21
setembro

Em Santa Cruz – Prefeitura e Celpe divergem sobre corte de energia aos parques de diversões na Festa de Padroeiros


Parques ficaram as escuras no primeiro dia dos festejos – Fotos: Paulo Viana

Na manhã desta quinta-feira (21) o blog dá publicidade aos dois lados de um problema acontecido na noite de quarta-feira (20), que atingiu os parques de diversões instalados para os festejos de padroeiro em Santa Cruz.

A abertura da parte religiosa aconteceu na data citada e nesse dia, os parques de diversões, instalados na Avenida Padre Zuzinha, tiveram seu fornecimento de energia cortado pela Celpe (clique para ampliar as imagens abaixo).

De acordo com proprietários, o corte no fornecimento de energia se deu em virtude da falta de pagamento, por parte da prefeitura local, de uma taxa. Entramos em contato com a Celpe e também com a prefeitura, para que os dois lados colocassem suas justificativas.

O fato em comum é que ambos já afirmaram que o fornecimento de energia aos parques será normalizado nesta quinta (21).

 

Celpe alega falta de pagamento pela prefeitura

A Celpe foi procurada na manhã de hoje e, através de sua assessoria de comunicação, enviou a seguinte nota:

Recife, 21 de setembro de 2017 – A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) informa que o fornecimento de energia para o parque de diversões da Avenida Padre Zuzinha, em Santa Cruz do Capibaribe, será normalizado a partir da noite desta quinta-feira (21). A regularização ocorreu após formalização da administração municipal relativa aos custos das ligações. A Celpe se coloca à disposição.

 

Prefeitura rebate e diz que pagamentos foram efetuados desde agosto 

A equipe de reportagem conversou com Aderito Junior, responsável pelo setor de iluminação pública do município, onde foram apresentados os mesmos argumentos alegados por proprietários de parques de diversões.

Durante a entrevista, Aderito negou a falta de pagamento alegada pela Celpe, citando que o mesmo fora efetuado em 29 de agosto. O pagamento seria para o aluguel de três transformadores que seriam usados para realização das ligações.

Para ele, o desligamento da energia aos parques teria sido anunciado as 17h pela Celpe e que a alegação dada por parte de um funcionário do órgão foi de que o desligamento teria se dado pela falta de comunicação da prefeitura.

“Essa falta de pagamento não houve. Essa comunicação para instalação dos transformadores foi feita desde o dia 18 e o pagamento foi feito em 29 de agosto. Posteriormente, após apresentar o ofício a pessoa da companhia energética que estava no local, ele disse que estava desligando porque alguns parques não atendiam as instalações de forma correta e resolveram desligar as chaves” – disse.

Ainda segundo Aderito, o acordo teria sido firmado entre eles para regularização e que teriam sido encontrados falta de aterramento e locais com cabos descobertos e pelo chão. O mesmo também apresentou documentos que, segundo ele, reforçam o pedido da prefeitura a Celpe e confirmam os pagamentos realizados (clique para ampliar).

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Anteriores


 


error: Copiando nosso texto?