06
outubro

Polícia Federal dá prazo para ocupantes que invadiram imóveis do Residencial Cruzeiro, em Santa Cruz


Na manhã desta quarta-feira (06), a Polícia Federal com os apoios das Polícias Civil e Militar, além de oficiais de justiça, estiveram no Residencial Cruzeiro, em Santa Cruz do Capibaribe, para proceder com a comunicação de um prazo, para aos ocupantes que invadiram os imóveis, no final do último mês de agosto.

De acordo com o oficial do dia da Polícia Militar, Sargento Joanes, o prazo dado pela Polícia Federal para que haja um acordo de conciliação na justiça, como um forma de um procedimento inicial para uma futura reintegração de posse. Segundo o delegado, Ênio Maia, o prazo estipulado para a desocupação é de cinco dias.

Em decisão liminar na semana passada, a justiça determinou a reintegração de posse em favor da Caixa Econômica Federal contra as pessoas que invadiram o Residencial. O empreendimento faz parte do Programa habitacional do Governo Federal, “Minha Casa Minha Vida”. As obras não estavam concluídas quando aconteceu a invasão no dia 29 de agosto.

Um procedimento também se encontra em aberto contra a suposta líder do movimento, que é suspeita de ter incitado um protesto às margens da PE-160, que durante a manifestação o tenente-coronel Charles foi atingido com uma pedrada na cabeça; contra ela também há em aberta uma autuação pública ao crime por ameaças contra o prédio da delegacia de polícia civil do município.

Um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 


Meses Anteriores

error: Copiando nosso texto?