que é verdade? É lamentável que a gente escuta homens públicos contando vantagem porque, com certeza, pensa que essas páginas, em torno de cinco a seis mil, são apenas letras mortas, sem significado nenhum e ainda diz: Graças a Deus, foi seis a zero. Cadê o sentimento de homem público? Isso aqui são provas concretas”, destacou.

 

Afrânio cobrou também a reflexão das pessoas na hora de votar e também criticou a justiça, sobre a decisão favorável a José Augusto Maia: “Justiça, só para os três P´s: os pretos, os pobres e as prostitutas”.

 

Vereador questiona influência da família Moraes e dispara: “O governador Eduardo Campos (…) é aliado nosso, é aliado de primeira hora”

 

Em seu discurso, o parlamentar falou sobre o discurso de afrânio, no qual chamou de “apelo emocional”, de modo a tentar, segundo ele, incentivar os eleitores a se indignar com a justiça, que se posicionou de maneira favorável a José Augusto Maia.