24
novembro

Ministério Público arquiva denúncia contra Capilé e servidores da Câmara


A Promotoria de Justiça de Santa Cruz do Capibaribe arquivou uma denúncia feita pelo vereador Carlinhos da Cohab (PP) contra Capilé da Palestina (PSD) e servidores da câmara santa-cruzense. Em meados desse ano, Carlinhos acusou o presidente e servidores do crime de rachadinha, ou seja, de devolverem uma parte de seus salários para ao presidente da Casa legislativa.

Capilé e os servidores apresentaram, de forma espontânea, seus extratos bancários além de outros documentos provando que não praticaram nenhum crime.

Segundo a decisão do promotor Dr. Ariano Tércio, “não foi comprovado nenhum tipo de irregularidade […] As irregularidades noticiadas não foram comprovadas, pelo contrário, as partes denunciadas vieram até este órgão ministerial e juntaram vários documentos que comprovam a regularidade de suas remunerações, não havendo nenhum indício de ‘suposto desvio de dinheiro para o presidente da câmara’”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 


Meses Anteriores

error: Copiando nosso texto?